Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331099
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Matéria e informação : uma abordagem etnográfica da biblioteca pessoal de Florestan Fernandes
Title Alternative: Matter and information : an ethnographical approach of the personal library of Florestan Fernandes
Author: Alvares, Pedro Henrique Galdino Souto, 1990-
Advisor: Tambascia, Christiano Key, 1976-
Abstract: Resumo: A história recente das relações entre antropologia, arquivos e coleções tem demonstrado uma enorme tendência em privilegiar as condições de possibilidade desses espaços e suas coisas como elemento de análise e exercício descritivo. Com isso em vista, produziu-se uma grande diversidade de trabalhos que vão desde as trajetórias e movimentos do que abrigam, passando pelas narrativas que seus diferentes ordenamentos e acomodações (ou a falta deles) configuram, até chegar às vozes que, em seus domínios, se fazem ouvir ou são silenciadas. De fato, a ideia é que seus processos de constituição conferem sentidos ou significados às coisas, pessoas e instituições implicadas nessas atividades. Não obstante, essas pesquisas também oferecem as condições para um certo tipo de investigação que prioriza a relação intersubjetiva, descritas nas etnografias, entre autores, colecionadores, arquivistas, coleções, arquivos e o próprio antropólogo, condições estas que têm estado na ordem do dia. Esta dissertação, no entanto, tem como objetivo explorar os limites e possibilidades de abordar descritivamente uma coleção específica, a biblioteca pessoal de Florestan Fernandes, a partir de como e do que ela torna visível ao visitante, isto é, em vez de suas condições de possibilidade, suas condições de existência. Procurou-se debater, assim, a noção de enunciado, ou acontecimento, tal como propostas por Foucault, como um contraponto à noção de processo de constituição. Ao tomar essa biblioteca pessoal como enunciado, quis-se descrever de que maneira a mediação informacional efetivamente utilizada em sua acomodação na Universidade Federal de São Carlos faz aparecer uma série de elementos inscritos na materialidade dos livros e estantes que ali estão. Buscou-se demonstrar como é que somente por ocuparem posições específicas nesse campo enunciativo é que foram percebidos como parte do que constitui a biblioteca e a biblioteca, por sua vez, pôde ser apreendida como uma unidade coerente

Abstract: The recent history of the relations between anthropology, archives and collections has shown an enormous tendency to privilege the conditions of possibility of these spaces and things as an element of analysis and as a descriptive exercise. In light of this, a great diversity of works has been produced, ranging from the trajectories and movements that they harbour, to the narratives that their different arrangements and facilities (or the lack thereof) configure until reaching the voices that, in their domains, are heard or silenced. In fact, the idea is that their processes of constitution give meaning or significance to the things, people and institutions involved in such activities. Nevertheless, these researches also offer the conditions for a certain kind of research that prioritizes the intersubjective relationship, described in ethnographies, between authors, collectors, archivists, collections, archives, and the anthropologist himself, which have been the order of the day. This dissertation, however, aims to explore the limits and possibilities of descriptively approaching a specific collection, the personal library of Florestan Fernandes, from how and what it makes visible to the visitor - namely, instead of its conditions of possibility, its conditions of existence. It was sought to discuss, therefore, the notion of statement, or event, as proposed by Foucault, as a counterpoint to the notion of the constitution process. In taking this personal library as a statement, we wanted to describe how the information mediation effectively employed in its facility at the Federal University of São Carlos makes appear a series of elements inscribed in the materiality of the books and bookshelves there. It was sought to demonstrate how it is only by occupying specific positions in this enunciative field that they were perceived as part of what constitutes the library and that the library, in its turn, could be seized as a coherent unit
Subject: Fernandes, Florestan, 1920-1995 - Biblioteca
Ciência da informação
Etnografia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ALVARES, Pedro Henrique Galdino Souto. Matéria e informação: uma abordagem etnográfica da biblioteca pessoal de Florestan Fernandes. 2018. 1 recurso online (81 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331099>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Alvares_PedroHenriqueGaldinoSouto_M.pdf3.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.