Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/330845
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: "A Estrada da Sabedoria" : a produção de conhecimento no interior do movimento da mulher trabalhadora rural do Nordeste (MMTR/NE)
Title Alternative: "The Wisdow Road" : the production of knowledge within the movement of the rural working woman of the Northeast
Author: Vieira, Iasmim de Araujo, 1992-
Advisor: Castro, Bárbara, 1984-
Abstract: Resumo: Neste estudo, investigamos a produção de conhecimento no interior do Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste (MMTR/NE). Para isto analisamos a experiência de formação política denominada Escola de Educadoras Feministas (EEF). Este curso é elaborado pelas/para as trabalhadoras rurais desde 2014, tem o objetivo de difundir a formação feminista no interior do Movimento e produzir a ideia de feminismo rural. Isto ocorre porque há na trajetória do MMTR/NE aproximações, críticas e ressignificações do feminismo. Os modos com os quais a Escola foi organizada e o desenvolver dela, demonstram os esforços coletivos que o Movimento faz em entender o feminismo enquanto orientação política, ao mesmo tempo em que traduz o exercício que é feito para produzir conhecimentos. Durante as aulas, há a sistematização de um arcabouço de ideias que organiza e reflete as concepções de educação e de feminismo do Movimento. Para as interpretações, analisamos três EEF microrregionais. A primeira reuniu militantes dos estados de Sergipe, Bahia e Alagoas, a segunda os estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte e a terceira os estados do Maranhão, Piauí e Ceará. O IV módulo da EEF que objetiva discutir auto-organização das mulheres trabalhadoras rurais e produzir a ideia de feminismo rural foram gravados e transcritos para fins desta pesquisa. A auto-organização é compreendida como uma estratégia metodológica que reconhece os locais de fala das trabalhadoras rurais enquanto mecanismo indispensável para a construção de conhecimentos que promovam autorreflexão, incida sobre suas vidas e, consequentemente, sobre o Movimento. Para significar a ideia de feminismo rural na perspectiva da auto-organização, constrói-se uma estrutura pedagógica dentro da EEF em que há possibilidades de construção de uma narrativa coletiva do MMTR/NE, capaz de informar, a partir das experiências das militantes, os sentidos do feminismo rural

Abstract: In this study, we investigated the production of knowledge within the Movement of the Rural Working Woman of the Northeast (MMTR/NE). To do so, we analyze the experience of political formation called School of Feminist Educators (EEF). This course is developed both by and for female rural workers since 2014, with the aim of spreading the feminist formation within the Movement and producing the idea of rural feminism. This is possible because there are approximations, critiques and resignifications of feminism in the MMTR/NE trajectory. The ways in which the school has been organized and its development demonstrates the collective efforts the Movement makes in understanding feminism as a political orientation, while at the same time translating the exercise that is done to produce knowledge. During the classes, there is a systematization of a framework of ideas that organizes and reflects the Movement's conceptions of education and feminism. For the interpretations, we analyzed three micro-regional EEFs. The first gathered militants from the states of Sergipe, Bahia and Alagoas, the second, the states of Pernambuco, Paraíba and Rio Grande do Norte, and the third, states of Maranhão, Piauí and Ceará. The IV module of the EEF that aims to discuss self-organization of female rural workers and produce the idea of rural feminism was recorded and transcribed for purposes of this research. Self-organization is understood as a methodological strategy that recognizes the rural workers' speaking places as an indispensable mechanism for the construction of knowledge that promotes self-reflection, affects their lives and, consequently, about the Movement. In order to signify the idea of rural feminism in the perspective of self-organization, a pedagogical structure is constructed within the EEF in which there is a possibility of constructing a collective narrative of the MMTR/NE, that is capable of informing, from the experiences of the militants, the meanings rural feminism
Subject: Movimento de mulheres
Movimentos sociais
Trabalhadoras rurais
Feminismo
População rural - Brasil, Nordeste
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: VIEIRA, Iasmim de Araujo. "A Estrada da Sabedoria": a produção de conhecimento no interior do movimento da mulher trabalhadora rural do Nordeste (MMTR/NE). 2017. 1 recurso online (197 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/330845>. Acesso em: 2 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vieira_IasmimDeAraujo_M.pdf6.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.