Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331310
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: São Paulo state exergy analysis : Análise exergética do estado de São Paulo
Title Alternative: Análise exergética do estado de São Paulo
Author: Mosquim, Rafael Fernandes, 1988-
Advisor: Mady, Carlos Eduardo Keutenedjian, 1984-
Abstract: Resumo: Análise exergética foi aplicada ao estado de São Paulo para obter índices relacionados com a qualidade da conversão de energia em diferentes setores. São Paulo foi dividido em cinco setores, Industrial, Residencial, Rural, Transportes e Comercial & Publico. O setor Energético foi dividido em Usina de Açúcar e Álcool e Refinaria de Petróleo, ambos incluídos no setor Industrial. A Primeira Lei da Termodinâmica, que dita o princípio da conservação de energia, mostra limitações quando lidada com o uso de energia, pois trata toda forma de energia na mesma base calorífica. Quando aplicada conjuntamente com a Segunda Lei da Termodinâmica, formas energéticas podem ser comparadas não apenas quantitativamente, mas também qualitativamente. A eficiência exergética foi calculada para cada setor, e para o estado como um todo, com o valor obtido, para o ano-base de 2014, de 28.3%. O setor mais eficiente foi o Industrial, seguido do Rural, depois o Comercial & Público, Residencial e Transportes. Para transpor a distância entre o conceito de exergia e sua utilidade para políticas públicas, algumas medidas foram testadas no modelo, usando as eficiências obtidas como guia. Quando ganhos em eficiência exergética não foram suficientes para suportar a tomada de decisões, comparações foram feitas tendo como base a emissão de gás carbono equivalente. Onde a eficiência exergética é baixa, há uma grande disparidade de qualidade entre fonte e uso final. Também, mudança do combustível utilizado, de gasolina para etanol, traz benefícios em relação a emissões, mas uma frota totalmente eletrificada não representaria ganhos significativos nessa métrica

Abstract: Exergy analysis was applied to the state of São Paulo to obtain indexes related to the quality of the energy conversion processes in different sectors. São Paulo was divided into five sectors, Industrial, Residential, Rural, Transportation and the Commercial & Public. The Energetic sector was split into Sugar & Alcohol plant and Oil Refinery plant and merged with the Industrial sector due to specificities of the state. The First Law of Thermodynamics, and its energy conservation principle, presents some limitations when dealing with energy use, for it treats every form of energy on the same heating-capacity principle. When applied together with the second law of thermodynamics, energy forms can be compared not only on a quantity basis, but qualitatively as well. Exergy efficiency was calculated for each sector, and overall end-use exergy efficiency for the base year 2014 was found to be 28.3%. To bridge the gap between exergy and public policy, some measures were tested on the model, using the calculated efficiencies as a guide. When exergy efficiency gains were not sufficient to support decision-making, comparisons were made on carbon dioxide equivalent emissions. It was found that the Industrial sector is the most exergy efficient sector, followed by the Rural, Commercial & Public, Residential and Transportation sector. Where efficiency is low, there is a great mismatch between high quality energy sources and low-quality energy use. As well fuel shift from gasoline to ethanol can provide benefits regarding emissions, but full electrification of the fleet would not be a totally clean technology
Subject: Exergia
Eficiência
Sociedade
Sustentabilidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MOSQUIM, Rafael Fernandes. São Paulo state exergy analysis: Análise exergética do estado de São Paulo. 2017. 1 recurso online (117 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecânica, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331310. Acesso em: 6 Jan. 2021.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FEM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mosquim_RafaelFernandes_M.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.