Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331106
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Comparação in vitro do sítio de preparo de implantes dentários com sistema ultrassônico e sistema rotatório convencional = In vitro comparison of dental implant site preparation with ultrasonic system and conventional rotatory system
Title Alternative: In vitro comparison of dental implant site preparation with ultrasonic system and conventional rotatory system
Author: Lanata-Flores, Antonio, 1988-
Advisor: Albergaria-Barbosa, José Ricardo de, 1956-
Abstract: Resumo: Este estudo teve o objetivo de comparar in vitro o sítio de preparo de implantes dentários realizado com sistema ultrassônico e sistema rotatório convencional por meio da temperatura, o tempo e a estabilidade primária que são fornecidos pelas diferentes sequências de brocas e pontas de implantes dentários. Um total de 16 ostetomias foram realizadas utilizando diferentes seqüências de brocas (Initial, titamax 2.0, 2/3, titamax 3.0. Neodent, Curitiba, Brasil) para o grupo rotatório (GR) e pontas (IM1S, IM2P, IM2 / 3, IM3P. Mectron Medical Technology, Carasco, Itália) para o grupo ultrassônico (GU) em uma amostra de osso corticomedular bovino para grupo. Um protocolo padronizado foi estabelecido para fornecer as condições de trabalho constantes em cada sequência de osteotomia, medindo tempo, temperatura e torque de instalação de implante dentário. A temperatura foi medida por meio de um termômetro digital no sítio da perfuração e um termômetro infravermelho com mira laser no sítio externo da osteotomia. Foram instalados quatro implantes em cada grupo para medir o torque final da instalação do implante com um torquímetro digital (Instrutherm TQ-680, São Paulo, Brasil). Um total de dezesseis osteotomias divididos em dois grupos: grupo rotatório (n = 8) e grupo ultrassônico (n = 8). Os valores médios no grupo GR foram 22,87 segundos para toda a sequência de brocas, 24,21 graus Celsius para temperatura superficial, 27,57 para temperatura de perfuração e 32, 30 N / cm para o torque, entretanto, a média para os valores do grupo GU foi de 72,91 segundos, 26,56 graus Celsius para temperatura superficial, 32,12 graus Celsius para temperatura de perfuração e 22,60 N / cm para torque. Houve diferenças significativas entre os grupos, atingindo maior temperatura e tempos prolongados de osteotomias no grupo ultrassônico. O sistema ultrassônico e o sistema rotatório são métodos eficazes para a preparação do sítio de instalação de implante fornecendo resultados satisfatórios, embora o sistema rotatório seja mais rápido e com menores temperaturas durante osteotomias

Abstract: This study aimed to evaluate the temperature variability, time and primary stability that is provided by the different sequences of dental implant drills with ultrasonic system and conventional rotatory system in a corticocancellous bone sample. A total of 16 ostetomies were performed using different sequences of drills (Initial, titamax 2.0, 2/3, titamax 3.0. Neodent, Curitiba, Brazil) for group #1 and tips (IM1S, IM2P, IM2/3, IM3P. Mectron Medical Technology, Carasco, Italy) for group #2 on a bovine corticalcancellous bone sample. A standardized protocol was designed to provide constant working conditions in every sequence after implant installation, measuring time and temperature. Temperature were measured using a digital thermometer in an apical site and an infrared thermometer gun with laser sight in the external osteotomy site. Four implants were installed in each group to measure the final torque of the implant installation with a digital torquemeter (Instrutherm TQ-680, São Paulo, Brasil). The sixteen osteotomies divided in two groups: rotatory group (n=8) and ultrasonic group (n=8) showed mean RG values were for time 22,87 seconds, 24,21 degree Celsius for superficial temperature , 27,57 for perforation temperature and 32,30 N/cm for torque, meanwhile the mean for UG values were 72,91 seconds, 26,56 degree Celsius for superficial temperature , 32,12 degree Celsius for perforation temperature and 22,60 N/cm for torque with significant differences between the group reaching greater temperature and prolonged times of osteotomies in the Ultrasonic group. The ultrasonic and the rotatory system are effective methods for implant site preparation providing satisfactory results although the rotational system consume less time and lower temperatures during osteotomies
Subject: Procedimentos cirúrgicos ultrassônicos
Piezocirurgia
Implantes dentários
Procedimentos cirúrgicos bucais
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: LANATA-FLORES, Antonio. Comparação in vitro do sítio de preparo de implantes dentários com sistema ultrassônico e sistema rotatório convencional = In vitro comparison of dental implant site preparation with ultrasonic system and conventional rotatory system. 2017. 1 recurso online (55 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331106>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Flores_AntonioGabrielLanata_D.pdf1.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.