Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/325356
Type: TESE DIGITAL
Title: As participações de José Resende nas edições do Arte/Cidade de Nelson Brissac : do conjunto de obras do artista aos seus projetos específicos de intervenção urbana
Title Alternative: The participations of José Resende in the editions of Nelson Brissac's Arte/Cidade : from the group of the artist's works to his specific projects of urban intervention
Author: Oliveira, João Yukio Nakacima Amendola de, 1988-
Advisor: Valle, Marco Antonio Alves do, 1954-
Abstract: Resumo: A presente pesquisa tomou como objetos de análise as intervenções artísticas da autoria de José Resende (São Paulo, 1945), escultor brasileiro, para o projeto de intervenções urbanas Arte/Cidade, sob curadoria de Nelson Brissac. Para tanto, foram utilizados conceitos, métodos e referenciais teóricos relacionados às práticas artísticas no meio urbano, cuja abertura de possibilidades surge com o advento do Minimalismo, Land Art e o campo ampliado da escultura. O artista José Resende possui relevância indelével na história da arte contemporânea brasileira: foi aluno de desenho de Wesley Duke Lee e criou, junto a outros artistas, o Grupo Rex, em meados da década de 1960. Também participa da fundação do Centro de Experimentação Artística Escola Brasil, em 1970. Além de toda a sua produção escultórica, Resende também produziu reflexões críticas acerca da arte brasileira por meio de textos autorais e entrevistas, fatos que denotam sua atenção à formação do artista no Brasil. Tendo-se originado no âmbito da Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo, durante a gestão de Ricardo Ohtake, oprojeto Arte/Cidade foi paradigmático para o cenário artístico brasileiro. Introduziu questões acerca da produção artística em relação aos espaços urbanos ¿ para além das mediações institucionais dominantes ¿ gerando reflexões, debates e práticas envolvendo artistas, público, arte e cidade. A intervenção concebida por Resende para a primeira edição de Arte/Cidade ¿ Cidade sem janelas (1994) consistiu na ação de empilhar e desempilhar continuamente blocos semirregulares de granito, por meio de um guindaste. Para a quarta edição, ocorrida na Zona Leste (2002), a operação conduzida pelo artista resultou na suspensão de três pares de vagões de trem abandonados, por meio de um sistema de cabeamentos de aço. Ao analisar tais trabalhos artísticos, revisitamos aspectos centrais da produção de José Resende ao longo de sua carreira; assim como as principais questões suscitadas pelo Arte/Cidade, ao longo de suas quatro etapas. Para além da poética do artista conter traços eminentemente urbanos, há também o campo mais amplo das construções de significado envolvendo a Arte Urbana enquanto prática social, a fim de corroborar a contundência de suas intervenções

Abstract: The present research took as objects of analysis the artistic interventions of José Resende (São Paulo, 1945), Brazilian sculptor, for the project of urban interventions called Arte/Cidade, curated by Nelson Brissac. For that, concepts, methods and theoretical references related to the artistic practices in the urban environment were used, whose opening of possibilities arises with the advent of Minimalism, Land Art and the extended field of sculpture. The artist José Resende has indelible relevance in the history of Brazilian contemporary art: he was a drawing student of Wesley Duke Lee and created, along with another artists, the Rex Group in the mid-1960s. He also participates in the founding of the "Centro de Experimentação Artística Escola Brasil" in 1970. In addition to all of his sculptural production, Resende also produced critical reflections on Brazilian art through texts and interviews, facts that denote his attention to the artist's formation in Brazil. Originated within the scope of the State Secretariat of Culture of São Paulo, during the management of Ricardo Ohtake, the Arte/Cidade project was paradigmatic for the Brazilian artistic scene. It introduced questions about artistic production in relation to urban spaces - beyond the dominant institutional mediations - generating reflections, debates and practices involving artists, public, art and the city. The intervention conceived by Resende for the first edition of Arte/Cidade - Cidade sem janelas (1994), consisted in the action of continuously stacking and unstacking semi-regular blocks of granite, with a crane. For the fourth edition, which took place in the East Side of São Paulo (2002), the operation conducted by the artist resulted in the suspension of three pairs of abandoned train wagons, through a steel cabling system. By analyzing such works of art, we revisit central aspects of José Resende's production throughout his career; As well as the main issues raised by Arte/Cidade, throughout its four stages. In addition to the poetics of the artist, which contains eminently urban elements, there is also the broader field of meaning constructions involving Urban Art as a social practice, in order to corroborate the relevance of the artist's interventions
Subject: Intervenção urbana
Escultura
Arte urbana
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_JoaoYukioNakacimaAmendolaDe_M.pdf9.69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.