Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331725
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Análise imagética, gráfica e infográfica no estudo da forma e uso da arquitetura aplicado em edifícios culturais : Centro Cultural São Paulo, MuBE e Praça das Artes
Title Alternative: Imagetic, graphical and infographical analysis in the architectural shape and use applied to cultural buildings : Centro Cultural São Paulo, MuBE and Praça das Artes
Author: Castro, Thalita Carvalho Martins de, 1989-
Advisor: Bernardi, Nubia, 1969-
Abstract: Resumo: A cada dia estudos mostram que nossas cidades são retratos das relações sociais do cotidiano. Em meio a tantas segregações, os edifícios culturais surgem como um local de acolhimento das atividades e expressões coletivas. Através do teatro, de exposições, oficinas educacionais, bibliotecas, a arquitetura se aproxima das relações humanas e busca propor o local do encontro. Foi assim que ao longo do século XX e XXI foram projetados edifícios com espaços comuns entre a produção cultural e o público. Uma tipologia que acompanhou as mudanças constantes nas expressões artísticas ganhou novas formas, dinâmicas e dimensões. Para identificar e verificar as diferentes soluções projetuais, a pesquisa propõe a análise de três edifícios culturais investigando as relações entre uso e arquitetura: Centro Cultural São Paulo, Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia e Praça das Artes. Estes três Estudos de Caso se apoiam na premissa de difusão e inclusão, possuindo espaços públicos destinados ao uso livre, como apresentações, jogos, percursos, estudos e descansos. Em cada Estudo de Caso foram utilizadas duas metodologias gráficas para os registros dos dados e para as análises dos resultados, a primeira baseada nos princípios desenvolvidos por Geoffrey Baker, e a segunda nos princípios da Paisagem Experienciada. Através das comparações das formas e dos usos destes três edifícios culturais, foram destacadas as relações entre a arquitetura e as apropriações sociais do espaço público. O delineamento destas relações por meio da análise gráfica pretende contribuir para o entendimento das permanências e percursos realizados nestes edifícios culturais contemporâneos, para que as metodologias de projeto possam ser mais eficientes tanto no ensino quanto na prática da arquitetura e urbanismo

Abstract: Nowadays studies show that our cities are pictures of the social relations of everyday life. In the midst of so many segregations, cultural buildings emerge as a place to welcome collective activities and expressions. Through theatre, exhibitions, educational workshops, libraries, architecture approaches human relations and seeks to propose the meeting place. This is how throughout the 20th and 21st-century buildings were designed with spaces common between cultural production and the public. A typology that accompanied the constant changes in the artistic expressions gained new forms, dynamics and dimensions. To identify and verify the effectiveness of these solutions, the research proposes the analysis of three cultural buildings investigating the relations between use and architecture: São Paulo Cultural Center, Brazilian Museum of Sculpture and Ecology and Praça das Artes. These three cases are based on the premise of diffusion and inclusion, having public spaces intended for free use, such as presentations, games, courses, studies and breaks. In each case, two graphical methodologies were used for the data records and for the analysis of the results, the first based on the principles developed by Geoffrey Baker, and the second on the principles of the Experiential Landscape. Through the comparisons of the forms and the uses of these three cultural buildings, the relations between architecture and social appropriations of the public space were highlighted. The delimitation of these relations through the graphic analysis aims to contribute to the understanding of the permanences and paths realized in these contemporary cultural buildings, so that the design methodologies afford be more efficient both in teaching and in the practice of architecture and urbanism
Subject: Análise gráfica
Projetos - Metodologia
Arquitetura - Projetos
Uso do espaço
Espaços públicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CASTRO, Thalita Carvalho Martins de. Análise imagética, gráfica e infográfica no estudo da forma e uso da arquitetura aplicado em edifícios culturais: Centro Cultural São Paulo, MuBE e Praça das Artes. 2018. 1 recurso online ( 198 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331725>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Castro_ThalitaCarvalhoMartinsDe _M.pdf51.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.