Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332086
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: A influência dos fatores ambientais na ocorrência de carrapatos (Arthropoda, Acari, Ixodidae) e Rickettsia em área de transmissão e área de predisposição para a febre maculosa brasileira  
Title Alternative: The influence of environmental factors on the occurrence of ticks (Arthropoda, Acari, Ixodidae) and Rickettsia in areas of transmission and predisposition to brazilian spotted fever  
Author: Franco, Caroline Siqueira, 1988-
Advisor: Linhares, Arício Xavier, 1950-
Abstract: Resumo: A Febre Maculosa Brasileira (FMB) é uma zoonose cujo agente etiológico é a bactéria Rickettsia rickettsii. No Brasil, o principal vetor é o carrapato de corpo duro Amblyomma sculptum. A doença é endêmica em algumas regiões e ausente em outras, mesmo que o local abrigue o vetor e hospedeiros vertebrados amplificadores da bactéria. Portanto, o objetivo deste trabalho foi investigar os fatores ambientais que contribuem para a manutenção de espécies de Rickettsia presentes em carrapatos coletados em dois municípios do estado de São Paulo, classificados em área de transmissão e de predisposição para a Febre Maculosa Brasileira. A coleta dos carrapatos foi realizada mensalmente, desde janeiro/2015 até dezembro/2016, no "Parque Ecológico Professor Hermógenes de Freitas Leitão" em Campinas, SP, considerada área de transmissão ativa e nas margens do "Rio Mogi Mirim", e "Lago do Complexo Lavapés", em Mogi Mirim, SP, classificados como área predisposta. As coletas foram feitas ativamente por técnica de arrasto e manualmente usando gelo seco como atrativo. ANOVAs foram feitas para avaliar possíveis diferenças entre a abundância de carrapatos e outros parâmetros associados. Testes de correlação avaliaram se possíveis variações na abundância dos carrapatos coletados estavam associadas a fatores climáticos, tais como: temperatura, umidade relativa do ar e precipitação. Extração e amplificação de DNA foram executadas em amostras representativas de carrapatos de cada área para detectar a presença de Rickettsia do Grupo Febre Maculosa nas mesmas. Foram coletados 420 carrapatos adultos e 1367 ninfas de Amblyomma sculptum; 38 adultos e 45 ninfas de Amblyomma dubitatum e 442 larvas de Amblyomma sp. em Campinas. Em Mogi Mirim foram coletados 63 adultos e 101 ninfas de Amblyomma sculptum; 32 adultos e 79 ninfas de Amblyomma dubitatum; 261 larvas de Amblyomma sp. e 10 larvas de Rhipicephalus sp. Embora a abundância total dos carrapatos não tenha diferido significativamente (F= 2,94; p= 0,0878) entre os municípios, ela foi influenciada por fatores ambientais, tais como temperatura (r= 0,28951; p< 0,0001) e umidade relativa (r= 0,29913; p< 0,0001). Amblyomma sculptum estava presente em ambas às áreas, de transmissão e na predisposta. No entanto, nenhuma Rickettsia foi detectada nas amostras usando métodos moleculares

Abstract: The Brazilian Spotted Fever (BSF) is a zoonotic disease whose etiologic agent is the bacterium Rickettsia rickettsii. In Brazil, the main vector is the hard tick Amblyomma sculptum. The disease is endemic in some areas and absent in others, even when the latter harbors the vector and the amplifier vertebrate hosts of the bacteria. Therefore, the objective of this study was to investigate the environmental factors that contribute to the maintenance of Rickettsia species in ticks collected in two municipalities of the State of São Paulo, classified in area of transmission and of predisposition for the Brazilian Spotted Fever. The collection of ticks was carried out monthly from January/2015 to December/2016, at the "Parque Ecológico Professor Hermógenes de Freitas Leitão" in Campinas, SP considered an area of active transmission and at the banks of the "Mogi Mirim River", and "Lago do Complexo Lavapés", in Mogi Mirim, SP, classified as prone areas. The collections were made actively by the dragging method and manually using dry ice trapping as attractant. ANOVAs were made to evaluate possible differences between the abundance of ticks and other associated parameters. Correlation tests evaluated whether possible variations in the abundance of ticks collected were associated with climatic factors, such as: temperature, relative humidity and precipitation. Extraction and amplification of DNA were performed on representative samples of ticks from each area to detect the presence of Rickettsia of the Spotted Fever Group. Four hundred and twenty adult ticks and 1367 nymphs of Amblyomma sculptum were collected; 38 adults and 45 nymphs of Amblyomma dubitatum and 442 larvae of Amblyomma sp. in Campinas. In Mogi Mirim, 63 adults and 101 nymphs of Amblyomma sculptum were collected; 32 adults and 79 nymphs of Amblyomma dubitatum; 261 larvae of Amblyomma sp. and 10 larvae of Rhipicephalus sp. Although the total abundance of the ticks did not differ significantly (F= 2,94; p= 0,0878) between the municipalities, it was influenced by environmental factors, such as temperature (r= 0,28951; p< 0,0001) and relative humidity (r= 0,29913; p< 0,0001). Amblyomma sculptum was present in both the transmission and predisposition areas. However, no Rickettsia was detected in the samples by using molecular methods
Subject: Amblyomma
Rickettsia
Epidemiologia
Saúde pública
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FRANCO, Caroline Siqueira. A influência dos fatores ambientais na ocorrência de carrapatos (Arthropoda, Acari, Ixodidae) e Rickettsia em área de transmissão e área de predisposição para a febre maculosa brasileira  . 2018. 1 recurso online (67 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Franco_CarolineSiqueira_D.pdf2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.