Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331125
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Respostas sistêmicas e de longo prazo a projetos de conservação e desenvolvimento em áreas protegidas
Title Alternative: Systemic and long term responses to conservation and development projects in protected areas
Author: Ummus, Rafael Eichemberger, 1978-
Advisor: Seixas, Cristiana Simão, 1970-
Abstract: Resumo: Com o objetivo de compreender os efeitos dos Projetos de Conservação e Desenvolvimento nas capacidades de adaptação e transformação socioecológica dos sistemas locais onde incidem, elaboro uma abordagem derivada das teorias da complexidade e redes sociais, analisando duas áreas na América do Sul: o Médio Solimões, Brasil, e o Norte Rupununi, Guiana. Especificamente, interessam: (i) a distribuição de projetos e a estrutura da rede-iniciativa que os promove; (ii) o espectro de mudanças deflagradas; (iii) o efeito destas mudanças nas capacidades de adaptação, transformação e resiliência socioecológica dos sistemas locais. As iniciativas e volume de projetos nas áreas de estudo se expandiram rapidamente partir do final da década de 1990 e permanecem dinamicamente estáveis até os dias atuais. Estruturalmente, as redes-iniciativas que os promovem são fortemente centralizadas em organizações executoras de projetos e apresentam baixa modularidade e densidade, mas amplo diâmetro e heterogeneidade, denotando um alto potencial para aprendizagem social e estabelecimento de ligações ponte mas apresentando vulnerabilidade à remoção de atores chave e baixa funcionalidade nos fluxos de informação e emergência de inovações. Na área de estudo do Médio Solimões, as respostas aos projetos distribuem-se ao longo de um amplo espectro e incluem a recuperação de estoques pesqueiros e criação de fontes de renda para a população participante nas atividades promovidas pelos projetos, mas também a emergência de conflitos e erosão de capital social local.Tendo em vista a resiliência socioecológica local, papéis-chave desempenhados pelas iniciativas foram aportar conhecimento técnico-científico, promover ligações com atores de níveis técnico políticos mais abrangentes, aportar capitais em etapas críticas de transformação ou adaptação e contribuir para a visualização de cenários alternativos de desenvolvimento. A transformação socioecológica ocorreu tanto no nível de modos de vida (e.g. a transição para pesca comanejada ou atividade turística) quanto no nível dos sistemas de lagos estudados (com novos arranjos de manejo, como o comanejo pesqueiro), ainda que dependentes de subsídios externos aportados pelas organizações executoras. Também foi observada a emergência de iniciativas autônomas e auto-organizadas baseadas nas alternativas econômicas e arranjos institucionais promovidos pelos projetos

Abstract: This thesis aims to understand the effects of conservation and development projects in the adaptive and transformative capacity of local social-ecological systems in which these projects are implemented. For that purpose, I developed a perspective derived from the theory of complex adaptive systems and social network analysis to investigate the systemic effects of projects in two regions of South America: Médio Solimões - Brazil and North Rupununi - Guyana. In these regions, I identified: (i) the distribution of projects and the structure of the network-initiative that promotes them; (ii) the spectrum of changes triggered by projects over local systems; (iii) the effects of these changes on social-ecological adaptability, transformability and resilience. The initiatives and the project numbers grew fast since their establishment in the late 1990's and became dynamically stable since then. The social network represented by each initiative is centralized in the implementing organizations and have large diameter and heterogeneity, low density and low modularity, denoting a potential for social learning and bridging stakeholders. However, the network structure also poses vulnerability to the system upon disappearance of key actors and contributes to low information flows, hampering innovation. In the Médio Solimões region, the responses of local systems to projects spread over a broad spectrum including recovery of fish stocks and increased incomes for local people involved, but also conflict emergence and erosion of social capital. In terms of project effects on social-ecological resilience, the key roles played by the initiatives were to provide technical and scientific knowledge, to bridge stakeholders and to provide financial capital in critical phases of transformation or adaptation. Social-ecological transformation took place both at the livelihood level (e.g., focusing in fisheries and/or tourism activities) and at the local level (through new fisheries management arrangements in lakes or changing agriculture practices at community level), albeit with strong external subsidies by implementing organizations. The emergence of autonomous and self-organized initiatives related to the economic activities promoted by the projects was observed in areas not directly affected by the projects
Subject: Biodiversidade - Conservação - Aspectos sociais - Paises em desenvolvimento
Projetos de desenvolvimento - Avaliação
Biodiversidade - Conservação - Amazônia
Biodiversidade - Conservação - Metodologia
Áreas protegidas - Amazônia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: UMMUS, Rafael Eichemberger. Respostas sistêmicas e de longo prazo a projetos de conservação e desenvolvimento em áreas protegidas. 2017. 1 recurso online (162 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331125>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ummus_RafaelEichemberger_D.pdf15.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.