Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331693
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Absenteísmo dos servidores de diferentes regimes de trabalho da Atenção Básica de Saúde em um município de médio porte
Title Alternative: Absenteeism of the servants of different work regimes of Primary Health Care in a midium-size municipality
Author: Altafim, Cezar Augusto Carvalhal, 1986-
Advisor: Queluz, Dagmar de Paula, 1961-
Abstract: Resumo: A saúde do trabalhador é um tema cada vez mais importante devido à relação de influência que o trabalho exerce sobre a saúde física e psíquica dos servidores, relação esta que com o passar do tempo foi se tornando cada vez mais clara. O objetivo deste estudo foi descrever os absenteísmos dos servidores estatutários e celetistas da Atenção Básica de um município de médio porte. Trata-se de um estudo transversal de abordagem quantitativa, que contou com 1147 servidores, divididos em dois regimes de trabalho, sendo 653 servidores do regime estatutário e 494 servidores do regime celetista. A coleta de dados ocorreu por meio de dados secundários, obtidos dos arquivos dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina, das instituições contratantes, correspondente ao período dos anos de 2011 a 2017. As variáveis dependentes foram os casos de absenteísmo motivado por doença, que apresentaram os códigos da Classificação Internacional de Doenças (CID) referentes a 3 Grupos de doenças, sendo eles Grupo 1: Transtornos Mentais e do Comportamento, o Grupo 2: Doenças da Cavidade Oral das Glândulas Salivares e dos Maxilares e Grupo 3: Doenças do Sistema Osteomuscular e do Tecido Conjuntivo, e as variáveis independentes foram: faixa etária, sexo, regime de trabalho, data de início do absenteísmo, duração e cargo. A análise dos dados foi realizada através da distribuição de frequência absoluta e relativa, e associação das variáveis. As doenças do Grupo 3 foram as que mais causaram absenteísmo com 2614 (13%) atestados. Entre os servidores estatutários, o cargo de maior prevalência de atestados motivados por doenças dos 3 Grupos, foi o de Agente Comunitário de Saúde com 1333 (44,07%), enquanto entre os servidores celetistas, foi o cargo de Auxiliar de enfermagem com 460 (23,8%). No total, as doenças dos 3 Grupos, foram o motivo de 27489 dias de absenteísmo, sendo 14319 nos servidores estatutários e 13170 nos servidores celetistas. Conclui-se que o estudo demonstrou que os dois regimes de trabalho dos servidores da Atenção Básica, apresentaram grande quantidade de absenteísmo no trabalho devido aos 3 Grupos de doenças estudadas, estes desgastes físicos e emocionais, podem ocasionar custos elevados para as instituições, diminuição da produtividade, sobrecarga dos demais servidores e comprometimento dos serviços prestados. Os cargos de Agente Comunitários de Saúde e de Auxiliar de Enfermagem necessitam de um olhar mais apurado por parte dos gestores e setores da saúde do trabalhador tendo em vista que foram os mais por estas doenças. Este estudo poderá contribuir positivamente no processo de reflexão e construção de estratégias voltadas para a prevenção, promoção e reabilitação de saúde dos servidores, e sugere-se que novos estudos sejam realizados avaliando os fatores responsáveis pelas elevadas ocorrências de absenteísmo na Atenção Básica com o intuito de uma melhora na saúde destes servidores, que possuem grande demanda de atendimento, gerando benefícios para uma atenção à saúde dos usuários do SUS

Abstract: The health of the worker is an increasingly important issue due to the influence that the work exerts on the physical and psychological health of the servants, a relationship that over time has become increasingly clear. The objective of this study was to describe the absenteeism of the workers of different work regimes of Primary Health Care in a medium-sized municipality. This is a cross-sectional, quantitative approach, with 1147 servers, divided into two work regimes, 653 of the statutory regime servers and 494 employees of the scheme. Data collection was done through secondary data obtained from the archives of the Specialized Services in Safety Engineering and Medicine of the contracting institutions, corresponding to the period from 2011 to 2017. The dependent variables were cases of absenteeism motivated by disease , which presented the International Classification of Diseases codes for 3 groups of diseases, namely Group 1: Mental and Behavioral Disorders, Group 2: Oral Cavity Diseases of the Salivary Glands and Maxillaries, and Group 3: Diseases of the Musculoskeletal System and Connective Tissue System, and the independent variables were: age, sex, work regime, date of beginning of absenteeism, duration and position. Data analysis was performed through absolute and relative frequency distribution, and association of variables. The diseases of Group 3 were the ones that caused the most absenteeism with 2614 (13%) attestations. Among the statutory workers, the highest prevalence of attestations motivated by diseases of the 3 Groups was the Community Health Agent with 1333 (44.07%), while among the private workers, was the position of Nursing Assistant with 460 (23.8%). In total, the diseases of the 3 Groups were the cause of 27489 days of absenteeism, 14319 in the statutory workers and 13170 in the private workers. It is concluded that the study showed that the two work regimens of the Primary Care attendants, presented a great amount of absenteeism in the work due to the 3 groups of diseases studied, these physical and emotional exhausts can cause high costs for the institutions, decrease of the productivity, overload of other servers and compromise of the services provided. The positions of Community Health Agents and Nursing Assistants need a more accurate look on the part of the managers and sectors of the health of the worker in view that they were the most for these diseases. This study could contribute positively to the process of reflection and construction of strategies aimed at the prevention, promotion and rehabilitation of the health of the servants, and it is suggested that new studies be carried out evaluating the factors responsible for the high occurrences of absenteeism in Primary Care with the intention of an improvement in the health of these servers, who have a great demand for healthcare, generating benefits for health care of SUS users
Subject: Absenteismo
Atenção primária à saúde
Saúde do trabalhador
Transtornos mentais
Transtornos traumáticos cumulativos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ALTAFIM, Cezar Augusto Carvalhal. Absenteísmo dos servidores de diferentes regimes de trabalho da Atenção Básica de Saúde em um município de médio porte. 2018. 1 recurso online (50 p.). Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331693>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Altafim_CezarAugustoCarvalhal_MP.pdf989.7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.