Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331212
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: A institucionalização do consenso : atuação da CUT e da FS nos governos do PT (2003-2014)
Title Alternative: The institutionalization of consensus : action of CUT and FS during the PT governments
Author: Colombi, Ana Paula Fregnani, 1984-
Advisor: Krein, José Dari, 1961-
Abstract: Resumo: Este trabalho analisa como a estratégia político-sindical da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Força Sindical (FS) buscou alterar a agenda do trabalho durante os governos do PT (2003-2014) com o objetivo de discutir o sentido da atuação das duas maiores centrais sindicais brasileiras nesse período. Por meio da análise da participação dessas centrais nos espaços institucionais em contraposição com seus repertórios discursivos discutiu-se a hipótese de que a estratégia de participação social privilegiada por estas instituições consolidou-se por meio de uma busca pelo consenso em detrimento do conflito. Primeiramente, mostrou-se que apesar das potencialidades do novo momento político e econômico que se abriu na vida nacional, o alargamento das heterogeneidades do mercado de trabalho e a permanência da flexibilidade laboral impuseram novos desafios à ação coletiva em linha com as tendências gerais do capitalismo contemporâneo. Em seguida, mapeou-se as estratégias político-sindicais mobilizadas para a reivindicação da agenda econômica e para a disputa em torno da regulamentação pública do trabalho nesse cenário. A pesquisa revelou a subordinação da pauta trabalhista aos interesses comuns com as diferentes frações do capital e à moderação crítica em relação ao governo. Esses elementos caracterizaram uma estratégia de participação social orientada pela institucionalização do consenso. Nesses termos, essa estratégia permitiu a conquista de ganhos pontuais, especialmente econômicos, mas comprometeu o campo político para disputas mais amplas no âmbito dos direitos trabalhistas e da proteção social, expressando os limites dessa estratégia em tempos de capitalismo neoliberal e financeirizado

Abstract: This thesis analyzes how the strategy of Central Única dos Trabalhadores (CUT) and Força Sindical (SF) sought to change the labor agenda during the PT governments (2003-2014) with the aim of discussing the orientation of the actions of the two major Brazilian trade union confederations during this period. Through the analysis of the participation of these trade union confederations in the institutional spaces in contrast with their discursive repertoires, this research discussed the hypothesis that the social partnership strategy privileged by these institutions was consolidated through a search for consensus to the detriment of conflict. First, it was shown that despite the potential of the new political and economic moment that has opened up in national life, the widening of labor market heterogeneities and the permanence of labor relation flexibility have imposed new challenges to collective action in parallel with the general tendencies of contemporary capitalism. Then, based on this scenario, the trade union strategies which was mobilized in order to claim the economic agenda and dispute public regulation of labor were mapped. The research revealed the subordination of the labor agenda to the common interests with the different fractions of capital and to the critical moderation in relation to the government. These elements characterized a social partnership strategy oriented by the institutionalization of consensus. In these terms, this strategy allowed the achievement of punctual gains, especially the economic ones, but it compromised the political field for broader disputes in the scope of labor rights and social protection, expressing the limits of this strategy in the current neoliberal and financialized capitalism
Subject: Partido dos Trabalhadores (Brasil)
Movimento sindical
Relações trabalhistas
Participação social
Ação coletiva
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: COLOMBI, Ana Paula Fregnani. A institucionalização do consenso: atuação da CUT e da FS nos governos do PT (2003-2014). 2018. 1 recurso online (329 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331212>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Colombi_AnaPaulaFregnani_D.pdf2.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.