Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331847
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Aprendizagem baseada em problemas no ensino fundamental II : aplicabilidade, potencial e reflexões de uma adaptação sob perspectivas geocientíficas
Title Alternative: Problem based learning in elementary education II : applicability, potential and reflections of an adaptation under a geosciences perspectives
Author: Finco, Gabriela, 1974-
Advisor: Mesquita, Maria José Maluf de, 1961-
Abstract: Resumo: As metodologias de aprendizagem ativas, nas quais os estudantes protagonizam o próprio processo de construção do conhecimento, são fundamentais ao desenvolvimento intelectual autônomo. Dentre as tendências metodológicas, há a Aprendizagem Baseada em Problemas - ABP, do original Problem Based Learning - PBL, consagrada na Educação Superior pelos resultados positivos, mas pouco investigada na Educação Básico, especialmente no Brasil. A presente pesquisa procurou diagnosticar como se dá e quais são os limites e potencialidades do desenvolvimento de aulas adaptadas à metodologia da ABP, via conteúdos curriculares geocientíficos, em uma turma do nono ano do Ensino Fundamental II, de uma escola pública da cidade de Campinas, São Paulo. Investigou adaptações por meio de atividades baseadas nos princípios da ABP, em temas com enfoque na Origem e Evolução do Universo, da Terra e da Vida. Para tal, foi levantado um histórico da consolidação da metodologia, das suas características e particularidades, e elaborado um Plano de Aprendizagem. As aulas foram desenvolvidas durante quase um bimestre escolar, de acordo com um cronograma pré-estabelecido, e a experiência foi socializada na Unidade Escolar, junto a todo o corpo docente. Com base em produções, avaliações e autoavaliações dos alunos, caderno de campo, filmagem das atividades, socialização com o corpo docente e entrevista com o professor titular da disciplina de Ciências, analisou-se e discutiu-se uma dinâmica adaptada da ABP com relação a: a) infraestrutura e particularidades organizacionais da Unidade Escolar; b) habilidades relacionadas ao desenvolvimento de atividades em equipes; c) preparo e contribuições ao docente, incluindo os relatos da entrevista do professor titular, e; d) construção de conhecimentos geocientíficos com um olhar interdisciplinar. As contribuições dos docentes, durante a socialização, foram consideradas e igualmente compuseram as análises e discussões. A realização da dinâmica de ABP, dentro da realidade das escolas públicas estaduais, foi o primeiro resultado positivo da experimentação. As considerações finais apontam sinais de êxito em relação à dinâmica adaptada das variantes da ABP, além de: i) detecção de poucas deficiências na infraestrutura escolar, que não inviabilizaram a execução da dinâmica; ii) identificação de habilidades de colaboração e autonomia (pré-requisitos ao princípio das atividades em grupos) nos alunos do final do Ensino Fundamental II e, em desenvolvimento, as de administrar o tempo e de sistematização; iii) percepção, por parte dos alunos, do próprio processo de maturação intelectual, via autoavaliação; iv) reflexão da pesquisadora-professora sob o preparo das aulas e o processo de ensino-aprendizagem; v) alterações no modo da abordagem das aulas subsequentes (professor titular), porém com relatos de apreensão ao uso de algumas etapas adaptadas da ABP (docentes da Unidade Escolar), e; vi) os temas geocientíficos tenderam aos escolarizados e a construção de conhecimentos surgiu como consequência de todo o processo. Deste modo, acreditamos que investigações sobre o desenvolvimento da ABP no Ensino Básico, fornecem subsídios para motivar os docentes a novas experiências com metodologias de aprendizagem ativas

Abstract: The active learning methodologies, in which the students protagonise their own knowledge construction process, are fundamental to the autonomous intellectual development. Among the methodological tendencies, there is a Problem Based Learning - PBL, established in Higher Education by your positive results, but few used in Middle School, particularly in Brazil. The present research sought to diagnose how it takes place and what the limits and potentialities of the PBL methodology, through geoscientific curricular contents, adapted to a ninth year of middle public school class of the city of Campinas in the São Paulo State in Brazil. This research investigated adaptations through activities based on the principles of PBL, in themes focusing on the Origin and Evolution of the Universe, Earth and Life. In order to do it we developed the methodology consolidation history, its characteristics and peculiarities, and a Learning Plan for the school dynamic. The classes were developed during almost a two-month period of the School calendar, according to a pre-established schedule, and the experience was socialized in the School Unit, with all school teachers. The adapted dynamics of the PBL was analyzed and discussed based on productions, evaluations and the students' self-assessments, field work notebook, filmed activities, school teacher¿s socialization sciences discipline main teacher interviews. The main topics to discuss are: a) infrastructure and organizational features of the School Unit; b) skills related to the team-based activities; c) preparation and contributions to the teacher, including reports of the teacher¿s interview, and; d) construction of geoscientific knowledge with an interdisciplinary approach. The contributions of the teachers during the socialization were considered and composed the analyzes and discussions. The first positive result of the experimentation was the PBL dynamic¿s development and conclusion, within the reality of the state's public schools in Brazil. The final considerations pointed to success signs in relation to the adapted dynamics of the PBL variants, in addition to: i) the detection of only few deficiencies in the school's infrastructure, which did not invalidate the execution of the dynamics; ii) the recognition of the student¿s collaboration and autonomy skills (prerequisites to the principle of team activities) in the students of the end of Middle School Term and, in development, the skills of managing time and thinking systematization; iii) the students¿ perception of the process of intellectual maturation, through self-assessments; iv) the researcher-teacher¿s reflections about the classes¿ preparation and teaching-learning process; v) changes in the approach of the subsequent classes (by the main sciences teacher), however with personal apprehension accounts to the use of some adapted steps of the PBL (teachers of the School Unit), and; vi) the geoscientific subjects trended to the scholar standards and the knowledge construction arose as a consequence of the whole process. Therefore, we believe that the PBL development researches in Basic Education provides subsidies to motivate teachers to new experiences inactive learning methodologies
Subject: Aprendizagem baseada em problemas
Ciências (Ensino fundamental)
Tempo geológico
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FINCO, Gabriela. Aprendizagem baseada em problemas no ensino fundamental II: aplicabilidade, potencial e reflexões de uma adaptação sob perspectivas geocientíficas. 2018. 1 recurso online ( 245 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Física Gleb Wataghin, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331847>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IFGW - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Maidame_GabrielaFinco_D.pdf2.51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.