Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/330395
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Eficácia de estratégias de alimentação saudável : uso de cartilha e mensagens de texto após intervenção padrão entre profissionais da saúde - estudo clínico randomizado
Title Alternative: Healthy food strategies efficiency : booklet and text message after standart intervention among health professionals - randomized clinical study
Author: Rumiato, Anne Cristine, 1972-
Advisor: Monteiro, Maria Inês, 1957-
Abstract: Resumo: Título: Eficácia de estratégias de alimentação saudável: uso de cartilha e mensagem de texto após intervenção padrão entre profissionais de saúde ¿ estudo clínico randomizado Introdução: A obesidade tornou-se um problema mundial, pois afeta diferentes classes sociais e faixas etárias. A alimentação tem sido relacionada como fator causal importante para essas doenças e a Organização Mundial da Saúde orienta os países para que estes criem estratégias que envolvam nutrição e atividade física, com o objetivo de deter o avanço da obesidade, sobrepeso e doenças crônicas no futuro. No Brasil, o Ministério da Saúde vem desenvolvendo estratégias, juntamente com a Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição, como o Guia Alimentar da População Brasileira, direcionadas aos profissionais e à população sobre a importância da alimentação saudável. Atividades de intervenção vêm sendo testadas para identificar sua eficácia em promover mudança de estilo de vida, manutenção de perda de peso, aumento de atividade física e melhora dos padrões alimentares, com impacto em outras esferas da vida. Portanto, o objetivo deste estudo foi verificar a eficácia do uso de mensagens de texto via celular (SMS) em profissionais da saúde comparados à intervenção padrão. Método: estudo clínico randomizado ¿ ECR - (1:1), triplo cego, com trabalhadores de um hospital universitário público da região de Campinas-SP, recrutados por meio de convite via e-mail, amigos ou supervisores para uma palestra sobre alimentação saudável, e posterior seleção dos participantes. Os trabalhadores foram divididos em dois grupos (n=40): intervenção (que recebeu SMS, orientação individual e cartilha de alimentação saudável) e controle (que recebeu orientação individual e cartilha de alimentação saudável) durante 90 dias. Os sujeitos foram pesados, medidos e sua alimentação foi avaliada. No decorrer do estudo, cartazes sobre os temas abordados na palestra de intervenção foram afixados em todo o hospital. Resultados: houve mudança de medidas corporais, provavelmente, associadas à alteração na quantidade de alimento ingerido (calorias/kg). Foram observadas alterações no peso entre o início e o final (p>0,05) e Circunferência de Cintura CC (P>0,05) para os grupos intervenção e controle, entre o início e o final do estudo; Porcentagem de Gordura Corporal (%GC) em ambos os grupos, entre outras medidas corporais. Houve significância estatística quando se correlacionou por meio do modelo de regressões logísticas múltiplas (GEE), as variáveis: capacidade atual para o trabalho, vínculo de trabalho, saúde comparada, atividade física, comer compulsivo, consumo de refrigerante e Circunferência de Cintura (CA) com o Índice de Massa Corporal (IMC). Quanto às mudanças alimentares, houve poucas mudanças e não estatisticamente significantes. Conclusão: O uso das mensagens de texto e cartazes sobre alimentação saudável, além do aconselhamento nutricional individualizado aos participantes do estudo, pode ser uma fonte de empoderamento do trabalhador na escolha dos seus alimentos diários e mais uma ferramenta contra a obesidade e sobrepeso. Embora as mudanças alimentares não sejam as ideais, foi possível observar mudanças relativas às medidas corporais como a circunferência de cintura e a somatória de gordura corporal. A aceitação do grupo às mensagens de texto evidencia um caminho novo que poderá ser utilizado como parte de um processo de aprendizagem e motivação de trabalhadores para a mudança de práticas não só alimentares, mas também como promoção de atividade física e hábitos saudáveis de vida. A proposição de novos estudos, com maior número de participantes e extensão do período de tempo, para se avaliar o impacto das mudanças a longo prazo, trará novos elementos para promover hábitos saudáveis. Linha de pesquisa: Trabalho, Saúde e Educação. Palavras-chave: Saúde do trabalhador. Consumo alimentar. Sobrepeso. Obesidade. SMS. ECR

Abstract: Title: Healthy food strategies efficiency: booklet and text message after standard intervention among health professionals - randomized clinical study Introduction: Obesity has become a worldwide problem, because it affects different social classes and age groups. The diet has been listed as an important causal factor for these diseases, and the World Health Organization has called for countries to create strategies that involve nutrition and physical activity, to stop the advance of obesity, overweight and chronic diseases in the future. In Brazil, the Ministry of Health has developed strategies along with the Food and Nutrition General Coordination, as the Food Guide of the Brazilian population, targeted at professionals and the public, about the importance of healthy eating. Intervention activities have been tested to identify their effectiveness in promoting change in lifestyle, weight loss maintenance, increased physical activity and improved dietary patterns, with an impact on other life areas. The aim of this study was to verify the effectiveness of the mobile phone via text message usage (SMS) in health professionals compared to standard intervention. During the study, posters on the topic covered in the lecture intervention was available throughout the hospital. Method: randomized clinical trial - RCT - (1: 1), triple blind, employees of a public university hospital in Campinas-SP region, recruited by invitation via email, friends or supervisors, for a lecture about healthy eating and subsequent selection of participants. The workers were divided into two groups (n = 40): intervention (who received SMS, individual guidance and healthy eating booklet) and control (who received individual guidance and healthy eating booklet) for 90 days. The subjects were weighed, measured and their diet was evaluated. Results: There was a change in body measurements, probably associated with the change in the amount of food intake (calories / kg). Changes in weight were observed between the beginning and the end (p> 0.05) and Circumference DC Waist (P> 0.05) in the intervention and control groups, between the beginning and end of the study; Percentage of body fat (% BF) in both groups, among other body measurements. There was statistical significance when we correlated, through the multiple logistic regression model (GEE), the variables: current capacity to work, work contract, health compared, physical activity, compulsive eating, soda consumption and Waist Circumference (AC) with Body Mass Index (BMI). As for dietary changes, there were a few changes, albeit not statistically significant. Conclusion: The use of text messages and posters about healthy eating, in addition to individualized nutritional counseling to participants, can be a means to promote worker empowerment in choosing their daily diet and one more tool against obesity and overweight. Although dietary changes are not ideal, we observed changes related to body measurements, such as waist circumference and the sum of body fat. Acceptance of group text messages shows a new path that can be used as part of a learning process and motivation of workers to change their practices, not only diet, but also as promotion of physical activity and healthy lifestyles. The proposal of new studies with a larger number of participants and longer period of time to assess the impact of long-term changes will bring new elements to promote healthy habits. Line of research: Work, Health and Education. Keywords: Occupational health. Food intake. Overweight. Obesity. SMS. RCT
Subject: Saúde do trabalhador
Alimentos - Consumo
Sobrepeso
Obesidade
Mensagem de Texto
Editor: [s.n.]
Citation: RUMIATO, Anne Cristine. Eficácia de estratégias de alimentação saudável: uso de cartilha e mensagens de texto após intervenção padrão entre profissionais da saúde - estudo clínico randomizado. 2016. 1 recurso online (132 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/330395>. Acesso em: 31 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rumiato_AnneCristine_D.pdf4.25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.