Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332034
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Dança e sua influência no processo de desenvolvimento da resiliência e superação em pessoas com e sem deficiência
Title Alternative: Dance and its influence in the process of developing resilience and overcoming in people with and without desabilities
Author: Santos, Renata Ferreira dos, 1990-
Advisor: Gutierrez, Gustavo Luis, 1958-
Abstract: Resumo: A hipótese deste estudo é que a dança pode exercer um papel de influência no processo de desenvolvimento da resiliência e superação em pessoas com e sem deficiência. O objetivo da pesquisa foi analisar se as experiências adquiridas na prática de dança influenciam os processos de enfrentamento de adversidades e metamorfose. A partir da literatura, buscou-se aprofundar alguns aspectos referentes à dança, como atividade influenciada e influenciadora do contexto social, como forma de linguagem, e como prática de atividade física para pessoas com e sem deficiência. Uma exposição sobre o fenômeno resiliência foi realizada, com o propósito de compreender o seu conceito, suas principais aplicações, seu desenvolvimento, como também suas formas de avaliação. Em seguida, o tema identidade foi enfatizado para esclarecimento de sua definição e entendimento da experiência da superação. Uma aproximação entre o esporte e a dança também obteve destaque, visto que ambos são vinculados a um espírito de superação, e também, indispensáveis conteúdos da Educação Física, que apresentam diversas semelhanças entre si. Como método de pesquisa, foram selecionados três tipos de técnicas de coleta de dados: a observação participante, o questionário e a escala de resiliência. Embora não possamos afirmar que há uma relação direta entre dança e resiliência, diante dos resultados obtidos, observamos que houve uma influência da dança, enquanto meio de expressão corporal, durante os processos de enfrentamento de adversidades descritos, como também, na metamorfose da identidade dos bailarinos. Notou-se que a dança, para os bailarinos participantes, é mais do que uma atividade física que traz benefícios físicos, ela gera transformação, com o auxílio dela é possível aprender a lidar melhor com as adversidades, a superar, ser incluído, criar vínculos afetivos, mudar de dentro para fora, aprendendo a se aceitar, e a ter a autoestima e autoconfiança aumentadas. É um meio de expressão muito eficiente, e ao mesmo tempo, um refúgio. A dança colabora para a aceitação da diversidade e para a quebra de alguns padrões inseridos nela mesma, ensina diferentes pessoas a conviverem, unidas pelo mesmo ideal: o seu amor pelo dança

Abstract: The hypothesis of this study is that dance can play a role of influence in the process of developing resilience and overcoming in people with and without disabilities. The objective of the research was to analyze if the experiences acquired in the dance practice influence the processes of coping with adversities and metamorphosis. From the literature, we sought to deepen some aspects related to dance, as an activity influenced and influencing the social context, as a form of language, and as a practice of physical activity for people with and without disabilities. An exposition about the resilience phenomenon was carried out, with the purpose of understanding its concept, its main applications, its development, as well as its forms of evaluation. Next, the identity theme was emphasized to clarify its definition and understanding of the experience of overcoming. An approach between sport and dance has also been highlighted, since both are linked to a spirit of overcoming, and also, indispensable contents of Physical Education, which present several similarities between them. As a research method, three types of data collection techniques were selected: participant observation, questionnaire and resilience scale. Although we can not affirm that there is a direct relation between dance and resilience, in view of the obtained results, we observed that there was an influence of dance, as a means of corporal expression, during the processes of coping with adversities described, as well as in the metamorphosis of the identity of the dancers. It was noted that dance, for the participating dancers, is more than a physical activity that brings physical benefits, it generates transformation, with the help of it it is possible to learn to deal better with adversities, to overcome, to be included, to create bonds affective, change from the inside out, learning to accept, and to have increased self-esteem and self-confidence. It is a very efficient means of expression, and at the same time, a refuge. Dance contributes to the acceptance of diversity and to the breaking of some patterns inserted in it, teaches different people to live together, united by the same ideal: their love of dance
Subject: Dança
Resiliência
Identidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SANTOS, Renata Ferreira dos. Dança e sua influência no processo de desenvolvimento da resiliência e superação em pessoas com e sem deficiência. 2018. 1 recurso online (238 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Física, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_RenataFerreiraDos_D.pdf4.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.