Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331417
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Inventário de reconhecimento do Patrimônio Geológico do Maciço Alcalino de Poços de Caldas, divisa SP/MG
Title Alternative: Inventory of the Alkaline Massif of Poços de Caldas
Author: Monteiro, Vinícius Arcanjo, 1992-
Advisor: Bacci, Denise de La Corte
Abstract: Resumo: O inventário de reconhecimento do patrimônio geológico do Maciço Alcalino de Poços de Caldas (MAPC) constitui o tema dessa dissertação de mestrado. O MAPC localiza-se na região sul do Estado de Minas Gerais na divisa com o Estado de São Paulo. Apresenta forma circular, com diâmetro de 33 km e área de 800 km², sendo conhecido como o maior complexo alcalino da América Latina e um dos maiores do mundo. O levantamento dos geossítios e sítios da geodiversidade foi realizado a partir de sistematizada metodologia de inventário de reconhecimento dos geossítios, o qual consiste em identificar feições ou locais significativos por meio de revisões bibliográficas, consulta a especialista e trabalhos de campo, como item primordial das estratégias de geoconservação. Na presente pesquisa os sítios foram caracterizados segundo a proposta de autores já consagrados na literatura e de acordo com as recomendações da UNESCO e SIGEP, especificando-os de acordo com sua localização, importância, descrição e medidas de proteção. Cada geossítio foi relacionado a categorias específicas do patrimônio geológico, podendo, no caso da região de estudo, identificar: importância geológica, história evolutiva do maciço, minérios e águas termais. Os locais identificados como patrimônio geológico foram selecionados por meio das seguintes etapas da pesquisa: revisão historiográfica, a qual se refere à identificação dos principais temas de pesquisa na área de estudo ao longo do tempo, de forma a organizar uma retrospectiva historiográfica das produções científicas; pesquisa na base multidisciplinar de registros Scopus desde 1960, de forma a compreender a evolução dos conhecimentos geológicos; separação de trabalhos de autores de referência para a área que descreveram detalhadamente pontos de interesse científico com mapas e cartas temáticos; seleção e revisão dos potenciais geossítios e sítios da geodiversidade com 115 locais e finalmente a seleção final dos pontos com base em trabalho de campo e cruzamento das informações retiradas da coleção de minerais,rochas e minérios Resk Frayha do acervo permanente do Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas. Foram selecionados 12 potenciais pontos que podem apresentar valores geoturístico, científico e educativo para a área que compõem o Mapa de Patrimônio Geológico do Maciço Alcalino de Poços de Caldas (MAPC). O inventário de reconhecimento foi o primeiro passo para a identificação do Patrimônio Geológico de Poços de Caldas, permitindo reconhecer que o intervalo entre 1960 e 1980 foi um período crucial da história da mineração em Poços de Caldas. O resultado guarda paralelismo com os registros da produção científica, que também foi muito intensa no período. Os dados foram englobados em acervo único, cuja estratégia de divulgação consiste em uma coleção de cartões postais. Pelo fato desta pesquisa não ter como foco principal o inventário sistemático dos sítios de geodiversidade, não são apresentados dados de quantificação dos sítios com determinação dos valores da geodiversidade ou cálculo do uso potencial. No entanto, a continuidade de ações que promovam a conservação do patrimônio natural, associada ao patrimônio histórico e cultural, só será possível a partir do reconhecimento legal e legitimada pela população local, por meio de processos de divulgação e estratégias educativas. O envolvimento de setores governamentais e instituições ligadas à cultura e turismo é fundamental para a promoção dessas estratégias. O Maciço Alcalino de Poços de Caldas possui elementos geológicos, culturais e turísticos/educativo que podem ser melhor estabelecidos em suas funções, de forma a promover a valorização, divulgação e preservação do Patrimônio Geológico em escala nacional. A área merece um inventário sistemático e detalhado para a melhor caracterização do potencial turístico, científico e educativo

Abstract: The recognition inventory of the Alkaline Massif of Poços de Caldas concerns the thematic subject of this research. The region is located at south of the State of Minas Gerais in the geographical limit with the State of São Paulo. The Massif of Poços de Caldas has a circular shape, with a diameter of 33 km and an area of 800 km², being known as the largest alkaline complex in Latin America and one of the largest in the world. The survey of the geosites and sites of the geodiversity was carried out from a systematized inventory methodology of recognition of the geosites, which consists in identifying features or significant places through bibliographical revisions, specialist consultation and field works, as a fundamental part of the strategies of geoconservation. In the present research the sites were characterized according to the proposal of authors already consecrated in the literature and according to the recommendations of UNESCO and SIGEP, specifying them according to their location, importance, description and protection measures. Each geosite was related to specific categories of geological heritage, and, in the case of the study region, could identify: geological importance, evolutionary history of the massif, ores and thermal waters. The sites identified as geological heritage were selected through the following research stages: revision historiographical, which refers to the identification of the main themes of research in the area of study over time, in order to organize a retrospective of the scientific productions; research on the multidisciplinary basis of Scopus records since 1960, in order to understand the evolution of geological knowledge; organization of referenced authors for that detailed points of scientific interest with maps and thematic letters; selection and review of potential geosites and geodiversity sites with 115 sites and finally the final selection of the 12 points based on fieldwork and cross-referencing information from the Resk Frayha collection of minerals, rocks and ore samples from the permanent collection of the Historical and Geographical Museum of Poços de Caldas. Potential points were selected that can present geotourism, scientific and educational values for the area that make up the map of geological heritage of the Alcalin Massif of Poços de Caldas (MAPC). The recognition inventory was the first step in the identification of the geological heritage of Poços de Caldas, recognizing that the interval between 1960 and 1980 was a crucial period in the history of mining in Poços de Caldas. The result is parallel with the records of scientific production, which was also very intense in the period. The data were included in a single collection, whose dissemination strategy consists of a collection of postcards. Considering that this research does not have as main focus the systematic inventory of geodiversity, no quantification data of sites with geodiversity values or calculation of potential use are presented. Nevertheless, the continuity of actions that promote the conservation of the natural patrimony, associated to the historical and cultural patrimony, will only be possible from the legal recognition and legitimized by the local population, through means of divulgation and educational strategies. The involvement of government sectors and institutions related to culture and tourism is fundamental to the promotion of these strategies. The Alkaline Massif of Poços de Caldas has geological, cultural and tourist / educational elements that can be better established in its functions, to promote its valorization, dissemination and preservation of the Geological Heritage on a national scale. The area deserves a systematic and detailed inventory for the best characterization of tourism, scientific and educational potential
Subject: Rochas igneas alcalinas
Geodiversidade
Patrimônio geológico
Poços de Caldas (MG)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MONTEIRO, Vinícius Arcanjo. Inventário de reconhecimento do Patrimônio Geológico do Maciço Alcalino de Poços de Caldas, divisa SP/MG. 2018. 1 recurso online (270 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331417>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Monteiro_ViniciusArcanjo_M.pdf17.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.