Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331400
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação da toxicidade não clínica de extrato bruto e vouacapanos obtidos dos frutos da espécie Pterodon pubescens Benth
Title Alternative: Evaluation of non-clinical toxicity of crude extract and vouacapans obtained from fruits of the species Pterodon pubescens Benth
Author: Souza, Vanessa Helena da Silva, 1981-
Advisor: Foglio, Mary Ann, 1960-
Abstract: Resumo: Popularmente conhecida como Sucupira, a Pterodon pubescens Benth é uma espécie vegetal típica do cerrado brasileiro e utilizada por um grande número de pessoas para tratamento de dores inflamatórias na forma de infusão ou decocto de seus frutos. Diante da escassez de respostas consistentes sobre a segurança de sua utilização, este trabalho avaliou a toxicidade não clínica, em testes in vivo e in vitro, do extrato bruto diclorometânico (EBD) e dos isômeros 6?-hidroxi-7?-acetoxi-vouacapano-17?-oato de metila e 6?-acetoxi-7?-hidroxi-vouacapano-17?-oato de metila, estes últimos, obtidos em uma mesma amostra, a qual nos referimos neste estudo pela relação massa/carga como vouacapanos m/z 404. O presente trabalho buscou reunir resultados, contribuindo com informações sobre possíveis riscos associados ao uso popular e respaldando futuras investigações para desenvolvimento de produto fitoterápico. Os estudos toxicológicos foram realizados de acordo com legislações brasileiras vigentes, tendo como base o Guia de Orientação de Condução de Estudos, proposto pela Agência de Vigilância Sanitária, onde se estabelecem as normas para o desenvolvimento de um medicamento fitoterápico e/ou fitofármaco, além de documentos internacionais como protocolos da Organization for Economic Co-operation and development (OECD). As amostras foram inicialmente testadas em protocolos de toxicidade aguda oral para determinação da menor dose com potencial tóxico, valor que posteriormente foi utilizado como limite de maior dose no teste de toxicidade doses repetidas. Considerou-se como parâmetros de avaliação toxicológica: avaliação ponderal, análises hematológicas, bioquímicas, avaliação clínica diária e análises anatomopatológicas dos órgãos ao final dos testes. O EBD não demonstrou sinais que inferissem toxicidade inerente à amostra, mas a ingesta diária de altas doses (500 mg/kg) alterou a homeostase metabólica dos animais que manifestaram esteatose microgoticular hepática. Resultados bioquímicos e histopatológicos dos animais tratados diariamente com os vouacapanos m/z 404 apontaram para a participação destes na toxicidade hepática de um animal na maior dose utilizada (300 mg/kg) causando hepatotoxicidade aguda. Testes preliminares in vitro de indução de cometas em condições alcalinas demonstraram que tanto EBD quanto vouacapanos m/z 404 aumentaram a porcentagem de fragmentação de DNA, sem interferir no parâmetro Tail moment (relação matemática que indica o tamanho da cauda em relação à porcentagem de DNA fragmentado). Estes dados indicam que o DNA possa ter sofrido clivagens específicas, gerando fragmentos maiores e mais concentrados próximos ao nucleóide. Apenas os vouacapanos m/z 404 na concentração de 30 µg/ml (23,37± 3,44) apresentaram diferença estatística comparado ao controle celular (ANOVA, p<0,05). Finalmente em teste de Indução de micronúcleos (MNs), EBD e vouacapanos m/z 404 não demonstraram potencial mutagênico. Os dados gerados serão utilizados para estabelecer as condições experimentais e as doses a serem utilizados em estudos clínicos para posteriormente viabilizar o desenvolvimento e registro de um medicamento fitoterápico a partir dessa espécie vegetal

Abstract: Pterodon pubescens Benth (Sucupira) is a typical Brazilian plant species found in the cerrado region widely used in folk medicine for inflammatory disorders. A large number of people report clinical improvements after ingesting fruit infusion.Considering the lack of consistent data on safety issues , this study evaluated the non-clinical toxicity of crude dichloromethane extract (EBD) and vouacapanes obtained from the plant species contributing with data on risks of therapeutic use. Toxicological studies were performed in accordance with current legislation , based on the study guide proposed by the Sanitary Surveillance Agency - ANVISA , which establishes standards for the development of a herbal and / or phytochemical medicine. The EBD and isomers 6? -hydroxy- 7? -acetoxy- vouacapano - 17? - oate and 6? -acetoxy- 7? -hydroxy- vouacapano - 17? - oate (m/z 404 ) samples were tested for oral acute toxicity, repeated dose toxicity , and genotoxicity by the alkaline comet assay .The toxicological parameters, weight evaluation, haematological and biochemical analysis, daily clinical and pathological analyzes of the organs immediately after the tests were considered. The EBD did not show signs that infered toxicity inherent to the sample, but the daily intake of high doses (500 mg/kg) altered the metabolic capacity of animals inducing microgoticular steatosis. Results of biochemical and histopathological animals treated daily with compound m/z 404 pointed to participation of liver toxicity in only one animal at the highest dose (300 mg/kg) causing acute hepatotoxicity. In Vitro preliminary tests in comets induction test in alkaline conditions showed that both EBD and m/z 404 increased the percentage of DNA fragmentation, but did not affect Tail moment parameter (mathematical ratio that indicates the size of the tail compared the percentage of fragmented DNA), indicating that the samples can interact with the genetic material, without demonstrating a high capacity for fragmentation thereof. Only compound m/z 404 at 30 ?g/ml (23.37 ± 3.44) dose showed statistical significance compared to the control cell (ANOVA, p <0.05). The data generated will be used to determine conditions for establishing doses to be used in clinical studies that will further permit the development and registration of a herbal medicinal product from the plant species
Subject: Pterodon pubescens
Toxicidade
Plantas medicinais
Editor: [s.n.]
Citation: SOUZA, Vanessa Helena da Silva. Avaliação da toxicidade não clínica de extrato bruto e vouacapanos obtidos dos frutos da espécie Pterodon pubescens Benth. 2017. 1 recurso online ( 143 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331400>. Acesso em: 1 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_VanessaHelenaDaSilva_D.pdf4.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.