Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331244
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Cosmos e Imagem : devaneios artísticos sobre o espaço
Title Alternative: Cosmos and image : artistic space daydreams
Author: Freire, Laura Ancona Lopez, 1971-
Advisor: Boccara, Ernesto Giovanni, 1948-
Abstract: Resumo: No processo de conquista do espaço é preciso inferir que a visualidade e a criatividade são primordiais para o conhecimento do cosmo. Esta pesquisa considera que é preciso admitir que a interdisciplinaridade e interatividade conectam várias áreas do saber na construção do projeto de conquista do cosmos, inclusive as artes visuais. Na jornada espacial pela visualidade, as artes visuais revelam o poder da observação do espaço cósmico e do desenvolvimento de habilidades físicas e intelectuais que criam espaço para o surgimento do projeto de conquista do espaço. Nesta tese, apresentamos imagens capazes de nos fazer entender o papel das artes em relação com ao cosmo. Verificamos como os nossos antepassados primitivos expressaram sua curiosidade em relação espaço e começaram a investir na atividade do voo pela imaginação e pela arte. Observamos, a partir dos registros artísticos, como esta prática evoluiu com a hibridização das imagens aladas onde animais e humanos poderiam representar corpos celestes ou mesmo habitar o espaço. Vimos que a ideia de voar e conhecer o céu passa pela vontade humana e que a imaginação dinâmica pode produzir figuras e objetos que, materializados e compartilhados, passam a alimentar os devaneios em grupo. Estas novas imagens que se formam em cadeias de sonhos fazem parte do processo de criação da comunidade humana e se reflete em criações de cunho mitológico, religioso e, também, tecnológico. Reforçamos a ideia de viagem de alma para espaços diferentes da terra conhecida. Argumentamos que a tentativa de reprodução da realidade (Stela) e os significados atribuídos aos mitos integradores da natureza humana, animal e cósmica, permitem o conhecimento sobre os significados que trabalham no sentido de permitir o deslocamento, ou a viagem para fora do espaço do domínio terrestre a fim de criar um elo e um pacto entre os mundos com vista a superação da limitação física humana. Vimos, também, que os princípios de organização e método ocorreram de idealização mental e atuação material também pelos processos artísticos; que a fim de alcançar o espaço celestial e apreender o poder de voo surgiu o conceito de viagem para o além-mundo; que para facilitar estas viagens "de alma" foram criados artefatos rituais que alguns destes artefatos, como a máscara xamã; que para além da documentação e expressão dos sonhos coletivos e individuais a arte expressou as atividades de organização da mente; que a arte inaugurou a pratica de simulação da realidade para fins criativos, de documentação, análise e experimentação; que as primeiras asas não tornaram o voo possível, mas que a repetição da ideia, da observação e da técnica caminharam em direção a realização do desejo humano expresso de voar e viajar para o espaço; que a arte, ao insistir na manutenção da expressão de ideias aparentemente impossíveis, fomentou a busca pelo conhecimento que tornou o voo e, a conquista do espaço, possível

Abstract: In the process of conquest of cosmic space it is necessary to infer that visuality and creativity are primordial for the knowledge of the cosmos. This research considers that it is necessary to admit that interdisciplinarity and interactivity connect several areas of knowledge in the construction of the project of conquest of the cosmos, including the visual arts. In the space journey through visuality, the visual arts reveal the power of the observation of cosmic space and the development of physical and intellectual abilities that create space for the emergence of the project of conquest of the space. In this thesis we present images capable of making us understand the role of the arts in relation to the cosmos. We checked how our primitive ancestors expressed their curiosity about space and began to invest in the activity of flying by art and imagination. We observed, from the artistic records, how this practice evolved with the hybridization of winged images where animals and humans could represent celestial bodies or even inhabit space. We have seen that the idea of flying and knowing the sky passes through the human will and that the dynamic imagination can produce figures and objects that, materialized and shared, begin to feed group daydreams. These new images, formed in chains of dreams, are part of the human community process of creating and appear in mythological, religious and technological creations. We reinforce the idea of the "soul travel" to the unknown world. We argue that the attempt to reproduce the reality, and the meanings attributed to the integrating myths of human, animal, and cosmic nature, allow us to access the knowledge about the meanings about traveling out of the terrestrial space domain and the creation of a pact between the worlds to overcoming human physical limitations
Subject: Arte
Ciência
Espaço celeste
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FREIRE, Laura Ancona Lopez. Cosmos e Imagem: devaneios artísticos sobre o espaço. 2018. 1 recurso online (103 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331244. Acesso em: 13 Jul. 2020.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Freire_LauraAnconaLopez_D.pdf3.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.