Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/330254
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Qualidade do sono e cluster de sintomas em pacientes com câncer em tratamento quimioterápico
Title Alternative: Sleep quality and cluster of symptoms in cancer patients undergoing chemotherapy
Author: Nunes, Natália Abou Hala, 1984-
Advisor: Ceolim, Maria Filomena, 1962-
Abstract: Resumo: Existem poucos estudos longitudinais que avaliam a evolução dos clusters de sintomas de pacientes com câncer. É conhecido sobre a má qualidade do sono entre as pessoas com câncer, e sabe-se que a partir do seu diagnóstico até o fim do seu tratamento, os sintomas como ansiedade, depressão, insônia, fadiga e dor podem estar presentes. Assim, este estudo teve como objetivo analisar a formação dos clusters de sintomas em pacientes oncológicos e sua relação com a variabilidade dos distúrbios, da efetividade e suplementação do sono entre quatro sessões de quimioterapia antineoplásica ambulatorial. Um estudo longitudinal foi conduzido para avaliar os sintomas e a qualidade do sono em pacientes com câncer em quatro pontos de tempo iniciando com a primeira sessão de quimioterapia. Para a coleta de dados, foram utilizados o MD Anderson Symptom Inventory, o Índice de qualidade do Sono de Pittsburgh e a Escala Visual Análoga ¿ Sono (EVA-Sono), a qual é dividida em subescalas denominadas de Distúrbio, Suplementação e Efetividade. Foram recrutados 120 pacientes de um Ambulatório Público de Quimioterapia. A amostra foi composta em sua maioria por mulheres, com média de idade de 58,5 anos e todas tinham alguma religião. Os cânceres de mama, cólon e reto, e cabeça e pescoço foram os mais frequentes, e o estadiamento III foi o mais encontrado, em ciclos de quimioterapia de 21 dias. Três clusters de sintomas foram identificados ao longo do tempo: 1) sintomas orgânicos e funcionais (dor, cansaço, falta de ar, dificuldade de lembrar das coisas, boca seca e dormência); 2) emocionais e sono (problemas do sono, preocupação e tristeza) e 3) gastrointestinais (náusea e vômito). Os sintomas de `preocupação e tristeza¿ foram mais intensos do início ao final das sessões de QT, seguidos pelos sintomas de `náusea e vômito¿ que tiveram sua intensidade aumentada na quarta sessão de QT. Os outros sintomas diminuíram de intensidade ao longo do tempo. A intensidade dos sintomas mostrou correlação positiva com a variabilidade das escalas de Distúrbios, Efetividade e Suplementação do sono entre as quatro sessões de QT. Pesquisas envolvendo pacientes com câncer são necessárias para a definição e especificidade da formação de clusters e compreensão da má qualidade do sono entre esses indivíduos, permitindo que intervenções sejam projetadas para melhorar a qualidade de vida de pacientes com câncer

Abstract: There are few longitudinal studies that evaluate the evolution of clusters of symptoms in cancer patients. It is knowned about poor sleep quality among people with cancer, and that from their diagnosis until the end of their treatment, symptoms such as anxiety, depression, insomnia, fatigue and pain may be present. Thus, this study aimed To analyze the formation of clusters of symptoms in oncology patients and its association with the variability of the disorders, effectiveness and sleep supplementation between four sessions of outpatient chemotherapy. A longitudinal study was conducted to evaluate the symptoms and quality of sleep in cancer patients at four time points starting with the first chemotherapy session. For data collection, it was used the MD Anderson Symptom Inventory, the Pittsburgh Sleep Quality Index and the Verran and Snyder-Halpern Sleep Scale, which is divided into subscales called Disorders, Supplementation and Effectiveness. it were recruited 120 patients from a Public Chemotherapy Outpatient Clinic. The sample consisted mostly of women, with average age of 58.5 years and all had some religion. Breast, colon and rectum, and head and neck cancers, the cancer with stage III and 21-day chemotherapy cycles, were the most commonly. Three clusters of symptoms were identified over time: 1) organic and functional symptoms (pain, tiredness, shortness of breath, difficulty remembering things, dry mouth and numbness); 2) emotional and sleep (problems of sleep, worry and sadness) and 3) gastrointestinal (nausea and vomiting). The symptoms of 'worry and sadness' were more intense from the beginning to the end of the QT sessions, followed by the symptoms of 'nausea and vomiting' which increased in intensity in the fourth QT session. The other symptoms decreased in intensity over time. The intensity of the symptoms showed a positive correlation with the variability of the Sleep Disorders, Effectiveness and Supplementation scales among the four QT sessions. Researchs involving cancer patients are necessary for the definition and specificity of cluster formation, althoug understanding the poor quality of sleep between these individuals, allowing interventions to be designed to improve the quality of life of cancer patients
Subject: Enfermagem
Sono
Neoplasias
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nunes_NataliaAbouHala_D.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.