Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/325061
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Análise acústica das vogais orais tônicas e pré-tônicas e sua coarticulação na variedade capixaba
Title Alternative: Acoustic analysis of stressed and pre-stressed oral vowels and their coarticulation in Capixaba variety
Author: Miranda, Irma Iunes, 1964-
Advisor: Barbosa, Plinio Almeida, 1966-
Abstract: Resumo: Este trabalho apresenta uma análise fonético-acústica das vogais orais do português brasileiro, mais especificamente da comunidade de fala capixaba limitada às cidades de Vitória e Vila Velha do Espírito Santo. O embasamento teórico está fundamentado na Teoria Acústica de Produção da fala bem como na concepção variacionista de estilo de fala. Os informantes desta pesquisa são homens e mulheres com nível universitário completo ou em andamento, pertencentes à faixa etária de 20 a 50 anos, todos nascidos e moradores da cidade de Vitória ou de Vila Velha. A análise fonético-acústica dos dados foi feita por meio do programa Praat, com o qual foram extraídos os parâmetros necessários para a investigação: F1, F2, a duração e a ênfase espectral das vogais em estudo. A partir da análise acústica, todos os dados foram submetidos a análises estatísticas no programa R. Os fatores aqui estudados abrangem o comportamento das vogais nos graus de tonicidade pré-tônico e tônico, bem como a influência do sexo do falante e do estilo de leitura nesse comportamento. Os resultados que envolvem a fala de mulheres e a de homens são: as pré-tônicas CONTROLE (aquelas seguidas de tônicas de qualidade equivalente) se mostram bastante próximas às TÔNICAS, com variações de qualidade somente para as vogais médias; as pré-tônicas TESTE (aquelas seguidas de tônicas de qualidade distinta) tendem a apresentar diferentes qualidades acústicas em relação às pré-tônicas CONTROLE, mostrando forte influência da qualidade da TÔNICA seguinte. Quanto à harmonia vocálica, a vogal pré-tônica /e/ tende a harmonizar com a alta anterior e não ocorre harmonia com a alta posterior, enquanto diante das tônicas médias baixas não ocorre harmonia para a fala de mulheres e a fala de homens mostra uma tendência à harmonização. A análise de harmonia da vogal média posterior aponta para o abaixamento diante das médias baixas e não ocorre harmonia diante das vogais altas para os dois grupos, mulheres e homens. No que tange à comparação entre estilos (FRASES vs. TEXTO), observou-se, através dos parâmetros analisados, traços de hipoarticulação no estilo TEXTO: F1 e F2 das pré-tônicas tendem à centralização das vogais anteriores e central e à posteriorização das vogais posteriores, além de valores mais baixos de duração e ênfase espectral. Ainda no que diz respeito à análise de estilos, ocorre uma tendência de abaixamento das pré-tônicas /e/ e /o/, tanto para FRASES quanto para TEXTO, e de levantamento da pré-tônica média anterior diante de /i/ no estilo TEXTO

Abstract: This research presents a phonetic-acoustic analysis of oral vowels in Brazilian Portuguese, more specifically the Capixaba speech community, limited to the cities of Vitoria and Vila Velha in Espírito Santo. The theoretical background is based on the Acoustic Theory of Speech Production. The informants in this study are men and women with full or in-progress university level, in the age group 20-50, all of them born and resident in Vitoria or Vila Velha. The phonetic-acoustic analysis was done through the Praat program, with which the necessary parameters were extracted for research: F1, F2, duration and spectral emphasis of the vowels under study. From these parameters, all data were subjected to statistical analysis in the program R. The factors studied here include the behavior of vowels in two degrees of stress, and the influence of gender and reading style in their production. Thus, phonological process descriptions involving pre-stressed position and stressed vowels for women and men speech productions bring a very detailed picture of how those vowels work in the Capixaba dialect vowel system. The following results cover women and men speech productions: the control pre-stressed vowels (the ones followed by stressed vowels of the same quality) are very close to the stressed vowels, presenting differences in acoustic quality only for mid vowels; the test pre-stressed vowels (the ones followed by stressed vowels of a different quality) tend to present different acoustic qualities in relation to the control pre-stressed vowels, showing a strong influence from the quality of the following stressed vowel. When it comes to vowel harmony analysis, the vowel /e/ tends to harmonize with /i/ and remains stable when followed by stressed /u/, whereas before open mid vowels there is no harmony for women speech while men speech shows a tendency towards harmonization. The analysis of the harmony of the back mid vowel points to lowering when it is followed by open mid vowels, whereas it points to stability when it is followed by close mid vowels for both sexes. As regards the comparison between styles (SENTENCE vs. TEXT), hypoarticulation traits in the TEXT style were observed through the acoustic parameters: F1 and F2 for pre-stressed vowels indicate a tendency to centralization of the front and central vowels, and posteriorization of the back vowels, in addition, the values of duration and spectral emphasis are lower in that style. The analysis of styles showed a tendency to turn /e/ and /o/ lower ( /?/ and /?/, respectively) for both styles of reading, and a trend to turn higher the pre-stressed /e/ when it is followed by the stressed / i / in the TEXT style
Subject: Língua portuguesa - Dialetos - Espirito Santo (Estado)
Língua portuguesa - Português falado - Espirito Santo (Estado)
Lingua portuguesa - Vogais
Língua portuguesa - Variação
Língua portuguesa - Estilo
Gramática comparada e geral - Fonologia
Fonética acústica
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Miranda_Irma Iunes_D.pdf2.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.