Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331891
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Quando 'Geddel' é notícia : análise semântico-enunciativa de um nome próprio
Title Alternative: When 'Geddel' is new : semantic-enunciative analysis of a proper name
Author: Oliveira, Eduardo Santos, 1987-
Advisor: Oliveira, Sheila Elias de, 1972-
Abstract: Resumo: Este trabalho tem como objetivo analisar a designação do nome próprio Geddel em notícias, tendo como corpus matérias nos jornais O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo e O Globo, a partir da prisão preventiva de Geddel Quadros Vieira Lima em 03 de julho de 2017. Para tanto, analiso e exponho como os sentidos do nome Geddel são constituídos no acontecimento enunciativo, atentando para as tensões da divisão política no processo de agenciamento enunciativo, por meio dos procedimentos de reescrituração e da observação da cena enunciativa. Para sustentar esta pesquisa, tomo como base teórico-metodológica a Semântica do Acontecimento, linha teórica de perspectiva materialista e que considera o sentido das palavras a partir do batimento entre o presente do acontecimento enunciativo e sua história de enunciações. Nessa perspectiva, o sentido de um nome é construído na enunciação e não diz respeito somente a uma relação referencial. As análises têm como objetivo compreender a designação, nas notícias, do sujeito denominado no registro civil como Geddel Quadros Vieira Lima em notícias. Para tanto, identificarei as palavras empregadas para nomear ou predicar esse sujeito na construção da referência; analisarei como a argumentação jornalística constrói a designação de nome próprio, a partir a observação dos procedimentos de reescrituração e dos discursos direto e indireto, e dos verbos dicendi; e descreverei o funcionamento político nos acontecimentos enunciativos. A partir das análises, é possível observar que Geddel não é determinado e nem designado da mesma maneira; os sentidos são diferentes a depender do acontecimento enunciativo. E essa diferença está no texto: na relação com seu nome próprio sendo determinada e nomeada de diferentes formas, havendo mais de uma possibilidade de designá-lo. Para finalizar, identificou-se que os modos de enunciar da notícia ¿ esse lugar tomado como o mais objetivo, imparcial e neutro ¿ são um efeito, uma construção de elementos na enunciação que assim se apresentam; são um ato político, pois ao falar de algo, fala-se desta forma e não de outra, produzindo este sentido e silenciando outros

Abstract: This paper aims to analyze the designation of the name Geddel in news, having as corpus some articles presente in the newspapers O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo and O Globo, from the preventive detention of Geddel Quadros Vieira Lima on July 03 2017. In order to make it possible, I analyze and explain how the meanings of the name Geddel are constituted in the enunciative event, taking into account the tensions of the political division in the process of enunciative agency, through the procedures of rewriting and observation of the enunciative scene. To support this research, my theoretical-methodological basis is the Semantics of the Event, theoretical line of materialist perspective that also considers the meaning of words from the collision between the present of the enunciative event and its history of its enunciations. In this perspective, the meaning of a name is constructed in enunciation and does not refer only to a referential relation. The analyzes are intended to understand the designation, in the news, of the subject named in the civil registry as Geddel Quadros Vieira Lima. To do so, I will identify the words used to name or value this subject in the construction of the reference; I will analyze how the journalistic argumentation constructs the designation of a proper name, starting from the observation of the procedures of rewriting and of the direct and indirect discourses, and of dicendi verbs; and I will describe the political functioning of enunciative events. From the analyzes, it is possible to observe that Geddel is neither determined nor designated in the same way; the meanings are different depending on the enunciative event. And this difference is in the text: in the relation to its proper name being determined and named in different ways, enabling more than one possibility of designating it. Finally, it was identified that the new¿s modes of enunciation - this place taken as the most objective, impartial and neutral - are an effect, a construction of elements in the enunciation that thus present themselves; are a political act, because when speaking of something, it is spoken this way and not another, producing this sense and silencing others
Subject: Lima, Geddel Vieira, 1959-
Geddel (A palavra)
Comunicação de massa e linguagem
Jornais brasileiros
Semantica do acontecimento
Designação (Lingüística)
Enunciação (Linguística)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_EduardoSantosDe_M.pdf1.87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.