Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331787
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Em defesa dos animais não-humanos : uma análise crítica da teoria utilitarista de Peter Singer
Title Alternative: In defense of non-human animals : a critical analysis of Peter Singer's utilitarian theory
Author: Stefan, Amanda Cristina, 1986-
Advisor: Simões, Mauro Cardoso, 1973-
Abstract: Resumo: O animal não-humano nas sociedades ocidentais teve sua imagem construída sempre em contraposição às características e atributos apresentados pela espécie humana. Diante de tal comparação, aos animais coube ocupar um espaço de ausência e negação frente às características positivas consideradas de exclusividade humana, tais como linguagem, racionalidade e uma suposta posse de alma. O ser humano representa, portanto, tudo aquilo que o animal não-humano nunca poderá ser. Destituídos de tais atributos, somado à concepção de mundo antropocêntrica, que privilegia a figura humana desconsiderando a importância dos demais seres, a imagem construída dos animais pelos homens deu aval para que as mais diversas formas de violência fossem cometidas contra seus corpos sem que isso se constituísse em um problema de ordem ética. Nos últimos anos, contudo, um novo cenário começa a se delinear e vozes insurgem questionando a relação de violência estabelecida pelos seres humanos contra as demais espécies animais, reivindicando a urgência de uma nova postura frente a esses seres. Dentre essas vozes, é objeto de investigação do presente trabalho a produção do filósofo Peter Singer, considerado um dos pioneiros na produção teórico-filosófica na defesa dos animais não-humanos, tendo por enfoque as obras Libertação Animal (1975) e Ética Prática (1994). O intuito do presente trabalho, além de investigar a proposta ética na defesa dos animais não-humanos do referido autor, é também empreender um olhar crítico sobre sua perspectiva visando compreender as contribuições e as limitações de sua teoria para o reconhecimento dos animais não-humanos como indivíduos que merecem ser inseridos em nosso círculo de moralidade. Para isso, foi realizada, além da análise bibliográfica do referido autor, uma investigação das críticas empreendidas por Gary Francione e Tom Regan acerca de sua teoria

Abstract: The non-human animal in Western societies had its image always constructed in opposition to the characteristics and attributes presented by the human species. Faced with such a comparison, animals had to occupy a space of absence and negation against the positive characteristics considered of human exclusiveness, such as language, rationality and a supposed possession of soul. The human being therefore represents all that the nonhuman animal can never be. Devoid of such attributes, added to the conception of the anthropocentric world, which privileges the human figure, disregarding the importance of other beings, the image constructed of animals by men gave support so that the most diverse forms of violence were committed against their bodies without this being constituted an ethical problem. In recent years, however, a new scenario has begun to delineate and voices insinuate by questioning the relationship of violence established by humans against other animal species, claiming the urgency of a new posture in front of these beings. Among these voices, the present work is the production of the philosopher Peter Singer, considered one of the pioneers in the theoretical-philosophical production in the defense of non-human animals, focusing on the works Animal Liberation (1975) and Practical Ethics (1994). The aim of the present work, besides investigating the ethical proposal in the defense of the nonhuman animals of the aforementioned author, is also to undertake a critical look on his perspective in order to understand the contributions and the limitations of his theory for the recognition of nonhuman animals as individuals who deserve to be inserted into our circle of morality. For this, besides the bibliographic analysis of the author, an investigation of the criticisms made by Gary Francione and Tom Regan about his theory was carried out
Subject: Singer, Peter, 1946-
Animais (Filosofia)
Utilitarismo
Especismo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: STEFAN, Amanda Cristina. Em defesa dos animais não-humanos: uma análise crítica da teoria utilitarista de Peter Singer. 2018. 1 recurso online (139 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Aplicadas, Limeira, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331787>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FCA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Stefan_AmandaCristina_M.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.