Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/32990
Type: Artigo de periódico
Title: Análise de programas de preservação da audição em quatro indústrias metalúrgicas de Piracicaba, São Paulo, Brasil
Title Alternative: Program for hearing loss prevention in four metallurgical factories in Piracicaba, São Paulo, Brazil
Author: Gonçalves, Cláudia Giglio de Oliveira
Iguti, Aparecida Mari
Abstract: This study analyzes noise control programs in four metallurgical factories in Piracicaba, São Paulo, Brazil. From 1997 to 2001, 741 workers were examined and the programs were analyzed based on workers' profiles (2,270 audiometric exams) and documents on hearing preservation programs. 41% of workers presented hearing loss (mean age 42.3; mean years of work 16.7). 104 workers with more than one audiometric exam presented changes in hearing threshold. 36.5% (38 workers) developed noise-induced hearing loss (NIHL) and 63.5% (66 workers) with existing NIHL showed worsening of their hearing threshold. In these factories, 69.5% of workers were exposed to > 84dB(A). We concluded that the hearing preservation programs are not adequately organized and that workers are still exposed to high noise levels at work, posing a risk for NIHL. In addition, the current legislation on hearing loss prevention is not enforced.
Neste estudo analisou-se os programas de controle do ruído em quatro metalúrgicas de Piracicaba, São Paulo, Brasil. Estudou-se 741 trabalhadores de 1997 a 2001 e analisou-se os programas, usando-se o perfil dos trabalhadores (análise de 2.270 audiometrias realizados pelas empresas) e documentos do programa de preservação da audição (PCMSO e PPRA). Desses trabalhadores, 41% apresentaram alterações auditivas (idade média de 42,3 anos; tempo médio de serviço de 16,7 anos). Em trabalhadores com mais de uma audiometria, 104 apresentaram deslocamento do limiar auditivo. Destes, 38 (36,5%) desenvolveram PAIR e 66 (63,5%) portadores de PAIR tiveram seus limiares auditivos agravados. Nas empresas estudadas, 69,5% dos trabalhadores encontravam-se expostos a ruído superior a 84dB(A). Conclui-se que os Programas de Preservação da Audição não estão sendo adequadamente conduzidos, a exposição ao ruído continua excessiva, com a manutenção do risco de desenvolvimento da PAIR, e as legislações existentes não são cumpridas em relação à preservação da audição.
Subject: Exposição Ocupacional
Perda Auditiva Provocada por Ruído
Saúde Ocupacional
Programa de Saúde Ocupacional
Occupational Exposure
Noise-Induced Hearing Loss
Occupational Health
Occupational Health Program
Editor: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0102-311X2006000300016
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2006000300016
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2006000300016
Date Issue: 1-Mar-2006
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0102-311X2006000300016.pdf79.08 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.