Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/330743
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: A representação do escritor em Ilusões Perdidas
Title Alternative: The portrayal of the writer in Lost Illusions
Author: Zanetti Franchi, Melissa Raquel, 1991-
Advisor: Cano, Jefferson, 1970-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa pretende perscrutar de que maneira a representação do escritor em Ilusões Perdidas contribui para a compreensão da situação da literatura e da sociedade no início do século XIX, partindo da dicotomia, estabelecida por Balzac, entre o Cenáculo de Daniel D¿Arthez e o jornalismo. Para isso, faz-se necessário apresentar um breve panorama do estatuto do homem de letras e mobilizar o conceito de "gênio", que, em suas ligações com a melancolia e a incompreensão dos contemporâneos, funciona como sanção e legitimação do literato. Sua sacralização, preconizada no pensamento romântico, como afirma Bénichou (1973), entra em conflito com a ascensão da "literatura industrial" (SAINTE-BEUVE, 1839), folhetinesca, ligada à lógica burguesa e ao jornalismo, veementemente criticado por Balzac. Esse conflito culmina na mútua influência entre os campos literário e jornalístico (THÉRENTY, 2007), que permanecem, por muito tempo, entremeados ¿ na figura do literato (que atua em ambos) e no estilo de escrita. É escopo do trabalho problematizar também as demais oposições sobre as quais o romance se constrói, de forma a discutir possíveis aproximações e sentidos para o momento histórico representado: burguesia e boemia, classicismo e romantismo, capital e província, literatura-missão e literatura-profissão. Busca-se destacar a confluência entre esses conceitos na emergência de uma sociedade capitalista, em que todos os indivíduos encontram-se inexoravelmente interligados pelo próprio processo de produção que a move. A análise acessória de outras obras da Comédia humana que retratam o escritor possibilita uma compreensão mais aprofundada sobre o tema da atração exercida pela carreira literária nas narrativas de Balzac, autor cuja atuação em prol da regularização dos direitos autorais e da formação de uma sociedade de escritores é marcante. Recorre-se também a periódicos e outros impressos coetâneos a fim de investigar a condição de publicação e a recepção da obra balzaquiana

Abstract: This research intends to examine in which ways the portrayal of the writer in Lost Illusions contributes to the understanding of the situation of the literature and of the society at the beginning of the 19th century, starting from the dichotomy, stablished by Balzac, between Daniel D¿Arthez¿s Cénacle and journalism. In order to accomplish that, it is necessary to present an overview of the men of letters¿ status and mobilize the concept of "genius", which, associated to melancholy and misunderstanding of the contemporaries, woks as sanction and legitimation for the writer. This sacre aura, recommended by the romantic imaginary, as affirmed by Bénichou (1973), conflicts with the rise of the "industrial literature" (SAINTE-BEUVE, 1839), the feuilletons, linked to the bourgeois logic and to journalism, firmly criticized by Balzac. That conflict culminates in a mutual influence between the literary and the journalistic fields (THÉRENTY, 2007), which remain, for a long while, intertwined ¿ in the character of the writer (who works for both) and in the writing style. It is also scope of this paper to question the other oppositions on which the novel is based, so to discuss approximations and meanings for the historical moment represented: bourgeoisie and bohemia, classicism and romanticism, capital and province, literature as a mission and as an occupation. It is expected to emphasize the confluency of those concepts in the emergency of a capitalist society, in which all individuals find themselves inexorably related by the production process that moves it. The accessory analysis of other stories from the Human comedy that portray the writer allows a more comprehensive apprehension on the theme of the literary career attraction in Balzac¿s narratives, author whose activism in the settlement of copyright and in the gathering of a writers¿ society is remarkable. Newspapers and other contemporary articles are also consulted in order to explore the publishing conditions and the reception of the balzacien masterpiece
Subject: Balzac, Honoré de, 1799-1850
Escritores
Jornalismo
Classe média
Boemia
Representações sociais
Literatura e sociedade - Séc. XIX
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ZANETTI FRANCHI, Melissa Raquel. A representação do escritor em Ilusões Perdidas. 2017. 1 recurso online (138 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/330743>. Acesso em: 2 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Franchi_MelissaRaquelZanetti_M.pdf1.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.