Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331041
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Análise do acesso ao serviço de saúde bucal no estado de São Paulo, Brasil = Analysis of oral health care service access in São Paulo state, Brazi
Title Alternative: Analysis of oral health care service access in São Paulo state, Brazi
Author: Fonseca, Emilio Prado da, 1971-
Advisor: Meneghim, Marcelo de Castro, 1965-
Abstract: Resumo: Estudos nacionais e internacionais identificaram desigualdades na utilização dos serviços de saúde bucal em diferentes faixas etárias. Os objetivos do estudo foram: I) Discutir os principais fatores relacionados à utilização dos serviços de saúde bucal através de estudo de revisão sistemática; II) Identificar os fatores associados à demora em visitar o dentista ou nunca ter ido por adolescentes residentes no estado de São Paulo; III) Investigar os fatores associados ao acesso aos serviços odontológicos público por idosos residentes no estado de São Paulo. O estudo de revisão sistemática identificou fatores sociais, econômicos, de organização da assistência e individuais que se relacionam de forma tensionada na determinação do acesso aos serviços de saúde bucal. Os dados da Pesquisa de Condição da Saúde Bucal da População do Estado de São Paulo (SBSP- 2015) foram utilizados para identificar os fatores associados ao acesso à saúde bucal em amostra representativa para adolescentes e idosos. Em adolescentes, o desfecho foi o tempo desde uma última visita odontológica medida categoricamente: 1- Menos de 1 ano, 2- Um a dois anos, 3 - Três anos ou mais, 4- Eu nunca visitei o dentista. Em seguida, o desfecho foi dicotomizado em dois grupos: resposta 1 mais 2 contra resposta 3 mais 4. A Regressão Multinível de Poisson (RMP) foi utilizada para estimar as prevalência da última visita odontológica há três anos ou mais em comparação com aqueles que visitaram o dentista nos últimos dois anos. As variáveis independentes foram divididas em três níveis: contextuais ao nível distal; sociodemográficas, mesial; e individuais no nível proximal. 2.286 (42,3%) foram consultaram pela última vez o serviço público. Menor renda familiar, 1.000 habitantes / Cirurgiões Dentais, Residir em munícipio com cobertura inferior a 50% da Equipe Saúde da Família (ESF), masculino, etnia não-caucasiana, tipo do serviço utilizado (público ou privado), insatisfação com a condição de saúde bucal e presença de cálculo dental foram associados à demora em consulta o dentista. Em idosos, utilizou-se análise de Regressão Logística Múltipla (RLM) hierarquizada para predizer a visita serviços odontológicos públicos. A prevalência do uso do serviço público foi de 1.981 (37,8%) e 3.253 (62,2%) utilizaram o serviço privado/plano de saúde/outro tipo de serviço. O modelo RLM identificou que idosos menos escolarizados ou que nunca estudaram, não brancos, com menor renda e motivados por dor/extração foram associados ao uso dos serviços odontológicos públicos. Através de diferentes desenhos de estudo e técnicas estatísticas foram identificadas menores prevalências de utilização dos serviços odontológicos públicos aliadas à barreiras políticas, contextuais, do serviço e individuais, moduladores do acesso aos serviços de saúde bucal em adolescentes e idosos residentes no estado de São Paulo

Abstract: National and international studies have identified inequalities in the use of oral health services in different age groups. The objectives of the study were: I) To discuss the main factors associated with access to oral health through a systematic review study; II) Identify the factors associated with the delay in visiting the dentist or never having gone to adolescents living in the state of São Paulo; III) Investigate the factors associated with access to public dental services by elderly living in the state of São Paulo. The systematic review study identified social, economic, care organization and individual factors that are related in an unbalanced way in determining access to oral health care services. The data of Oral Health Condition Survey from São Paulo Population (SBSP-2015) were used to identify factors associated with access to oral health in a representative sample for adolescents, adults and the elderly. In adolescents, the outcome was the time since a last dental visit measured categorically: 1- Less than 1 year, 2- One to two years, 3 - Three years or more, 4- I have never visited the dentist. Then, the outcome was dichotomized into two groups: response 1 plus 2 against response 3 plus 4. Multi-level Poisson Regression (MPR) was used to estimate the prevalence of the last dental visit three years or more compared to those who visited the dentist in the last two years. The independent variables were divided into three levels: contextual at the distal; sociodemographic, mesial; individual, proximal level. In the elderly, hierarchical Multiple Logistic Regression (MLR) analysis was used to predict visits to public dental care services. The prevalence of public service use was 1,981 (37.8%) and 3,253 (62.2%) used the private service / health plan / other type of service. The MLR model identified that less educated or never studied, nonwhite, less income and motivated by pain / extraction were associated with the use of public dental services. Through different studies designs and statistical techniques were identified lower prevalence of use of public dental services allied to political, contextual, oral care services, individual barriers, modulators of access to oral health care services for adolescents and elderly people living in state of São Paulo
Subject: Acesso aos serviços de saúde
Saúde bucal
Serviços de saúde
Análise multinível
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: FONSECA, Emilio Prado da. Análise do acesso ao serviço de saúde bucal no estado de São Paulo, Brasil = Analysis of oral health care service access in São Paulo state, Brazi. 2017. 1 recurso online (83 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331041>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fonseca_EmilioPradoDa_D.pdf5.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.