Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331063
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Qualidade de vida em pacientes com câncer de cabeça e pescoço
Title Alternative: Quality of life in patients with head and neck cancer
Author: Rossetto, Maria Angela Adamoli de Morais, 1958-
Advisor: Cortellazzi, Karine Laura, 1973-
Abstract: Resumo: Os pacientes acometidos por Câncer de Cabeça e Pescoço (CCP) compõem um grupo de pacientes com alta vulnerabilidade, alta letalidade, estigmatizado pela sociedade em razão de deformidades craniofaciais que são comuns nesse tipo de neoplasia e, portanto, apresentam, com frequência, sequelas tanto físicas quanto emocionais, afetivas ou sociais que podem impactar na sua qualidade de vida. Este estudo teve como objetivo avaliar os fatores associados à qualidade de vida de pacientes diagnosticados com CCP inseridos no nível de média complexidade de uma Rede de Atenção Oncológica. Trata-se de um estudo transversal analítico. A amostra foi composta por 240 pacientes diagnosticados por CCP no período de julho de 2016 a abril de 2017 e inseridos em uma associação não governamental de um município de médio porte do Estado de São Paulo/Brasil. A variável dependente foi qualidade de vida (QV) avaliada pelo instrumento WHOQOL-bref. As variáveis independentes foram características sociodemográficas e clínicas, coletadas por meio de questionário semiestruturado. Análise de regressão simples foi realizada para cada variável independente com o desfecho e em seguida foi estimado modelo de regressão múltipla, ajustado para a distribuição binomial negativa, estimando-se a Prevalence Ratio Ratios (PRR) e os respectivos intervalos de 95% de confiança. Para cada ano de escolaridade, houve um aumento de 3% no escore da qualidade de vida (PRR=1,03; IC=1,00-1,21; p=0,0153). Para cada unidade de renda, houve um aumento de 10% no escore da qualidade de vida (PRR=1,10; IC=1,02-1,17; p=0,0076). Os indivíduos não portadores de diabetes, (PRR=1,10; IC=1,01-1,21; p=0,0248), que não apresentavam sequela física (PRR=1,16; IC=1,04 -1,29; p=0,0069) e sequela funcional (PRR=1,17; IC=1,03-1,32; p=0,0124) tiveram 10%, 16% e 17% escores maior de qualidade de vida, respectivamente. A qualidade de vida dos pacientes com CCP está associada com as condições socioeconômicas e clínicas

Abstract: The patients affected by Head and Neck Cancer (CCP) are a group of patients with high vulnerability, high lethality, stigmatized by society due to craniofacial deformities that are common in this type of neoplasia and, therefore, often have sequelae both physical, emotional, affective or social factors that may impact their quality of life. This study evaluated the factors associated with the quality of life of patients diagnosed with PCC inserted in the level of medium complexity of an Oncology Care Network. This is a cross-sectional analytical study. The sample consisted of 240 patients diagnosed by CCP from July 2016 to April 2017 and enrolled in a non-governmental association of a medium-sized municipality in the State of São Paulo / Brazil. The dependent variable was quality of life (QOL) assessed by the WHOQOL-bref instrument. The independent variables were sociodemographic and clinical characteristics, collected through a semi-structured questionnaire. Simple regression analysis was performed for each independent variable with the outcome and then estimated the multiple regression model, adjusted for the negative binomial distribution, estimating the Prevalence Ratio Ratios (PRR) and the respective 95% confidence intervals. For each year of schooling, there was a 3% increase in the quality of life score (PRR = 1.03, CI = 1.00-1.21, p = 0.0153). For each income unit, there was a 10% increase in the quality of life score (PRR = 1.10, CI = 1.02-1.17, p = 0.0076). The individuals without diabetes (PRR = 1.10, CI = 1.01-1.21, p = 0.0248), who had no physical sequelae (RR = 1.16, CI = 1.04 -1, 29, p = 0.0069) and functional sequela (PRR = 1.17, CI = 1.03-1.32, p = 0.0124) had 10%, 16% and 17% higher quality of life scores, respectively. The quality of life of patients with CCP is associated with socioeconomic and clinical conditions
Subject: Qualidade de vida
Neoplasias de cabeça e pescoço
Atenção a saúde
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ROSSETTO, Maria Angela Adamoli de Morais. Qualidade de vida em pacientes com câncer de cabeça e pescoço. 2018. 1 recurso online (49 p.). Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331063>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rossetto_MariaAngelaAdamoliDeMorais _M.pdf1.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.