Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/33165
Type: Artigo de periódico
Title: Pneumonia complicada por pneumatocele gigante em criança com síndrome da imunodeficência adquirida: importância da fisioterapia respiratória
Title Alternative: Pneumonia complicated by a giant pneumatocele in a child with acquired immunodeficiency syndrome: importance of chest physiotherapy
Author: Paula, Silvia Regina M. de
Gurgel, Melissa Pinto
Macchiaverni, Luciana
Pereira, Fabíola Meister
Ribeiro, Maria Ângela G. de O.
Santos, Camila Isabel S.
Abstract: OBJECTIVE: To describe the effects of chest physiotherapy in preventing respiratory complications in a child with acquired immunodeficiency syndrome and a giant pneumatocele. CASE DESCRIPTION: An eight-year-old female child was sent to the physiotherapy service of a university hospital due to pulmonary hypersecretion, repeated pneumonias and presence of a giant pneumatocele. The physiotherapy team selected active airway clearence techniques and expiratory flow techniques to promote pulmonary hygiene and to reduce risks for respiratory complications. The follow-up around was accomplished by a multiprofissional team with the objective of avoiding recurrent pulmonary infections, pneumatocele's rupture and need for long-term hospitalization. The child's pulmonary condition remained stable and no changes in the size of the pneumatocele were seen in repeated X-rays. COMMENTS: The role of chest physiotherapy in patients with giant pneumatoceles is not well defined in the literature. There is no evidence of beneficial effects of this therapy and there are no guidelines that address the most efficient and safest techniques. Currently, much is discussed about the risks and complications arising from chest physiotherapy. In this case, regular physiotherapy intervention was important to maintain child's pulmonary integrity, but studies are needed to evaluate techiques and clinical relevant effects.
OBJETIVO: Descrever os efeitos do tratamento fisioterapêutico na prevenção de complicações respiratórias de uma criança com síndrome da imunodeficiência adquirida, que apresentava pneumatocele gigante. DESCRIÇÃO DO CASO: Criança com oito anos de idade, do sexo feminino, encaminhada para acompanhamento fisioterapêutico em hospital universitário devido a quadro de hipersecreção pulmonar, histórico de pneumonias e presença de pneumatocele gigante. A conduta fisioterapêutica incluiu técnicas de higiene brônquica ativa, envolvendo fluxo aéreo expiratório, com o intuito de promover a desobstrução pulmonar sem causar risco de complicações à criança. O seguimento foi multiprofissional e direcionado à prevenção de infecções recorrentes e de ruptura da bolha, que tornariam necessária a internação hospitalar. Durante o acompanhamento, o quadro pulmonar manteve-se estável, sem aumento ou ruptura da pneumatocele, radiograficamente visível. COMENTÁRIOS: A atuação da fisioterapia respiratória nos casos de pneumatocele gigante não está definida na literatura. Não há, até o momento, evidências de seus efeitos benéficos, bem como diretrizes a respeito dos métodos mais eficientes e seguros. Ao contrário, muito se discute sobre os riscos e complicações decorrentes dessa intervenção. No presente caso, a assistência fisioterapêutica regular foi importante para garantir a estabilidade do quadro pulmonar da criança, sendo necessários estudos com desenho metodológico apropriado para verificação de eficácia clínica.
Subject: Pediatria
pneumatocele
pneumonia
infecções por HIV
Pediatrics
pneumatocele
pneumonia
HIV infections
Editor: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0103-05822010000200018
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822010000200018
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-05822010000200018
Date Issue: 1-Jun-2010
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0103-05822010000200018.pdf949.89 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.