Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332119
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Atenuação solar e sombreamento produzido por espécies de palmeiras em área urbana
Title Alternative: Solar attenuation and shading produced by species of palm trees in urban area
Author: Ribeiro, Neusa Longo de Souza, 1962-
Advisor: Labaki, Lucila Chebel, 1943-
Abstract: Resumo: Vários estudos sobre o conforto térmico proporcionado por espécies arbóreas no microclima urbano demonstraram seus efeitos no arrefecimento da temperatura, principalmente no verão em regiões de clima tropical. Entretanto, em diversas cidades brasileiras, a arborização urbana e o paisagismo nas áreas privadas têm função prioritariamente estética, com larga utilização de espécies de palmeiras. Constatou-se que há poucos estudos, tanto no Brasil quanto no exterior, sobre a quantificação de mitigação de calor proporcionado por estas espécies. Nesse contexto, o objetivo desta pesquisa é avaliar o comportamento das palmeiras, quanto à atenuação solar e sua influência no conforto térmico em áreas urbanas, em região de clima tropical de altitude. Trata-se de uma pesquisa exploratória e quantitativa, para a qual foram selecionadas três diferentes espécies de palmeiras: "Rabo de Raposa" (Wodyetia bifurcata Irvine), "Tamareira" (Phoenix dactylifera L.) e "Washingtônia" (Washingtonia robusta H. Wendl). Uma amostra de cada tipo foi plantada isoladamente, em gramado extenso, no Campus da Universidade Estadual de Campinas, em Campinas/SP. O local, de topografia pouco acidentada, não sofre interferência de sombreamento de edifícios ou de outras espécies arbóreas. Como desdobramento da pesquisa optou-se pelo estudo de um conjunto de palmeiras, a fim de avaliar o potencial de atenuação solar de uma configuração onde os indivíduos estão plantados próximos uns dos outros. Foi selecionado um agrupamento composto por sete indivíduos da espécie "Livistona" (Livistona saribus (Loureiro) Merril ex. A. Chevalier), plantadas em uma área de 350m², com topografia pouco acidentada, localizado na Avenida Dr. André Tosello, no Campus da Unicamp, local seguro, acessível e sem a interferência de elementos externos. A obtenção de dados quantitativos consistiu na medição da temperatura do ar, temperatura de globo, umidade relativa do ar, velocidade do vento e radiação solar, ao sol e à sombra de cada espécie de palmeira. Para verificação de resultados em função da posição solar, as medições ocorreram na primavera de 2016 para as palmeiras isoladas; e no verão, outono e inverno de 2017, para as palmeiras isoladas e agrupamento. Foram calculados o Índice de Área foliar (LAI - Leaf Area Index), a Temperatura Média Radiante (Trm) e a Temperatura Fisiológica Equivalente (PET). No agrupamento, os resultados foram expressivos na avaliação de sombreamento e conforto térmico. Observou-se que, entre as espécies de palmeiras isoladas avaliadas, a Washingtônia apresentou a maior atenuação solar incidente e o maior percentual de conforto. Os resultados obtidos fornecerão subsídios importantes aos urbanistas e paisagistas sobre o uso das palmeiras, levando em conta o efeito térmico

Abstract: Several studies on the thermal comfort provided by tree species in urban microclimate demonstrated their effects on the cooling temperature, especially in summer in tropical regions. However, in many Brazilian cities, urban forestry and landscaping in private areas have primarily aesthetic function, with extensive use of palm species. It was noticed that there are few studies on the measurement of heat mitigation provided by these species, both in Brazil and abroad. In this context, the objective of this research is to evaluate the behavior of palm trees, regarding the solar attenuation and their influence on the thermal comfort in urban areas, in altitude tropical climate region. This is an exploratory and qualitative research, for which were selected three different types of palm trees, "Rabo de Raposa" (Wodyetia bifurcate Irvine), "Tamareira" (Phoenix dactylifera L.) and "Washingtônia" (Washingtonia robusta H. Wendl).A sample of each type was planted isolated, on extensive lawn, at the campus of the State University of Campinas, in São Paulo State. The site, with a slightly rugged topography, does not suffer interference from the shading of buildings or other tree species. As deployment of the research, it was decided to study a set of palm trees in order to evaluate the potential solar attenuation of a configuration where the species are planted close to each other. It was selected a cluster of seven "Livistonas" (Livistona saribus (Loureiro) Merril ex. A. Chevalier), planted in an plain area of 350 m2, located on Dr. André Tosello avenue, in the Campus of Unicamp, a safe, accessible place and without the interference of external elements. Quantitative data collection consisted in the measurement of air temperature, globe temperature, relative air humidity, wind speed and solar radiation, in the sun and under shade of each of the species of palm trees previously mentioned. In order to verify results according to solar position, measurements were taken in the spring of 2016 for each palm tree separately, and in the summer, fall and winter of 2017, for each palm tree separately and for the cluster. Leaf Area Index (LAI), Radiant Mean Temperature (Trm) and Equivalent Physiological Temperature (PET) were calculated. Regarding the grouped palm trees, the results were expressive in terms of evaluation of shading and thermal comfort. It was observed that among the isolated palm species evaluated, "Washingtônia" presented the highest incident solar attenuation and the highest percentage of comfort. These results will provide important subsidies to urban planners and landscapers on the use of palm trees, taking into account the thermal effect
Subject: Conforto térmico
Palmeira
Vegetação e clima
Radiação solar
Arborização das cidades
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: RIBEIRO, Neusa Longo de Souza. Atenuação solar e sombreamento produzido por espécies de palmeiras em área urbana. 2018. 1 recurso online (107 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ribeiro_NeusaLongoDeSouza_M.pdf2.11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.