Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/325341
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Os efeitos das condições socioeconômicas na participação política dos brasileiros
Title Alternative: The effects of socio economic conditions on the political participation in Brazil
Author: Almeida, Maria Vitória de, 1992-
Advisor: Amaral, Oswaldo Martins Estanislau do, 1977-
Abstract: Resumo: O objetivo desta pesquisa é analisar os reflexos da desigualdade social e da pobreza na participação política dos brasileiros, no período entre 1993 a 2014. Buscamos compreender se os cidadãos com maiores níveis de renda e escolaridade têm maiores chances de participar da política do que os cidadãos com níveis mais baixos destes recursos (VERBA; NIE e KIM, 1978; SCHLOZMAN, VERBA E BRADY, 2012; DIAMOND e MORLINO, 2005). Para isso utilizamos os surveys nacionais desenvolvidos pelo Centro de Estudos de Cultura Política (Cedec) em 1993; e pelo Projeto de Opinião Pública da América Latina (Lapop) de 2006 a 2014. Por meio da construção do modelo logístico binário analisamos longitudinalmente os efeitos dos fatores socioeconômicos como preditivos da participação política dos brasileiros. Uma das principais conclusões deste trabalho é a relevância da variável escolaridade. Dentre todos os fatores que analisamos, o nível educacional é o que apresentou maior efeito explicativo. Neste sentido os resultados apontam que quanto maiores os níveis de escolaridade, maiores são as chances dos cidadãos participarem da vida política. Esta pesquisa também considera, que nos últimos anos, houve avanços sociais e econômicos importantes para a redução da taxa de pobreza e melhoria das condições de vida da população brasileira. Os resultados positivos das políticas sociais trazem ganhos para a qualidade da democracia brasileira

Abstract: The objective of this research is to analyze the effects of social inequality and poverty on the political participation of Brazilians between 1993 and 2014. We seek to understand if citizens with higher levels of income and schooling are more likely to participate in politics than citizens with lower levels of these resources (VERBA; NIE e KIM, 1978; SCHLOZMAN, VERBA E BRADY, 2012; DIAMOND e MORLINO, 2005). To do this, we used the national surveys developed by the Center for Political Culture Studies (Cedec) in 1993; And the Latin American Public Opinion Project (Lapop) from 2006 to 2014. Through the construction of the binary logistic model, we longitudinally analyze the effects of socioeconomic factors as predictive of the political participation of Brazilians. One of the main conclusions is the relevance of the educational variable. Among all the factors we analyzed, the educational level is the one that presented the greatest explanatory effect. In this sense, the results shows that the higher the levels of schooling, the greater are the chances of citizens participate in political life. This research also considers that, in recent years, there have been important social and economic advances to reduce the rate of poverty and improve the living conditions of the population in Brazil. The positive results of social policies bring gains to the quality of Brazilian democracy
Subject: Participação política
Democracia
Desigualdade social
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Almeida_MariaVitoriaDe_M.pdf2.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.