Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331627
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Utilização de geossintéticos para lodos ativados de aeração prolongada em fluxo contínuo
Title Alternative: Use of geosynthetics for extended aeration activated sludge in continuous flow
Author: Inácio, Amanda Rodrigues, 1990-
Advisor: Mendes, Carlos Gomes da Nave, 1958-
Abstract: Resumo: O sistema de lodos ativados de aeração prolongada é composto pelo tratamento preliminar, reator biológico e decantador secundário que tem como característica relevante a elevada área de implantação. Portanto, tem-se a proposta de sistemas MBR (Biorretor com Membranas), onde esta etapa do sistema é substituída por um processo de separação por membranas. Devido ao custo das membranas aplicadas em sistemas MBR, tem-se a hipótese de aplicação de filtros com mantas geossintéticas em substituição ao decantador secundário. Portanto, o objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho de um sistema de lodos ativados de aeração prolongada em fluxo contínuo utilizando filtração em manta geossintética. O esgoto sanitário utilizado nesta pesquisa apresentou características de origem doméstica. Adotou-se o uso de um reator biológico com volume útil de 200L. Para a confecção dos módulos de filtração foram utilizadas 2 mantas geossintéticas, denominadas Manta Geossintética 1 e 2, combinadas com 3 tipos de espaçadores: TA - tela antiderrapante feita em poliéster com revestimento em PVC; GT - geomanta tridimensional feita em filamentos de polipropileno termosoldados; MA - manta acrílica feita em 100% poliéster. Definiu-se a idade do lodo em 25 dias e o TDH em 18 horas. Foram utilizados os seguintes Módulos de Filtração de forma intermitente com ciclos operacionais de 24h cada: MG1-TA e MG1-GT (Etapa 1, 57 dias); MG2-TA e MG2-GT (Etapa 2, 57 dias); MG1-MA e MG2-MA (Etapa 3, 66 dias); MG1-GT e MG2-GT (Etapa 4, 24 dias) após processo de limpeza para reutilização. Para clarificação do efluente, o Módulo de Filtração MG2-GT apresentou o melhor desempenho com eficiência média de remoção de turbidez de 98,5% e remoção de SST de 99,0%. Para matéria orgânica, o Módulo de Filtração MG2-GT apresentou melhor desempenho em termos de DBO com eficiência média de remoção de 96,5% com efluente de concentração média de 18,4mgO2/L. Para DQO, o Módulo de Filtração MG2-TA alcançou o maior índice de remoção, com eficiência média de 95,6% para efluente de concentração média de 45,6mg/L. Portanto, verifica-se que em termos de qualidade de efluente final é possível substituir o decantador secundário do sistema de lodos ativados por filtração em manta geossintética. Porém, é necessário aprimorar a técnica para minimizar o processo de depósitos na superfície das mantas geossintéticas

Abstract: The extended aeration activated sludge system is composed by the preliminary treatment, biological reactor and secondary decanter that has as relevant characteristic the high area of implantation. Therefore, we have proposed MBR systems (Biorretor with Membranes), where this stage of the system is replaced by a membrane separation process. Due to the cost of the membranes applied in MBR systems, it is hypothesized to apply filters with geosynthetic blankets instead of the secondary decanter. Therefore, the objective of this study was to evaluate the performance of a continuous flow extended aeration activated sludge system using geosynthetic blanket filtration. The sanitary sewage used in this research had characteristics of domestic origin. The use of a biological reactor with a useful volume of 200L was adopted. For the preparation of the filtration modules, 2 geosynthetic blankets were used, named Geosynthetic Blanket 1 and 2, combined with 3 types of spacers: TA - anti-slip fabric made of polyester with PVC coating; GT - three-dimensional geomanta made of heat-sealed polypropylene filaments; MA - acrylic blanket made in 100% polyester. The age of the sludge was defined in 25 days and the HDT in 18 hours. The following Filtration Modules were used intermittently with 24-hour operating cycles each: MG1-TA and MG1-GT (Step 1, 57 days); MG2-TA and MG2-GT (Step 2, 57 days); MG1-MA and MG2-MA (Step 3, 66 days); MG1-GT and MG2-GT (Step 4, 24 days) after cleaning process for reuse. In order to clarify the effluent, the MG2-GT Filtration Module presented the best performance with average turbidity removal efficiency of 98.5% and removal of SST of 99.0%. For organic matter, the MG2-GT Filtration Module presented better performance in terms of BOD with average removal efficiency of 96.5% with effluent of 18.4 mgO2/L average concentration. For COD, the MG2-TA Filtration Module achieved the highest removal rate, with an average efficiency of 95.6% for a mean concentration effluent of 45.6mg/L. Therefore, it can be verified that in terms of final effluent quality it is possible to replace the secondary decanter of the activated sludge system by geosynthetic blanket filtration. However, it is necessary to improve the technique to minimize the deposit process on the surface of geosynthetic blankets
Subject: Membranas
Geossinteticos
Filtração
Esgotos - Tratamento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: INÁCIO, Amanda Rodrigues. Utilização de geossintéticos para lodos ativados de aeração prolongada em fluxo contínuo. 2017. 1 recurso online (178 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331627>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Inacio_AmandaRodrigues_M.pdf5.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.