Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/325514
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Um estudo sobre o caráter translinguístico das fórmulas discursivas
Title Alternative: A study of the translinguistic aspect of discursive formulas
Author: Belo, Jéferson Ferreira, 1990-
Advisor: Possenti, Sírio, 1947-
Abstract: Resumo: Esta dissertação se situa no campo teórico-metodológico da Análise do Discurso e possui dois objetivos principais. O primeiro objetivo é investigar, por meio dos sintagmas "political correctness" e "politicamente correto", a existência de um caráter translinguístico das fórmulas discursivas. O segundo objetivo é testar a hipótese de que tanto a memória discursiva quanto as condições de produção contribuem para que um sentido venha a se instalar em uma sequência linguística em outra língua em condições de produções análogas às de sua gênese/circulação, produzindo uma fórmula "correspondente". O corpus de mais de dois mil textos foi reunido utilizando o procedimento metodológico denominado percurso, que levou em conta a ocorrência dos sintagmas supracitados em diferentes gêneros de discurso de variados campos discursivos em língua inglesa e portuguesa, de 1793 a 2016, nos Estados Unidos e no Brasil. Na análise do corpus, depreenderam-se quatro sentidos que os sintagmas estudados produzem nas duas línguas. Observou-se que um sentido se tornou dominante e se cristalizou nas formas significantes dos sintagmas, sendo finalmente dicionarizado. Constatou-se que ambos os sintagmas fazem remissão principalmente aos "mesmos" designantes: "os negros", "as mulheres" e "os homossexuais" e verificou-se que, de modo geral, enquanto os discursos conservadores usam os dois sintagmas para fazer referência negativamente a grupos sociais "minoritários", os discursos progressistas rejeitam "politicamente correto"/"political correctness" investido do sentido dominante ou atribuem outro sentido a eles. Sendo assim, concluiu-se que os sintagmas em questão por terem os caracteres discursivo, cristalizado, de referente social e polêmico são fórmulas discursivas e, pelo fato de dizerem respeito a "estados de coisas semelhantes", fazerem referência aos "mesmos" designantes e estarem relacionadas direta ou indiretamente aos mesmos acontecimentos históricos e/ou discursivos, elas têm um caráter translinguístico. Pode-se dizer, portanto, que as duas fórmulas são simulacros que os discursos conservadores buscam impor para deslegitimar, nos Estados Unidos e no Brasil, as conquistas de direitos recentes de grupos sociais que há menos de um século viviam marginalizados. Além disso, em relação ao funcionamento enunciativo das fórmulas, sugeriram-se as hipóteses de que a ocorrência de uma fórmula em enunciados destacados pode ser considerada um critério de destacamento e a de que a negação ou a reformulação de uma fórmula está relacionada com a manutenção de ethe específicos para discursos antagônicos. Mesmo que essas hipóteses também confirmem a tese da existência de um caráter translinguístico das fórmulas discursivas, elas devem ser testadas em outros corpora para terem sua validade atestada

Abstract: This dissertation is situated in the theoretical-methodological field of Discourse Analysis and has two main objectives. The first objective is to investigate through the phrases "political correctness" and "politicamente correto" the existence of a translinguistic character of discursive formulas. The second objective is to test the hypothesis that both discursive memory and conditions of production contribute to a meaning establishes itself in a linguistic sequence in another language in analogous conditions of productions to those of its genesis/ circulation, producing a "corresponding" formula. The corpus of more than two thousand texts was gathered using the methodological procedure called route, which took into account the occurrence of the abovementioned phrases in different discourse genres of various discursive fields in English and Portuguese from 1793 to 2016 in the United States and in Brazil. In the analysis of the corpus, one inferred four meanings that the phrases studied can have in both languages. It has been observed that a meaning has become dominant and has lexicalized into the significant forms of the phrases, finally entering dictionaries. It was found that both phrases refer mainly to the "same" designators: "blacks", "women", and "homosexuals", and it has been found that, in general, while conservative discourses use the two phrases to make reference to "minority" social groups, progressive discourses reject "political correctness"/"politicamente correto" invested with the dominant sense or give them another meaning. Thus, it was concluded that, as the phrases in question have the discursive, lexicalized, social referent and polemical characters, they are discursive formulas, and because they refer to "states of similar things", they refer to the "same" designators and are directly or indirectly related to the same historical and/or discursive events, they have a translinguistic character. Therefore, it can be said that the two formulas are simulacra that conservative discourses seek to impose to delegitimize, in the United States and in Brazil, the recent demanded rights of social groups that less than a century ago had been marginalized. In addition, concerning enonciative aspects of formulas, two hypotheses were suggested: 1) the occurrence of a formula in detached statements can be considered a criterion of detachment; and 2) the negation or reformulation of a formula is related to the maintenance of specific ethe for antagonistic discourses. Although these hypotheses also confirm the thesis of the existence of a translinguistic character of discursive formulas, they must be tested in other corpora to have their validity attested
Subject: Língua portuguesa - Análise do discurso
Língua inglesa - Análise do discurso
Sociolinguística
Politicamente correto
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Belo_JefersonFerreira_M.pdf2.3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.