Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/325595
Type: TESE DIGITAL
Title: Visão sistêmica da preparação física de futebolistas de base e profissionais
Title Alternative: Systemic approach of the physical training of young and professional soccer players
Author: Oliveira, Renato Buscariolli de
Advisor: Macedo, Denise Vaz de, 1959-
Abstract: Resumo: Introdução: O futebol é um jogo coletivo de caráter intermitente que se caracteriza por uma intensa participação psíquica, pela aciclicidade físico-técnica, demandando bom condicionamento de capacidades biomotoras como força, potência e resistência, mas também de competência tática e técnica. A periodização do treinamento tem como objetivo facilitar a organização e adequação das cargas de esforço visando tanto o aumento do desempenho quanto sua manutenção ao longo da competição. A abordagem sistêmica considera que toda sessão de treino de campo deve apresentar conexão com a maneira da equipe jogar, e de certa forma deveria permear tanto a formação do futebolista na base, como estar presente em equipes profissionais. Objetivos: Os objetivos da presente tese de doutorado foram analisar as inter-relações entre capacidades físicas, estágio maturacional, idade relativa, titularidade e o desempenho de jogadores de uma equipe Sub-13, e capacidades físicas, desempenho e titularidade de jogadores de uma equipe profissional. Ambos os grupos foram submetidos a periodizações baseadas em atividades em contexto de jogo e treinos físicos. O projeto de doutorado produziu quatro estudos transversais. Metodologia: No primeiro estudo comparamos um grupo de futebolistas Sub-13 (n=41) com um grupo ativo de mesma faixa etária e estágio maturacional (n=73) para identificar efeitos decorrentes do processo de treinamento em diferentes capacidades físicas e na inteligência tática. O Estudo 2 foi realizado com futebolistas Sub-13 (n=26) e atletas de uma equipe profissional (n=29). Teve como objetivo avaliar a influência das capacidades físicas na titularidade dos jogadores. No Estudo 3 monitoramos uma periodização com enfoque em atividades em contexto de jogo de uma equipe de futebol profissional ao longo do campeonato através de avaliações físicas e variáveis antropométricas. No Estudo 4 monitoramos e individualizamos os efeitos de 16 rodadas do campeonato paulista da primeira divisão em uma equipe de futebol profissional, através da utilização da enzima CK sérica e comparamos esses resultados com a análise da incidência de lesões. Resultados: Os resultados mostraram que o treinamento foi determinante para o aumento nas capacidades físicas de potência, resistência e na inteligência tática encontradas nos jovens da categoria Sub-13 (estudo 1). Já no estudo 2 mostramos que a vantagem física foi determinante para a definição da titularidade apenas na categoria de base, não sendo um diferencial na equipe profissional. No estudo 3 mostramos que a periodização adotada na equipe profissional foi eficaz para o desempenho da equipe. O índice de lesões foi baixo, acompanhado de um tempo reduzido de afastamento dos atletas. No estudo 4 o monitoramento da atividade da CK sérica mostrou-se uma ferramenta complementar para o controle da carga de jogos, sendo importante para a individualização do treinamento. Conclusões: As avaliações físicas, antropométricas, maturacionais e bioquímicas são importantes para complementar a análise sistêmica da preparação física no futebol, tanto na formação de atletas como no ambiente profissional. Cabe ressaltar que a comunicação e a gestão de pessoas são igualmente fundamentais na atuação do preparador físico, uma vez que facilitam a transferência e aplicação dos resultados das análises em conhecimento e atitudes práticas no dia a dia

Abstract: Introduction: Soccer is an intermittent collective game that is characterized by intense psychic participation, physical and technical acciclicity and requires good conditioning of biomotor skills such as strength, power and endurance but also of tactical and technical competence. The periodization of the training aims to facilitate the organization and adequacy of effort loads aiming both increasing and maintaining performance throughout the competition. The systemic approach considers that every field training session should be connected to the way the team plays and should permeate the formation of the footballer at the base, but also be present in professional teams. Aims: The purpose of this PhD thesis was to analyze the interrelationships between physical abilities, maturational stage, relative age effect, ownership and performance of players of a U-13 team, and, physical abilities, performance and ownership of players of a professional team. Both were submitted to periodizations based on activities in game context and physical training. The doctoral project produced four cross-sectional studies. Methods: In the first study we compared a group of U-13 soccer players (n=41) with an active group of the same age and maturational stage (n=73) to identify effects from the training process in different physical abilities and tactical intelligence. The second study was carried out with U-13 footballers (n=26) and athletes of a professional team (n=29) and had as objective to evaluate the influence of the physical capacities on the players' ownership. In the third study we monitored a periodization focusing on game activities of a professional soccer team through longitudinal physical evaluations and anthropometric variables. In the fourth study, we monitored and individualized the effects of 16 rounds of the first division São Paulo championship on a professional soccer team through the use of serum CK enzyme and compared these results with the analysis of the incidence of injuries. Results: The results showed that training is determinant for the increase in physical power, endurance and tactical intelligence found in the youth of the U-13 (study 1). In study 2 we showed that the physical advantage was determinant for the definition of ownership only in the base category, not being a differential in the professional team. In study 3 we showed that the periodization adopted in the professional team was effective for team performance. The injury index was low, accompanied by a reduced time of removal of the athletes. In study 4, the monitoring of serum CK activity was shown to be a complementary tool to control the game load, being important for the individualization of the training. Conclusions: The physical, anthropometric, maturational and biochemical evaluations have proved to be fundamental tools to make a systemic approach to physical preparation in soccer, both in young and in the professional players. It should be noted that communication and people management are equally fundamental in the performance of the physical coach, since they facilitate the transfer and application of the analyzed results in knowledge and practical attitudes
Subject: Periodização
Força (Esporte)
Resistência
Maturação (Psicologia)
Desempenho
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_RenatoBuscariolliDe_D.pdf2.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.