Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/325755
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Filogenia do gênero Ladenbergia Klotzsch (Rubiaceae: Cinchoneae) e taxonomia atualizada das espécies que ocorrem nos Andes tropicais = Phylogeny of the genus Ladenbergia Klotzsch (Rubiaceae: Cinchoneae) and updated taxonomy of the species ocurring in the tropical Andes
Title Alternative: Phylogeny of the genus Ladenbergia Klotzsch (Rubiaceae: Cinchoneae) and updated taxonomy of the species ocurring in the tropical Andes
Author: Chilquillo Torres, Eder Augusto, 1985-
Advisor: Simões, André Olmos, 1975-
Abstract: Resumo: Ladenbergia Klotzsch é um gênero que apresenta uma distribuição predominante nos Andes tropicais. Na atualidade se reconhecem 34 espécies ao longo de toda sua distribuição. Pertence à tribo Cinchoneae e se encontra relacionado ao gênero Remijia, em virtude de suas semelhanças morfológicas. Estudos moleculares prévios sustentam sua monofília, não obstante, é necessária uma amostragem maior para corroborar essas hipóteses. O presente trabalho tem como objetivo principal inferir as relações filogenéticas das espécies do gênero Ladenbergia, assim como esclarecer problemas taxonômicos pontuais a respeito de algumas espécies distribuídas nos Andes tropicais. Foram utilizados 03 marcadores moleculares (ITS, trnL, rps16). O alinhamento das sequências de DNA foi feito com o programa Geneious v.8.1.3. As análises filogenéticas foram realizadas pelo uso de abordagens de parcimônia e inferência bayesiana com os programas PAUP v. 4.0 e Mr. Bayes v. 3.2.4, tendo como grupos externos os gêneros da tribo Cinchoneae. Foram amostradas em total 18 especies do gênero: 12 procedentes dos Andes de Colômbia, Equador, Peru e Bolívia, 03 espécies registradas na Amazônia do Brasil, Peru e Bolívia e 03 espécies registradas na América Central. As análises corroboram a monofilia de Ladenbergia e a sua relação com Remijia, indicando que as espécies andinas não constituem um grupo monofilético e que possivelmente as mesmas se agrupam em vários clados. Além disso, se propõe as siguientes hipóteses sobre as relações de algumas especeis dentro do gênero, como: L. hexandra e L. cujabensis, espécies que ocorrem no cerrado e sudeste do Brasil; L. amazonensis e L. graciliflora, espécies restritas a habitats amazônicos; L. carua e L. bullata, espécies que habitam os Andes tropicales do sul; L. riveroana e L. stenocarpa, espécies que ocorrem em habitats com solos de arenisco nos Andes Centrales do Sul e L. oblongifolia espécie ampliamente distribuída nos Andes a qual se relaciona com L. heterophylla, L. pavonii e L. dwyeri as quais se distribuiem em os Andes do Norte e America Central. Com isto se descarta a formação do clado "Lambertiana" proposto por Andersson. A abordagem taxonômica aqui apresentada mostra um tratamento taxonômico detalhado que considera 18 espécies que ocorrem nos Andes Tropicais, inclui descrições, chave taxonômica e aspectos ecológicos das espécies do gênero Ladenbergia. Foram esclarecidas alguns problemas taxonômicos correntes nestas espécies mas também se apontam outros problemas de delimitação, como é o caso de L. heterophylla e especies afines (L. obovata, L. epiphytica e L. dwyeri) e L. crassifolia e seus morfotipos presentes a longo de sua distribuição. À luz dos nossos resultados, um maior amostragem de táxons é necessário, o qual permita a obtenção de uma filogenia mais completa para o gênero. Além disso, novas regiões precisam ser exploradas que permita proporcionar uma melhor resolução das relações no nível de espécie. Por outra parte seria interessante dar início a estudos anatômicos, citológicos e ecológicos que forneçam informações ao respeito do desenvolvimento, biologia reprodutiva e habitat onde ocorrem as espécies de Ladenbergia, o que ajudaria a ter uma visão completa sobre o grupo e permita melhorar o entendimento das espécies

Abstract: Ladenbergia Klotzsch is a genus that occurs mainly at the tropical Andes. Currently 34 species are recognized to the genus. The genus belongs to the tribe Cinchoneae and is closely related to Remijia due to morphological similarities. Previous molecular studies confirm the monophyletic status of the genus; even though a better sampling is necessary. The present work has as main goal to infer the phylogenetic relationships of Ladenbergia¿s species, and to clarify taxonomic problems of species from the tropical Andes. We used three molecular markers (ITS, trnL, rps16). We peformed the alignment of DNA sequences with the software Geneious v.8.1.3. The phylogenetic analysis were done through the parsimony and Bayesian inference approach using the software PAUP v. 4.0 and Mr. Bayes v. 3.2.4, respectively, and with the other genus of Cinchoneae as outgroup. We sampled 18 species of Ladenbergia: 12 from the Andes of Colombia, Ecuador, Peru e Bolivia; 03 from Amazon of Brazil, Peru e Bolivia; and 03 from the Central America. The analysis shows Ladenbergia as a monophyletic group and its close relationship with Remijia, stating that Andean species are not a monophyletic group and possibly cluster in many clades. Additionally, it was possible to hypothesize the relationship of species of the genus: L. hexandra and L. cujabensis, species from the Cerrado biome and southeast Brazil; L. amazonensis and L. graciliflora, species restricted to amazon habitats; L. carua and L. bullata, species from the south tropical Andes; L. riveroana and L. stenocarpa, species from habitats of arenisca soils of Central and South Andes; and L. oblongifolia species broadly distributed at the Andes and related to L. heterophylla, L. pavonii and L. dwyeri, species that occurs at the northern Andes and Central America. These results disagree with the clade "Lambertiana" proposed by Andersson (1997). We provide a detailed taxonomic treatment of 18 species of Ladenbergia Klotzsch from the tropical Andes, with descriptions, identification keys and ecological comments. We clarified some taxonomical problems but also highlight other circumscription problems, as the L. heterophylla and allied species (L. obovata, L. epiphytica and L. dwyeri) and L. crassifolia and its geographical morphotypes. According to our results, there is still need a better sampling effort to generate a complete phylogeny to the genus. Other DNA regions must be tested to improve the resolution of relationships at species level. Anatomical, cytological and ecological studies could add information about the development, reproductive biology and habitats of occurrence of Ladenbergia¿s species, helping to form a full view of the group and better acknowledge of species
Subject: Botânica - América Latina - Classificação
Filogenia
Áreas de endemismo
Taxonomia vegetal
Rubiacea
Language: Inglês
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Torres_EderAugustoChilquillo_M.pdf8.72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.