Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/325402
Type: TESE DIGITAL
Title: Fragilidade ambiental e dinâmica socioterritorial no município São Sebastião (SP)
Title Alternative: Environmental fragility and socioterritorial dynamics in the municipality of São Sebastião (SP)
Author: Machado, Maico Diego, 1988-
Advisor: Vitte, Antonio Carlos, 1962-
Abstract: Resumo: Dominar o espaço ou estar submetido a ele é uma mercadoria de valor elevado no mercado terras, seja urbano ou rural. A expansão das cidades e dos espaços de produção agrícola demanda por reestruturações sociais que resultam em sujeitos submetidos a situações de vulnerabilidade e/ou risco. Neste estudo, defende-se como tese que as áreas ambientalmente frágeis são associadas a ocupações urbanas direcionadas à segmentos vulneráveis da população e esta dinâmica possui condutores que assumem seus papéis sem hesitação: mercado de terras ativo e o estado ausente e/ou complacente com o mercado. Como objetivo geral, a identificação destas áreas de maior fragilidade a partir de uma proposta de análise e mapeamento associando estes espaços a informações sobre a vulnerabilidade social apresentada pela população residente a partir do Índice Paulista de Vulnerabilidade Social (IPVS). Como objeto de, o município de São Sebastião no litoral norte de São Paulo, instiga a pesquisa sobre o tema em razão da diversidade de investimentos previstos para seu futuro próximo e de que forma isso impactará na re(produção) do espaço no território municipal. No desenvolvimento da pesquisa identificou-se a necessidade de selecionar um segmento deste território para maior detalhamento do processo de investigação. Os questionamentos e as hipóteses testados conduziram ao entendimento de que o processo de produção do espaço urbano de São Sebastião, em razão de sua dinâmica socioterritorial, expõem a parcela mais vulnerável de sua população a condição de habitar espaços ambientalmente frágeis gerando situações de risco. As mudanças na dinâmica de oferta de emprego e serviços associadas a ampliação da capacidade de movimentação do Complexo Portuário servem de motor para a consolidação de áreas de risco e expõem a necessidade de se repensar a forma como a ocupação urbana de todo o município deve ser conduzida a fim de atender as peculiaridades e ofertar melhores condições de habitar os espaços sem que se comprometam as características naturais (balneabilidade das praias e proteção ao Parque Estadual da Serra do Mar) ao mesmo tempo que seja oferecida uma infraestrutura básica para seus moradores e turistas

Abstract: Mastering the space or being subjected to it is a commodity of high value in the land market, whether urban or rural. The expansion of cities and agricultural production spaces demands social restructuring that results in subjects subjected to situations of vulnerability and / or risk. In this study, it is argued that environmentally fragile areas are associated with urban occupations directed to vulnerable segments of the population and this dynamic has conductors who take their roles without hesitation: active land market and the state absent and / or complacent with the Marketplace. As a general objective, an area of greater vulnerability from a proposal of analysis and mapping to associate these spaces with information on social vulnerability presented by the resident population from the São Paulo Social Vulnerability Index (IPVS). As an object, the municipality of São Sebastião on the north coast of São Paulo instigates research on the subject because of the diversity of institutes predicted for its near future and how this will impact on the re (production) of space in the municipal territory. In the development of the research, it was identified the need to select a segment of this territory to further detail the research process. The questions and hypotheses tested lead to the understanding that the process of production of the urban space of São Sebastião, due to its socio-territorial dynamics, exposes the most vulnerable part of its population to the condition of inhabiting environmentally fragile spaces generating risk situations. The changes in the dynamics of the supply of employment and services associated with the expansion of the Port Complex's capacity to move serve as a motor for the consolidation of risk areas and exposes the need to represent how the urban occupation of the whole municipality should be conducted In order to meet the requirements and offer better conditions to inhabit the spaces without compromising the natural characteristics (bathing beaches and protection to the State Park of Serra do Mar) while offering a basic infrastructure for its residents and tourists
Subject: Vulnerabilidade ambiental
Vulnerabilidade social
Geografia urbana
Espaço geográfico - São Sebastião (SP)
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Machado_MaicoDiego_D.pdf13.6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.