Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331617
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Comparação da biodisponibilidade entre formulação-teste e formulação-referência de propafenona (Ritmonorm®) em voluntários sadios de ambos os sexos selecionados fenotipicamente
Title Alternative: Comparison of biodisponibility between test-formulation and reference-formulation of propafenone (Ritmonorm®) in phenotipically selected healthy volunteers of both sexes
Author: Iwamoto, Renan Donomae, 1986-
Advisor: De Nucci, Gilberto, 1958-
Abstract: Resumo: O cloridrato de propafenona é um fármaco antiarrítmico da classe 1C, que exerce efeito estabilizador de membrana na célula miocárdica. Possui propriedades bloqueadoras de canais de sódio nas fibras ventriculares e de Purkinje, além de leve ação betabloqueadora, cerca de 1/50 da potência do propranolol, e fraca atividade bloqueadora de canais de cálcio. É metabolizada primariamente no fígado pelo citocromo P-450 2D6, mas a ocorrência de hepatoxicidade é rara, sendo reportado na literatura científica até o ano de 2013, apenas 8 casos clínicos. O presente trabalho teve como objetivo comparar a biodisponibilidade de duas formulações pelo método de cromatografia líquida de alta eficiência acoplada a espectrometria de massas em tandem (LC-MS/MS): formulação referência (Ritmonorm® ¿ propafenona comprimido 300 mg ¿ Abbott Laboratórios do Brasil Ltda.) e formulação teste (propafenona comprimido 300 mg ¿ Biolab Sanus Farmacêutica Ltda.), em voluntários sadios de ambos os sexos, selecionados fenotipicamente com base na atividade para a enzima CYP2D6. A debrisoquina 2.5 mg foi utilizada para a fenotipagem de voluntários, quantificando-se na urina as concentrações de 4-hidroxidebrisoquina, que corresponde à debrisoquina biotransformada primariamente pela CYP2D6, e debrisoquina excretada de forma inalterada, após 5 horas da administração do medicamento. Os metabolizadores extensivos para a debrisoquina foram selecionados para participar da avaliação de bioequivalência entre formulações de propafenona, princípio ativo este que também é primariamente metabolizado pela CYP2D6. Os resultados das etapas clínicas e analíticas mostraram que as duas formulações foram consideradas bioequivalentes para velocidade e extensão de absorção, além de serem seguras e bem toleradas. Dois métodos analíticos foram desenvolvidos e validados, com seletividade satisfatória e com tempos de corrida curtos

Abstract: Propafenone hydrochloride is a 1C class of antiarrhythmic drug, which exerts a membrane stabilizing effect on the myocardial cell. It has sodium channel blocking properties in the ventricular and Purkinje fibers, as well as a weak beta blocker action, about 1/50 of the potency of propranolol, and a calcium channel blocker. Propafenone is metabolized primarily in the liver by cytochrome P-450 2D6, but occurrence of hepatotoxicity is rare with only 8 clinical cases reported in the scientific literature until 2013. The objective of the present study was to compare the bioavailability of two formulations by high performance liquid chromatography coupled to tandem mass spectrometry method: reference formulation (Ritmonorm® - propafenone tablet 300 mg - Abbott Laboratories do Brasil Ltda.) and test formulation (300 mg Biolab Sanus Pharmaceuticals Ltda.), in healthy volunteers of both sexes, phenotypically selected based on activity for CYP2D6 enzyme. Debrisoquine 2.5 mg was administered for phenotyping purpose by quantifying urine concentrations of 4hydroxydebisoquine, which corresponds to the biotransformed debrisoquine primarily by CYP2D6, and debrisoquine excreted unaltered, after 5 hours of administration of drug. Extensive metabolizers of debrisoquine were selected to participate in the bioequivalence study between propafenone formulations, which is also primarily metabolized by CYP2D6. The results of the clinical and analytical stages showed that the two formulations were considered bioequivalent for speed and extent of absorption, being also safe and well tolerated. Two analytical methods were developed and validated, with satisfactory selectivity and presenting short run times
Subject: Propafenona
Citocromo P-450 CYP2D6
Equivalência terapêutica
LC-MS/MS
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: IWAMOTO, Renan Donomae. Comparação da biodisponibilidade entre formulação-teste e formulação-referência de propafenona (Ritmonorm®) em voluntários sadios de ambos os sexos selecionados fenotipicamente. 2018. 1 recurso online (132 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331617>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Iwamoto_RenanDonomae_D.pdf3.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.