Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/330235
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Desenvolvimento de materiais microestruturados a partir de biopolímeros para obtenção de curativos de alto desempenho
Title Alternative: Development of microestructured materials using biopolymers for high performance dressings
Author: Genevro, Giovana Maria, 1988-
Advisor: Beppu, Marisa Masumi, 1972-
Abstract: Resumo: A recuperação de feridas crônicas, que apresentam complicações e demandam tempo elevado para a cicatrização é ainda um desafio para a medicina, pois geralmente são processos custosos e que em alguns casos resultam na amputação do membro lesionado. O desenvolvimento de curativos que combinem todas as necessidades, tais como manutenção do leito da ferida úmido e ao mesmo tempo a remoção do excesso de exsudato, além de proteger a ferida de infecções secundárias, é um tema atual. Neste estudo foram preparadas membranas assimétricas para uso como curativos. Membranas assimétricas apresentam características atrativas para a cicatrização de feridas, onde a camada porosa atua na drenagem do excesso de exsudato da ferida e a camada densa (película superior) controla a passagem de micro-organismos e evita a perda excessiva de água para o meio, mantendo assim a umidade necessária para a recuperação do tecido lesionado. Em um primeiro momento, foram preparadas membranas assimétricas por inversão de fases. Nesse processo, foram investigados os polímeros naturais quitosana (CHI) e glucomanana de konjac (KGM). Os polímeros foram combinados em camadas, sendo que a membrana KGM/CHI apresentou uma estrutura assimétrica bem definida, bastante interessante para a aplicação em questão. Porém, essa membrana apresentou baixa resistência mecânica, rompendo-se ao ser manuseada, o que dificulta o seu uso como curativos. Na sequência, desenvolveu-se um procedimento para a obtenção de membranas assimétricas de KGM e fibroína de seda (SF). Secagem parcial e congelamento foram utilizados para o preparo dos curativos. Membranas contendo SF apresentaram propriedades biológicas similares às membranas de KGM puras, e por apresentarem manipulação mais complexa, deu-se preferência pelas membranas puras de KGM. Estas se apresentaram maleáveis, resistentes ao manuseio, com excelente porcentagem de alongamento, taxa de transmissão de vapor de água e drenagem de fluidos adequada e dentro da faixa de curativos comerciais. Além disso, não apresentaram citotoxicidade e foram capazes de impedir a invasão microbiana. Foi possível então obter um material com propriedades adequadas para uso como curativos

Abstract: The recovery of chronic wounds, which present complications and require long periods for healing is still a challenge for medicine, since they are usually costly processes and in some cases, result in amputation of the injured limb. The development of dressings that combine all the needs, such as maintenance of the wet wound bed and at the same time remove excess exudate, besides protecting the wound from secondary infections is a current theme. In this study, asymmetric membranes were prepared for use as dressings. Asymmetric membranes present interesting characteristics for wound healing. The porous layer acts on the drainage of excess wound exudate and the dense layer (upper film) controls the passage of microrganisms and prevents the excessive loss of water to the medium, thus maintaining the moisture required for recovery of the injured tissue. At first, asymmetric membranes were prepared by phase inversion. In this process, the natural polymers chitosan (CHI) and konjac glucomannan (KGM) were investigated. The polymers were combined in layers, and the KGM/CHI membrane presented a well-defined asymmetric structure, which was very interesting for the desired application. However, this membrane presented low mechanical resistance, breaking at handling, which limit its use as dressings. Subsequently, a procedure was developed to obtain asymmetric membranes of KGM and silk fibroin (SF). Partial drying and freezing were used to prepare the dressings. Membranes containing SF had biological properties similar to the pure KGM membranes, and because they presented more complex manipulation, preference was given to pure KGM membranes. These were malleable, resistant to handling, with excellent percentage of elongation, adequate water vapour transmission rate and fluid handling capacity and within the range of commercial dressings. In addition, they were not cytotoxic and could prevent microbial invasion. Then, it was possible to obtain a material with properties suitable for use as wound dressings
Subject: Membranas
Biopolímeros
Biomateriais
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FEQ - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Genevro_GiovanaMaria_D.pdf2.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.