Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331069
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação dos níveis de vitamina D em crianças e adolescentes com paralisia cerebral
Title Alternative: Evaluation of vitamin D levels in children and adolecents with cerebral palsy
Author: Ferreira, Marcela Almeida Linden, 1990-
Advisor: Brandão, Maria Angela Bellomo, 1967-
Abstract: Resumo: A deficiência de Vitamina D esta sendo reconhecida como uma pandemia por causa do volume de pessoas afetadas pela deficiência e o número de doenças geradas ou estimuladas por tal deficiência. A deficiência de Vitamina D é definida como 20 ng/mL ou menos de 25(OH)D; a "insuficiência" é definida entre 21-29ng/mL; e "suficiência" é definida entre 30-100 ng/mL (30 ng/mL é o limiar de saúde ósseo). Nos indivíduos acometidos com Paralisia Cerebral (PC) podem ocorrer deformidades ósseas associadas à disfunção do movimento. Por isso decidimos investigar qual o estado da vitamina D nestas crianças e adolescentes. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo transversal com amostra de conveniência. Foram avaliados 60 pacientes com idade entre 3 e 20 anos, que foram divididos em dois grupos: Grupo controle (n: 30) e Grupo de Casos (n: 30). Para comparação das variáveis: sexo, função intestinal, exposição solar, consumo alimentar de ovo e fígado de boi entre os grupos e a avaliação da vitamina D em relação às variáveis sexo, exposição solar, estado nutricional, tipo de dieta, função intestinal, consumo de alimentos fonte, foram utilizados os testes de Mann-whitney e Kruskal-wallis. Resultados: No nosso estudo os valores de vitamina D não apresentaram diferença entre os grupos, porém a mediana foi de 25,30 ng/ml no grupo de casos e 29,70 ng/ml no grupo controle. Discussão: No nosso estudo não encontramos diferença significativa entre os valores de vitamina D entre as crianças e adolescentes saudáveis e aqueles com PCT, e não encontramos nenhuma relação entre os fatores de risco para deficiência de vitamina D e níveis séricos de 25(OH)D, porém observamos que um grande número dos indivíduos estudados se encontra dentro da classificação de insuficiência e deficiência. O que deve ser para os profissionais de saúde um alerta ao trabalhar com a população pediátrica

Abstract: Vitamin D deficiency is being recognized as pandemic because of the volume of people affected by this deficiency as well as the number of illnesses generated or stimulated by this deficiency. Vitamin D deficiency is defined as 20 ng / mL or less than 25 (OH) D; "insufficiency" is defined as 21-29 ng / mL; and "sufficiency" is defined as 30-100 ng / mL (30 ng / mL is the bone health threshold). In individuals with Cerebral Palsy (CP), the development of bone deformities associated with movement dysfunction may occur. Therefore, the state of vitamin D in this population of children and adolescents was investigated. Materials and Methods: This is a cross-sectional study with a convenience sample. Sixty patients aged between 3 and 20 years old were divided into two groups: control group (n: 30) and case group (n: 30). Comparing the variables of sex, intestinal function, sun exposure, egg and ovarian intake among groups, and the evaluation of vitamin D in relation to sex, sun exposure, nutritional status, type of diet, intestinal function, consumption of source foods, the Mann-Whitney and Kruskal-Wallis tests were used. Discussion: In our study, vitamin D values did not differ between groups, but the median was 25.30 ng/ ml in the case group and 29.70 ng/ ml in the control group. In our study we found no significant difference between vitamin D values among healthy children and adolescents and those with spastic quadriplegia CP, and found no relationship between risk factors for vitamin D deficiency and serum 25(OH)D levels. However we observed that a large number of the individuals studied are within the classification of insufficiency and deficiency. This should be alarming for healthcare professionals who work with the pediatric population
Subject: Vitamina D
Paralisia cerebral
Language: Inglês
Editor: [s.n.]
Citation: FERREIRA, Marcela Almeida Linden. Avaliação dos níveis de vitamina D em crianças e adolescentes com paralisia cerebral. 2018. 1 recurso online (108 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331069>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferreira_MarcelaAlmeidaLinden_M.pdf2.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.