Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/330294
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: The musical piece as an instance = essays in computer-assisted musical analysis = A peça musical como uma instância: ensaios acerca da análise musical assistida por computador
Title Alternative: A peça musical como uma instância : ensaios acerca da análise musical assistida por computador
Author: Santana, Charles de Paiva, 1986-
Advisor: Manzolli, Jônatas, 1961-
Andreatta, Moreno
Abstract: Resumo: A partir de uma interpretação musicológica do conceito científico de "modelagem e simulação", esta tese apresenta uma abordagem para a análise musical assistida por computador onde partituras são reconstruídas a partir de processos algorítmicos e então simuladas através do uso de diferentes valores paramétricos resultando na geração de variações chamadas "instâncias". Investigar uma obra musical empregando "modelagem e simulações" significa buscar a sua compreensão através da uma atividade "recomposição", aproximando assim perspectivas analíticas e criativas. Esta abordagem foi aplicada em três casos de estudo: uma técnica isolada, a "multiplicação de acordes" usada pelo compositor francês Pierre Boulez (1925-2016) que foi explorada através do prisma formado pelas teorias de H. Hanson, S. Heinemann e L. Koblyakov e sua respectiva implementação computacional; a peça "Spectral Canon for Conlon Nancarrow" (1974) escrita pelo compositor americano James Tenney (1934-2006) na qual a simulação computacional a partir de diferentes valores paramétricos é levada às últimas consequências quando um "espaço de instâncias" é criado e estratégias de visualização são esboçadas; e por último a peça Désordre (1985), o primeiro estudo para piano escrito pelo austro-húngaro György Ligeti (1923-2006) onde os conceitos de "tonalidade combinatória" e "decomposição de um número inteiro (duração) em dois primos" são usados para maximizar o potencial de gerar diferentes variações através do respectivo modelo computacional

Abstract: From a musicological interpretation of the scientific notion of "modeling and simulation", this thesis presents an approach for computer-aided analysis where musical scores are reconstructed from algorithmic processes and then simulated with different sets of parameters from which neighboring variants, called instances, are generated. Studying a musical piece by modelling and simulation means to understand the work by (re)composing it again, blurring boundaries between analytical and creative work. This approach is applied to three case studies: an isolated technique, Pierre Boulez¿ (1925¿2016) Chord Multiplication, which was explored through the prism formed by the theories of H. Hanson, S. Heinemann and L. Koblyakov and by its computational implementation; the piece Spectral Canon for Conlon Nancarrow (1974) by the American composer James Tenney (1934¿2006) to which the computa- tional simulation from different sets of parameters was taken to its ultimate consequences when a "space of instances" is created and strategies of visu- alization and exploration are devised; and finally D ?esordre (1985), the first piano ?etude written by Austro-Hungarian Gyo ?rgy Ligeti (1923¿2006) in which the concepts of "combinatorial tonality" and "decomposition of a number (duration) into two prime numbers" were used to maximize the potential that a model has to produce different variations of the original piece
Subject: Ligeti, Gyorgy, 1923-2006
Tenney, James, 1934-2006
Boulez, Pierre, 1925-2016
Musica por computador - História e crítica
Teoria musical - História - Séc. XX
Language: Inglês
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santana_CharlesDePaiva_D.pdf22.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.