Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/33115
Type: Artigo de periódico
Title: Cervical esophagostomy using indwelling catheter for analysis of gastric physiology in dogs
Title Alternative: Esofagostomia cervical com cateter de demora para o estudo da fisiologia gástrica em cães
Author: Cavalcanti, Carlos Augusto de Oliveira
Andreollo, Nelson Adami
Santos, William Adalberto dos
Abstract: PURPOSE: To describe the technique of cervical esophagostomy with indwelling catheter for the collection of secretions and study of gastric emptying. METHODS: Esophagostomy was performed in 14 dogs, and a tube was introduced into the animals' stomachs and maintained pervious for eight weeks. The technique consisted of opening the left lateral surface of the neck for insertion of the tube, with the aid of a Mixter forceps, and the subsequent subcutaneous tunneling and exteriorization of the catheter on the dorsum of the animals. RESULTS: Successful use of the tube and its total permeability were observed in 13 animals (92.8%). In one animal, the tube was obstructed by hair, and it was replaced. Formation of a small abscess occurred in 3 animals (21.4%), followed by spontaneous drainage. No accidents occurred, and the bleeding was minimal. No deaths were registered. CONCLUSION: The described technique can be used in similar researches, as well as for animal feeding in investigations of the upper digestive tract, after esophageal resection and in major neck surgeries.
OBJETIVO: Descrição da técnica de esofagostomia cervical em cães com cateter de demora, para coleta de secreções e estudo de esvaziamento gástrico. MÉTODOS: A esofagostomia foi realizada em 14 animais, e os catéteres foram introduzidos até o estômago e mantidos pérveos durante oito semanas. A técnica consistiu de abertura na região lateral esquerda do pescoço para introdução do catéter, com auxilio de uma pinça tipo Mixter e a sua posterior tunelização no subcutâneo, com exteriorização na face posterior do dorso. RESULTADOS: A permeabilidade total e a utlização do catéter foi possível em 13 animais (92,8%), sendo que em um animal a obstrução foi devido acúmulo de pelos no seu interior e o cateter foi substituído. Em 3 animais (21,4%) houve a formação de pequeno abscesso na região cervical inferior, no local da primeira incisão, os quais drenaram espontaneamente. Não ocorreu nenhum acidente e o sangramento foi mínimo. Não houve mortalidade. CONCLUSÃO: A técnica descrita pode ser utilizada tanto em pesquisas semelhantes, como para alimentação de animais em experimentos do trato digestivo alto ou mesmo após operações de ressecção do esôfago e em grandes cirurgias no pescoço.
Subject: Esofagostomia
Fisiologia digestória
Cães
Esophagostomy
Digestive physiology
Dogs
Editor: Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0102-86502005000500012
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502005000500012
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502005000500012
Date Issue: 1-Oct-2005
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0102-86502005000500012.pdf58.78 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.