Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/330983
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Structural Adjustments, the Labour Market and Poverty = Ajuste estrutural, mercado de trabalho e pobreza
Title Alternative: Ajuste estrutural, mercado de trabalho e pobreza
Author: Kasonde, Kayula, 1993-
Advisor: Salas Páez, Carlos, 1951-
Abstract: Resumo: Mesmo após 50 anos de independência e quase 30 anos de reformas econômicas estruturais, a Zâmbia ainda está lutando para superar os efeitos negativos da implementação dos Programas de Ajustamento Estrutural (SAP) no mercado de trabalho. A Zâmbia realizou reformas de ajustamento estrutural ao longo dos anos e abraçou o neoliberalismo à custa de criar e promover uma economia que transfira os benefícios do crescimento para a maioria da população. Hoje, o mercado de trabalho da Zâmbia possui altos níveis de desemprego, altos níveis de pobreza entre a maioria da população trabalhadora e ausência de ações políticas adequadas visando atenuar esses efeitos negativos. Este artigo examinou os efeitos da SAP no mercado de trabalho e como isso impactou na pobreza, usando a Zâmbia como estudo de caso. Os resultados deste estudo foram numerosos e educativos para a pesquisadora. O estudo descobriu que, embora a Zâmbia tenha experimentado impressionantes taxas de crescimento do PIB, em grande parte devido ao crescimento do IDE possibilitado pela integração econômica; o desempenho do mercado de trabalho foi decepcionante e não acompanhou este crescimento elevado. Isso levou à situação atual, em que o crescimento positivo não conseguiu gerar oportunidades de emprego adequadas para muitos zambianos. Esse comportamento é comum a muitos países em desenvolvimento e não é exclusivo da Zâmbia. O estudo também descobriu que a maioria dos trabalhadores zambianos estão presos em um emprego indigno, onde dificilmente conseguem obter renda suficiente para satisfazer as suas necessidades. À luz destas descobertas, esta dissertação argumenta que muitos trabalhadores zambianos permanecerão em pobreza perpétua, a menos que possam ter acesso a oportunidades de emprego dignas. A dissertação conclui que, embora o crescimento seja essencial para a criação de emprego, só isso não é suficiente para melhorar a criação de emprego, a qualidade do emprego e, em última instância, a redução da pobreza. Para conseguir isso, a Zâmbia necessita de políticas que reforcem o crescimento intensivo em emprego e favoreçam a criação de emprego decente dentro da economia. Esta tese teve como objetivo discutir as mudanças no mercado de trabalho da Zâmbia como resultado do processo de ajustamento. Também procurou entender como essas mudanças no mercado de trabalho impactaram sobre os níveis de pobreza. Descobriu que os níveis de pobreza têm sido persistentes porque a maioria dos zambianos não está se beneficiando do crescimento do seu país, induzida por seus recursos naturais, porque estão presos em formas de emprego que fazem pouco a nada para sustentar sua dignidade humana. A partir desse problema surge a necessidade de uma discussão honesta sobre o modelo econômico atual e começar a questionar porque a promessa do neoliberalismo não se concretizou na Zâmbia

Abstract: Even after 50 years of independence and almost 30 years of pursuing structural economic reforms Zambia is still struggling to overcome the negative effects of implementing SAP on the labour market. Zambia has undertaken structural adjustment programs over the years and has embraced neoliberalism at the expense of creating and fostering an economy that transmits the spoils of growth to the majority of the population. Today the Zambian labour market suffers from high unemployment levels, high levels of poverty among the majority of the working population and an absence of proper policy action aimed at mitigating these negative effects. This paper examined the effects of SAP on the labour market and how this has impacted on poverty using Zambia as a case study. The findings of this study were very numerous and educative for the researcher. The study found that while Zambia has experienced impressive growth rates in terms of GDP largely owing to growth in FDI made possible through economic integration; on the other hand Zambia's labour market performance has been disappointing and has remained unresponsive to this growth. This has led to the current situation wherefore positive growth has failed to generate adequate employment opportunities for the many Zambians in need of employment. This behaviour has been reminiscent of many developing countries and is not exclusive to Zambia only. The study also found that the majority of working Zambians are stuck in undignified employment where they can hardly make ends meet. In light of the findings, this thesis argues that many working Zambians will remain in perpetual poverty unless they can have access to decent employment opportunities. The thesis finds that although growth is essential for job creation. It alone is not sufficient to bring about improvement in employment creation, quality of employment and ultimately poverty reduction. To achieve this Zambia requires policies that reinforce employment intensive growth and favour decent employment creation within the economy. This thesis aimed to discuss the changes in the Zambian labour market as a result of the adjustment process. It also sought to understand how these changes on the labour market have ultimately impacted on poverty levels. It finds that poverty levels have been persistent because the majority of Zambian's are failing to benefit from their countries growth, induced by its natural resources because they are stuck in forms of employment that do little to nothing to support their human dignity. From this problem arises the need to have an honest discussion on our current economic model and begin to question why the promise of neoliberalism has not come to fruition in Zambia
Subject: Mercado de trabalho - Zâmbia
Pobreza - Zâmbia
Language: Inglês
Editor: [s.n.]
Citation: KASONDE, Kayula. Structural Adjustments, the Labour Market and Poverty = Ajuste estrutural, mercado de trabalho e pobreza. 2017. 1 recurso online (102 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/330983>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Kasonde_Kayula_M.pdf2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.