Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331369
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: A rede de atenção à saúde ocular e o cuidado à saúde da pessoa com deficiência visual : conhecimento e conduta de profissionais da atenção básica
Title Alternative: The eye health care network and the health care of the visually impaired person : knowledge and conduct of primary care professionals
Author: Fernandes, Ana Cláudia, 1991-
Advisor: Montilha, Rita de Cássia Ietto, 1965-
Abstract: Resumo: Objetivo: Conhecer a rede de saúde ocular e o cuidado à saúde da pessoa com deficiência visual em um município da região metropolitana de Campinas- SP, após a Portaria nº 793/2012 que Institui a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência no âmbito do Sistema Único de Saúde vinculado ao "Plano Viver sem Limites". Métodos: Foi realizado levantamento descritivo transversal. Trata-se de um estudo de caráter quantitativo e qualitativo, o qual as pesquisadoras envolvidas entendem a complementaridade dos métodos. A população foi composta por Agentes Comunitários de Saúde (ACS), médicos e enfermeiros da Atenção Básica. Para a coleta de dados utilizou-se questionário autoaplicável com os ACS e entrevista semi-estruturada com os demais profissionais. Os instrumentos para coleta de dados foram desenvolvidos por meio de estudo exploratório e aplicados após pré-teste. Foi realizada análise de estatística descritiva dos dados quantitativos por meio de medidas de resumo e análise de conteúdo dos dados qualitativos. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob nº CAAE 46001215.7.0000.5404 e parecer de nº 1.135.433. Os participantes assinaram Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Resultados: A população foi composta por 77 ACS, 14 médicos e 14 enfermeiros, cuja maioria é do gênero feminino, tendo formação compatível ao cargo exercido e tempo de experiência profissional maior que 10 anos. Observou-se que os ACS orientam e sugerem aos usuários do sistema procurar a Unidade Básica do território, quando se apresenta queixa ocular é realizada triagem visual com o profissional da enfermagem que tria os encaminhamentos prioritários ou não para o médico especialista, conforme o estabelecido na dinâmica local. A maioria dos profissionais referiu não conhecer a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência e o trabalho da reabilitação, e relataram insatisfação com o número reduzido de especialistas e com o alto tempo de espera para o atendimento especializado. Considerações finais: Foi possível conhecer o fluxograma da Rede de Saúde Ocular e como é realizado o cuidado à saúde da pessoa com deficiência visual ou queixa ocular. Verificou-se que a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência e a reabilitação não é de conhecimento da maioria dos profissionais, o que indica a necessidade de ações de educação permanente sobre o cuidado em saúde ocular e para pessoa com deficiência. No entanto, tem se dado adequadamente a identificação e o encaminhamento na prática da atenção básica. A maioria dos profissionais sugerem novas contratações de especialistas e aumento do número de consultórios oftalmológicos. Observa-se a importância de dar continuidade à pesquisa nos serviços especializados e de reabilitação, além de conhecer a percepção de usuários desse sistema

Abstract: Objective: To know the eye health network and the health care of the visually impaired person in a city in the metropolitan region of Campinas, state of São Paulo, after Administrative Rule no. 793/2012, which establishes the Network of Care for Persons with Disabilities under the Unified Health System linked to the "Living Without Limits Plan". Methods: A cross-sectional descriptive survey was performed. It is a quantitative and qualitative study, which the researchers involved understand the complementarity of the methods. The population was composed of Community Health Agents (CHA), doctors and nurses of Primary Care. For the data collection, a self-administered questionnaire was used with the ACS and a semi-structured interview with the other professionals. The instruments for data collection were developed through an exploratory study and applied after pre-testing. Descriptive statistics analysis of the quantitative data was performed by means of summary measures and content analysis of the qualitative data. The project was approved by the Research Ethics Committee under CAAE nº 46001215.7.0000.5404 and opinion no. 1,135,433. Participants signed a Free and Informed Consent Term. Results: The population was composed of 77 ACS, 14 doctors and 14 nurses, the majority of gender was female, with experience greater than 10 years. It was observed that the ACS guide and suggest to users of the system to look for the Basic Unit of the territory, when there is an eye complaint it is carried out a visual screening with the nursing professional that guides the priority referrals to the specialist doctor, as established in the dynamics local. Most of the professionals do not know about the Disabled Person's Care Network and the rehabilitation work, and report that they are dissatisfied with the number of specialists and the high waiting time for specialized care. Final Considerations: It was possible to know the flow chart of the Eye Health Network and how the health care of the visually impaired person or eye complaint is performed. It was verified that the Network of Care for the Person with Disability and rehabilitation is not known to the majority of professionals, which indicates the need for permanent education actions on eye health care and for people with disabilities. However, the identification and referral in the practice of primary care has been adequately given. Most professionals suggest new hires of specialists and an increase in the number of ophthalmological offices. It is observed the importance of continuing the research in the specialized services and rehabilitation, besides knowing the perception of users of this system
Subject: Serviços de saúde para pessoas com deficiência
Assistência à saúde
Atenção primária à saúde
Saúde ocular
Deficiência visual
Editor: [s.n.]
Citation: FERNANDES, Ana Cláudia. A rede de atenção à saúde ocular e o cuidado à saúde da pessoa com deficiência visual: conhecimento e conduta de profissionais da atenção básica. 2017. 1 recurso online (92 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331369>. Acesso em: 1 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fernandes_AnaClaudia_M.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.