Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331999
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: A fotografia como agente influenciador da construção histórica de povos semi-isolados : índios do Alto Xingu
Title Alternative: Photography as an influential agent of the historical construction of semi-isolated peoples : indians of the Alto Xingu
Author: Gallarza, Ricardo Magoga, 1962-
Advisor: Boccara, Ernesto Giovanni, 1948-
Abstract: Resumo: Este projeto se propõe ao estudo da fotografia como elemento influenciador da construção histórica dos povos semi-isolados, utilizando como população de estudo os indígenas da etnia Nafukuá, localizada na região sul do Território Indígena do Xingu, conhecida como Alto Xingu. Este relatório de pesquisa foi estruturado em seis blocos: (1) a introdução apresenta e contextualiza o trabalho; (2) o primeiro capítulo trata do processo imaginativo do ser humano, relacionando-o com a imagem e a oralidade; (3) o segundo capítulo faz uma relação entre a imagem técnica e a oralidade, associando-os com os estudos aplicados às ciências humanas; (4) o terceiro capítulo apresenta a condição histórica da etnia Nafukuá dentro do contexto social xinguano, tratando da sua condição de semi-isolamento; (5) o quarto capítulo apresenta a pesquisa de campo desde sua metodologia, passando pela coleta de dados, chegando à tabulação e análise. Por fim, (6) a conclusão, onde é realizado o cruzamento da análise com as hipóteses e objetivos do projeto. A pesquisa mostra que é inevitável e progressiva a relação de interdependência entre imagem e memória histórica destes povos. O estudo deixou claro que, mesmo fazendo uso do recorte visual realizado por pessoas que não fazem parte originalmente do grupo étnico, os povos semi-isolados são capazes de produzir uma lógica histórica muito próxima da que estabeleceriam intuitivamente através da oralidade que lhes é intrínseca. Em tese, o projeto apontou algumas possibilidades interpretativas, mas todas convergindo para os mesmos pontos. A relação da memória espontânea com o processo natural de oralidade se apresentou bastante fluido; por outro lado, a relação da memória quando estimulada por imagens fotográficas acabou por se mostrar diferenciada na sua forma de expor, mas ambas se mostraram similares quando percebidas a partir de experiências vividas. Portanto, a imagem técnica pode assumir o importante papel de influenciadora da construção histórica dos povos semi-isolados dentro da perspectiva do desenvolvimento natural de sua cultural

Abstract: This project proposes to the study of photography as an influential element of the historical construction of the semi-isolated peoples, using as study population the Nafukuá Indians, located in the southern region of the Xingu Indigenous Territory, known as Alto Xingu. This research report was structured in six blocks: (1) the introduction presents and contextualizes the work; (2) the first chapter deals with the imaginative process of the human being, relating it to the image and the orality; (3) the second chapter makes a relation between the technical image and the orality, associating them with the studies applied to the human sciences; (4) the third chapter presents the historical condition of the Nafukuá ethnic group within the Xingu social context, treating its condition of semi-isolation; (5) the fourth chapter presents the field research from its methodology, through data collection, to tabulation and analysis. Finally, (6) the conclusion, where the analysis is crossed with the hypotheses and objectives of the project. The research shows that it is inevitable and progressive the relation of interdependence between image and historical memory of these peoples. The study made clear that even using the visual cut made by people who are not originally part of the ethnic group, the semi-isolated peoples are capable of producing a historical logic very close to the one that would establish intuitively through the orality that is intrinsic to them. In thesis, the project pointed out some interpretive possibilities, but all converging towards the same points. The relationship between spontaneous memory and the natural process of orality was quite fluid; on the other hand, the relation of memory when stimulated by photographic images turned out to be differentiated in the way it was exposed, but both were similar when perceived from experiences. Therefore, the technical image can assume the important role of influencing the historical construction of semi-isolated peoples within the perspective of the natural development of their culture
Subject: Fotografia
Fotografia - História
Índios Nafukuá
Índios - Fotografias
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GALLARZA, Ricardo Magoga. A fotografia como agente influenciador da construção histórica de povos semi-isolados: índios do Alto Xingu. 2018. 1 recurso online (117 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331999>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gallarza_RicardoMagoga_D.pdf4.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.