Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331930
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Plasma atmosférico : modulação da apoptose em cultura de fibroblastos e seu efeito cicatrizante em úlceras cutâneas em ratos
Title Alternative: Cold plasma : fibroblast culture apoptosis modulation and its healing effect on rats skin wounds
Author: Lopes, Bruno Bellotti, 1984-
Advisor: Puzzi, Maria Beatriz, 1950-
Abstract: Resumo: Plasmas de pressão atmosférica e de temperatura ambiente contém uma mistura de diferentes radicais de base oxigenada e nitrogenada, espécies eletricamente carregadas como íons positivos e elétrons, sendo recentemente descobertas diversas aplicações biomédicas. Portanto, investigar como plasmas interagem com meio biológico foi o tema proposto por este trabalho. O estudo se iniciou na tentativa de compreender a morte celular expondo cultura de fibroblasto ex vivo a diferentes tempos (doses) de plasma: 0 segundos, 30, 60 e 300 segundos. Para isto foi avaliado desde contagem da população das células durante 7 dias após a exposição ao feixe de plasmas, assim como a viabilidade celular, taxa de apoptose e expressão gênica de dois genes associados à apoptose, BAX (pró apoptótico) e BCL2 (anti apoptótico). Compreendido o efeito de cada dose em células uma segunda etapa do estudo foi proposta com objetivo de avaliar os efeitos terapeuticos do plasma diretamente em lesões de pele em ratos. Em um primeiro estudo foram realizadas lesões no dorso por punch em 48 ratos Wistar para estudar a velocidade de cicatrização e histologia quanto à quantidade de filtrado inflamatório comparando grupos tratados com 0, 30 e 60 segundos. Como foi observado menor inflamação no último dia da cicatrização no grupo tratado com 60 segundos um segundo estudo pré clínico com esta dose de plasma foi realizado investigando além da velocidade de cicatrização, também foram quantificados o infiltrado inflamatório, angiogênese, fibroplasia e colagênese. Este trabalho identificou que é possível modular as taxas de apoptose celular de acordo com o tempo de exposição, sendo que 30 segundos não apresentou diferenças significativas em relação ao controle e uma dose 10 vezes maior, 300 segundos, apresentou-se tóxica às células. Para a avaliação pré clínica, foi possível destacar uma ação inflamatória intensa no 2º dia de lesão e controlada nos dias subsequentes acompanhada de uma angiogênese estimulada no início da cicatrização e também atenuada nos dias posteriores. Não foi observada uma fibroblasia exagerada, entretanto foi constatado uma colagênese expressiva. Concluindo que o plasma ativa o recrutamento de macrófagos e neutrófilos para a região lesionada e estimula a angiongênese neste período para suprir a demanada de nutrientes necessária no desbridamento bioquímico, seguida pela colagênese que servirá de suporte estrutural para a proliferação celular. Desta forma, o plasma mostrou-se uma potencial ferramenta terapêutica para auxiliar em processos de cicatrização quando em doses moderadas ou como fonte de indutora de apoptose, especialmente interessante para controle de crescimento anormal de células como em câncer

Abstract: Atmospheric pressure and room temperature plasmas has a mixture of different radicals based on oxygen and nitrogen, charged species as positive ions and electrons, that recently found various biomedical applications. Thus, investigate how plasmas interacts with biological media was the theme of this work. The study initiated trying to understand the cellular death exposing ex vivo fibroblast culture to different exposure time (doses) of plasma: 0, 30, 60 and 300 seconds. Was evaluated since the population cells counting during 7 days after the exposure to the plasma beam, and the cells viability, apoptosis rate and genic expression of two apoptosis associated gen, BAX (pro apoptotic) and BCL2 (anti apoptotic). Investigated the effect of each dose in cells, a second step of the study was proposed with the objective to evaluate the plasma's therapeutic effects directly on rats skin wounds. In a preliminary study, wounds were performed in the back of 48 Wistar rats to understand the healing speed and histology of the qualiy the inflammatory infiltrate in comparison treated groups with 0, 30 and 60 seconds of plasma. As observed a lower inflammation in the last healing day in the 60 seconds group, a second pre-clinical study with this dose was performed and the healing speed as quantification for inflammatory infiltrate, angiogenesis, fibroplasia and collagenesis. This work identified that is possible to modulate the apoptosis rate according the plasma exposition time, and 30 seconds did not showed significant difference comparing with the control group and a 10 times higher dose, 300 seconds, showed be toxic to cells. To the pre-clinical evaluation, was possible to observe an intense inflammatory effect in the 2nd day of wound and controlled in the day after followed by an stimulated angiogenesis in the beginning and also attenuated in the past days. It was not observed a exaggerated fibroplasia, however was detected an expressive and controlled collagenesis. The work concluded that plasma activate the migration of macrophages and neutrophils to the wound region and stimulates the angiogenesis in this period to feed with necessary nutrients run the biochemical debridement, followed by collagenesis that will form the structural matrix to the cells proliferation. In this way, plasma showed be a potential therapeutic tool to enhance wound healing process with moderate doses or as apoptosis induction source, especially interesting to control abnormal cell multiplication as in cancers
Subject: Gases em plasma
Cicatrização de feridas
Apoptose
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: LOPES, Bruno Bellotti. Plasma atmosférico: modulação da apoptose em cultura de fibroblastos e seu efeito cicatrizante em úlceras cutâneas em ratos. 2018. 1 recurso online (77 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331930>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lopes_BrunoBellotti_D.pdf2.7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.