Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/325350
Type: TESE DIGITAL
Title: Política, memes e o Facebook no Brasil : em busca da ciberdemocracia
Title Alternative: Politics, memes and Facebook : in search of cyberdemocracy
Author: Frigo, Renato Georgette, 1978-
Advisor: Dias, Rafael de Brito, 1982-
Abstract: Resumo: Os fenômenos promovidos pelas redes sociais, na Internet, se encontram em constante transformação, produzindo resultados fascinantes e efeitos sociais concretos através da comunicação existente entre seus membros. No Brasil, o uso contínuo das redes sociais permitiu ao Facebook se tornar uma poderosa ferramenta de comunicação social que evoluiu de um software para promover novas amizades para uma nova esfera pública, utilizada também como mídia, para quem deseja se organizar e protestar politicamente. Expandindo o foco do estudo sobre a relação entre Sociedade, Comunicação e Tecnologia, esse trabalho tem como premissa observar, analisar e categorizar como as imagens de cunho politico veiculadas no Facebook, funcionam como uma unidade de informação e identificação com a capacidade de se multiplicar através da cibercultura. O corpus da pesquisa foi baseado nos memes publicados pelos usuários do Facebook nas páginas de partidos políticos e movimentos sociais entre 2014 e 2016. O procedimento metodológico foi amparado pela etnografia multi-situada das práticas sobre o uso dos memes políticos no Facebook levando em consideração dados quantitativos (número de memes, curtidas, compartilhamentos, etc.). O extenso trabalho de monitoramento coletou dados empíricos sobre as interações dos memes, relacionados às estratégias eleitorais desenvolvidas no Facebook por partidos políticos e movimentos sociais durante os anos da pesquisa. Para isso foi usada uma taxonomia específica para análise de memes políticos onde foi possível distinguir que, no devido momento, os memes de cunho político ainda não podem ser entendidos como possíveis indicadores da ciberdemocracia proposta por Pierre Lévy

Abstract: The phenomena promoted by social networks on the Internet are constantly changing, producing fascinating results and concrete social effects through the communication between its members. In Brazil, the continued use of social networks has allowed Facebook to become a powerful social media tool that evolved from software to promote new friendships to a new public sphere, also used as media, for those who want to organize and protest politically. Expanding the focus of the study on the relationship between Society, Communication and Technology, this work has as a premise to observe, analyze and categorize how the political images transmitted on Facebook function as a unit of information and identification with the ability to multiply through of cyberculture. The corpus of the research was based on the memes published by Facebook users on the pages of political parties and social movements between 2014 and 2016. The methodological procedure was supported by the multi-situated ethnography of practices on the use of political memes on Facebook taking into account data Quantitative (number of memes, tanned, shares, etc.). The extensive monitoring work collected empirical data on meme interactions related to electoral strategies developed on Facebook by political parties and social movements during the years of the survey. For this purpose, a specific taxonomy was used for the analysis of political memes where it was possible to distinguish that, in due course, political memes can not yet be understood as possible indicators of cyberdemocracy proposed by Pierre Lévy
Subject: Redes sociais on-line - Aspectos políticos
Comunicação - Aspectos políticos
Comunicação - Aspectos sociais
Capital social (Sociologia)
Tecnologia - Aspectos sociais
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FCA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Frigo_RenatoGeorgette_M.pdf2.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.