Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331939
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Síntese, caracterização e processamento de polímeros biorreabsorvíveis para uso na engenharia de tecidos (Tissue Engineering)
Title Alternative: Synthesis, characterization and processing of bioreabsorbable polymers to use in Tissue Engineering
Author: Pattaro, Ana Flávia, 1982-
Advisor: Maciel Filho, Rubens, 1958-
Abstract: Resumo: A busca por materiais que possam substituir funções totais ou parciais de um órgão ou tecido têm adquirido atenção e empenho do mundo científico nos últimos anos. A obtenção de biomateriais que possuam as características necessárias para as aplicações médicas e que não apresentem toxicidade é fundamental para o sucesso da Engenharia de Tecidos. Desta forma, este projeto foi elaborado buscando a síntese, caracterização e processamento de biomateriais para serem utilizados em Engenharia de Tecidos. O estudo envolve o processo de polimerização de Poli (L-Lactídeo) (PLLA) e do Poli (Glicolídeo) (PGA), assim como seus copolímeros PLGA. Também foram obtidas argilas bentoníticas organofilizadas para a produção de nanocompósitos de PLLA utilizando o processo de polimerização in situ. A cinética de polimerização por abertura de anel do PLLA foi estudada utilizando a técnica de DSC. Foram realizadas comparações da Energia de Ativação (Ea) utilizando três métodos isoconversionais: Ozawa ¿ Flynn- Wall (OFW), Kissinger ¿Akahira-Sunose (KAS) e Vyazovkin. Os polímeros de PLLA e PGA produzidos com diferentes quantidades de catalisador, iniciador e tempo reacional foram caracterizados através das técnicas de FTIR, TGA, DSC, GPC e DRX. Os copolímeros PLGA, também foram caracterizados através de FTIR, TGA e DSC. O processo de organofilização realizado para as argilas bentoníticas ocorreu de forma satisfatória e foram utilizadas para a obtenção dos nanocompósitos. Um novo processo foi desenvolvido para a obtenção de nanocompósito de PLLA, que consistiu na polimerização por abertura de anel sem a inertização do meio reacional e a adição da argila ocorreu de forma lenta após a completa fusão do monômero. O resultado obtido deste novo processo foi a obtenção de um nanocompósito de PLLA com indícios de que foi totalmente esfoliado, além de apresentar as características de FTIR, TGA e DSC que confirmam que o polímero formado é o PLLA. O processamento do PLLA e do nanocompósito de PLLA foi realizado através da técnica de Eletrofiação. Foram realizadas análises morfológicas e biológicas das nanofibras obtidas de PLLA e de seu nanocompósito e os ensaios biológicos realizados indicam que os materiais não apresentam toxicidade para o meio de cultura estudado

Abstract: The search for materials that can replace total or partial functions of an organ or tissue have gained attention and commitment of the scientific world in recent years. Obtaining biomaterials with the necessary characteristics for medical applications and which show no toxicity is critical to the success of Tissue Engineering. Thus, this project has been prepared seeking the synthesis, characterization and processing of biomaterials for use in Tissue Engineering. The study involves the process of in situ polymerization of Poly (L-Lactide) (PLLA) and Poly (Glycolide) (PGA) and their copolymers PLGA. It was also obtained organoclay for the production of nanocomposites PLLA using the process of in situ polymerization. The kinetics of ring opening polymerization of PLLA was performed by using DSC technique. Comparisons of Activation Energy (Ea) were made by using three isoconversinal methods: Ozawa ¿ Flynn ¿ Wall (OFW), Kissinger ¿ Akahira ¿ Sunose (KAS) and Vyazovkin. The PLLA and PGA polymers produced different amounts of catalyst, initiator and time reaction were characterized by FTIR, TGA, DSC, GPC and XRD techniques. The PLGA copolymers have also been characterized by FTIR, DSC and TGA. The organophilization process performed for bentonite clay occurred in a satisfactory manner and was used to obtain the nanocomposite. A new process has been developed for obtaining nanocomposite PLLA, which was the ring opening polymerization without blanketing the reaction medium and the addition of clay was slowly after complete melting of the monomer. The result of this new process produced a nanocomposite of PLLA with evidences that was completely exfoliated. The processing of the nanocomposite PLLA and pure PLLA was performed using the electrospinning techinique. Morphological and biological analyzes of the resulting nanofibers were made and the tests performed indicate that the pure and nanocomposite PLLA materials does not present toxicity to the medium of studied culture
Subject: Copolimerização
Polímeros
Nanocompósitos poliméricos
Biomateriais
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FEQ - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pattaro_AnaFlavia_D.pdf8.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.