Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331421
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Las escalas de experiencia de inseguridad alimentaria como perspectiva de la pobreza en Brasil = As escalas de experiência de insegurança alimentar como perspectiva da pobreza em Brasil
Title Alternative: As escalas de experiência de insegurança alimentar como perspectiva da pobreza em Brasil
Author: Alonso, Juan Ernesto Osvaldo Sepúlveda, 1974
Advisor: Belik, Walter, 1955-
Abstract: Resumo: A pobreza apresenta-se no sistema econômico por meio de várias situações, sendo a fome sua manifestação mais expressiva. A complexidade com que a pobreza se expressa, em particular, quando relacionada com a fome, transforma seu combate em um dos maiores desafios para o desenho de políticas sociais. Essa complexidade decorre das diferentes perspectivas com que as pessoas a padecem. A insuficiência de renda não apenas afeta o ambiente social das pessoas, mas também influencia a experiência no contexto psicossocial em que elas se desenvolvem. Esta tese discute se as escalas de percepção de segurança alimentar, em especial a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA), poderiam ser tomadas como uma abordagem complementar às descrições convencionais de pobreza. A partir da percepção de insegurança alimentar, os determinantes da pobreza são investigados, explorando a cobertura das políticas sociais, particularmente aquelas que são executados por programas de transferências de renda. Postula-se que a Segurança Alimentar fornece uma visão mais completa na concepção e gestão das políticas sociais. A partir da Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar (PNAD) dos anos 2004 e 2009, a pobreza é descrita em relação à percepção de insegurança alimentar. A análise sugere que a percepção de insegurança alimentar permite investigar outras dimensões de pobreza. Este complementa e fortalece a concepção de estratégias e ações para o combate à pobreza e a luta contra a fome. Os resultados encontrados a partir dos dados recolhidos pelas PNADs de 2004 e 2009 mostram que, quando se consideram os programas de transferência de renda, há uma correlação entre a incidência dos determinantes da pobreza na percepção de insegurança alimentar.  Além disso, verifica-se que há uma correlação positiva entre a percepção de insegurança alimentar e a incerteza ocupacional dos moradores dos domicílios, ora pela insuficiência de renda, ora pela informalidade com que eles se inserem no mercado de trabalho. Essa última, revela a complexidade do combate à pobreza e luta contra fome nas economias modernas

Abstract: Poverty happens in the economic system through various situations, with hunger being its most expressive manifestation. The complexity with which poverty is expressed, and in particular,  when it is related to hunger, makes its struggle one of the greatest challenges for the design of social policies. This complexity emerges from the different perspectives that affect people when they face poverty. Because, insufficient income not only affects the social environment of people, but also, it influences the psychosocial perception of the context where individuals develop. This thesis analyzes if the experience based on food insecurity scale, in particular, the Brazilian Scale Experience Based on Food Insecurity (EBIA), could be a complementary perspective to the conventional descriptions of poverty. Also, from the experience based on food insecurity scale, the determinants of poverty are inquired, and the scope of social policies are explored, particularly those that are executed through conditional cash transfer programs. It is postulated that the Food Security offers, in general, a more complete vision in the design and management of social policies. Based on the Brazilian household surveys (PNAD) -on 2004 and 2009-, poverty is described in relation to the experience based on food insecurity. It is suggested that the analysis of the EBIA allows investigating other dimensions of poverty. This complement and strengthen the design of strategies and action leading to the fight against poverty and hunger. The results found from the 2004 and 2009 household surveys show that, when considering the conditional cash transfer programs, the rise correlation between the incidence of the determinants of poverty on the EBIA scale.  In addition, it is shown evident that there is a positive correlation between the experience based on food insecurity and the occupational uncertainty of the households, either because of insufficient income or because of the informality with which they are inserted in the labor market. The latter, reveals the complexity of fighting poverty and hunger in modern economies
Subject: Segurança alimentar e nutricional
Pobreza
Política social
Desenvolvimento econômico - Aspectos sociais
Language: Espanhol
Editor: [s.n.]
Citation: ALONSO, Juan Ernesto Osvaldo Sepúlveda. Las escalas de experiencia de inseguridad alimentaria como perspectiva de la pobreza en Brasil = As escalas de experiência de insegurança alimentar como perspectiva da pobreza em Brasil. 2017. 1 recurso online (232 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331421>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Alonso_JuanErnestoOsvaldoSepulveda_D.pdf1.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.