Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331892
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Potencial antioxidante e anti-inflamatório do chá branco (Camellia sinensis) em ratos praticantes de corrida = Antioxidant and anti-inflammatory potential of white tea (Camellia sinensis) in running trained rats
Title Alternative: Antioxidant and anti-inflammatory potential of white tea (Camellia sinensis) in running trained rats
Author: Batista, Patrícia Berilli, 1992-
Advisor: Maróstica Junior, Mário Roberto, 1980-
Abstract: Resumo: A prática regular de exercício físico proporciona diversos benefícios à saúde e maior longevidade. Contudo, exercícios agudos ou exaustivos estão associados com níveis elevados de estresse oxidativo, lesão muscular e inflamação, os quais podem refletir negativamente no rendimento físico e na saúde de seus praticantes. O chá branco (Camellia sinensis) é uma bebida abundante em compostos fenólicos, pouco estudada do ponto de vista nutricional, e que desperta interesse quanto as suas propriedades funcionais no organismo. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da ingestão de chá branco em marcadores de estresse oxidativo e de inflamação de ratos treinados em corrida, após uma sessão aguda de exercício físico exaustivo. Ratos Wistar foram divididos em grupos que receberam: 1) Chá branco (5 g de planta por L de água); 2), Chá branco diluído em água (50:50; v/v); ou 3) Água. As bebidas foram ingeridas, ad libitum, por 5 ou 10 semanas, concomitantemente a um treinamento de corrida. Testes de exaustão foram aplicados antes e após os períodos experimentais. Após a eutanásia o soro e o fígado dos animais foram coletados para análise. Como resultado, o programa de treinamento de corrida utilizado foi capaz de melhorar o rendimento dos animais treinados durante o teste de exaustão com relação aos animais sedentários. O chá branco foi bem aceito e não promoveu alteração de peso corporal ou peso dos órgãos dos animais. A ingestão do chá branco por 10 semanas, em ambas concentrações, promoveu maior capacidade antioxidante no soro dos animais apesar de não ter potencializado as defesas antioxidantes endógenas quando comparado à ingestão de água. O chá branco, em ambas concentrações, atenuou eficientemente a peroxidação lipídica no fígado dos animais após 10 semanas de ingestão. Além disso, aqueles animais que receberam o chá branco diluído durante 10 semanas também apresentaram maior atividade das enzimas antioxidantes e conteúdo de glutationa reduzida no fígado comparados aos animais que receberam água, sugerindo um efeito protetor do chá branco contra danos oxidativos neste órgão. Em nível sérico, a concentração de marcadores inflamatórios (interleucina-1ß e interleucina-6) pode ser reduzida após a ingestão de chá branco em relação a ingestão de água. Como conclusão, a ingestão de chá branco por longos períodos pode contribuir para a promoção de um estado antioxidante favorável de ratos submetidos a uma sessão de exercício físico exaustivo

Abstract: A routine of regular exercise is related to many health benefits and improves longevity. However, acute or exhaustive exercises sessions are associated with high levels of oxidative stress, muscle injury and inflammation, which could negatively affect performance and health. White tea (Camellia sinensis) is a polyphenol-rich beverage, poorly studied from the nutritional point of view, and arouses the interest in its functional properties in the body. The aim of this study was to evaluate the effects of white tea intake on the oxidative stress and inflammatory markers of running-trained rats after an acute strenuous bout of exercise. The Wistar rats were divided into groups which received: 1) White tea (5 g of plant per L of water); 2) Water diluted white tea (50:50; v/v); or 3) Water. The drinks were consumed, ad libitum, for 5 or 10 weeks, concomitantly with the running training. Exhaustion tests were applied before and after the experimental periods. After euthanasia, serum and liver were collected for analysis. The applied running training protocol was able to improve the performance of the trained animals during the exhaustion test in relation to sedentary animals. White teas was well accepted and did not promote changes in body weight or organ weight of the animals. The white tea intake for 10 weeks, in both concentrations, promoted greater serum antioxidant capacity of the animals despite has not enhanced the endogenous antioxidant defenses compared to the water intake. White tea, in both concentrations, effectively attenuated the lipid peroxidation in the liver of the animals after 10 weeks of ingestion. Furthermore, the animals that received diluted white tea for 10 weeks also presented higher antioxidant enzymes activities and reduced glutathione content in the liver compared to the animals that received water, suggesting a protective effect against oxidative damages in this organ. At serum level, the inflammatory markers contents (interleukin-1ß and interleukin-6) could be reduced after the white tea intake in relation to the water intake. In conclusion, a long-term white tea intake could help to promote a favorable antioxidant status of rats subjected to an acute exhaustive exercise
Subject: Exercícios físicos
Estresse oxidativo
Antioxidantes
Polifenóis
Camellia sinensis
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: BATISTA, Patrícia Berilli. Potencial antioxidante e anti-inflamatório do chá branco (Camellia sinensis) em ratos praticantes de corrida = Antioxidant and anti-inflammatory potential of white tea (Camellia sinensis) in running trained rats. 2018. 1 recurso online (86 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331892>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Batista_PatriciaBerilli_M.pdf2.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.