Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/325079
Type: TESE DIGITAL
Title: O fio de Ariadne : sobre os labirintos de vida de mulheres grávidas usuárias de álcool e outras drogas
Title Alternative: The Ariadne's wire : about the mazes of life of pregnant women users of alcohol and other drugs
Author: Rios, Ariane Goim, 1984-
Advisor: Santiago, Silvia Maria, 1958-
Abstract: Resumo: Trata-se de uma cartografia que objetivou compreender o território existencial de mulheres grávidas usuárias de álcool e outras drogas do município de Jundiaí/SP. Pretendeu-se, ainda, identificar os significados da gestação e da maternidade nessas circunstancias de vida, acesso à rede de serviços e vínculos de apoio por meio da realização de entrevistas semiestruturadas com as gestantes, trabalho em campo e na Comissão Flores de Lótus (rede intersetorial), com construção de narrativas e posterior análise de dados. O estudo verificou que a gestação é um momento de motivação para esta mulher empreender mudanças diante do desejo de maternagem, mas que estas vivenciam inúmeras violências (direta e estrutural) o que impacta na dificuldade de concretizar seus projetos de vida. Além disso, observou-se através dos 65 casos acompanhados pela Comissão Flores de Lótus as seguintes categorias de análise: baixo percentual de desfecho da permanência da mãe como guardiã do bebê; significativo índice de encaminhamento para acolhimento institucional/ programa "família acolhedora"; presença do desejo de maternar/preocupação com a saúde do bebê; desafio do trabalho intersetorial. Nesse sentido, avalia-se que há uma rede intersetorial que está amadurecendo diante dessa nova "demanda". Constatou-se por fim, a necessidade de criação de um serviço de cuidado compartilhado para a mãe o e o bebê, além do desenvolvimento de estratégias intersetoriais que visem a superação da condição prévia da exclusão social, promovendo o empoderamento feminino

Abstract: This is a cartography that aims to understand the existential territory of alcohol and drug-dependant pregnant women living in Jundiaí/SP. It also intends to identify what does pregnancy and mothering actually means in this context; how does the access to social services works and their personal support network. The methods used were semi-structured interviews with the women, visits on their homes, on-field work and with Comissão Flores de Lótus (an inter-sectorial network), building narratives and data analysis. The study observed that pregnancy is a motivational event that encourage these women to make changes on their lives, following the mothering desire. But they face countless violences, both direct and structural, which impacts on their difficult to fulfill their life projects. Also, the following analysis categories were observed on the 65 cases accompanied by Comissão Flores de Lótus: low percentage of mothers keeping the baby's custody; significant rates of referrals to institutional reception/ "welcoming family" program; the mothering desire and concerns about baby's health do exist on these mothers; the inter-sectorial work challenge. On the other hand, there is an inter-sectorial social network that is maturing in front of this new "demand". It has been detected, lastly, the need of creating a shared care service for the mother and her child, besides the development of inter-sectorial strategies aiming to overcome the social exclusion previous condition and promote women's empowerment
Subject: Mulheres
Gravidez
Álcool
Drogas
Maternidade
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rios_ArianeGoim_M.pdf3.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.