Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/325037
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Anatomy and phytochemistry of Aldama La Llave species (Heliantheae - Asteraceae) = Anatomia e fitoquímica de espécies de Aldama La Llave (Heliantheae - Asteraceae)
Title Alternative: Anatomia e fitoquímica de espécies de Aldama La Llave (Heliantheae - Asteraceae)
Author: Bombo, Aline Bertolosi, 1985-
Advisor: Appezzato-da-Gloria, Beatriz
Abstract: Resumo: A família Asteraceae (Compositae) compreende 1620 gêneros e cerca de 23600, é bem representada no Cerrado, com muitas espécies endêmicas. Subdivide-se em 21 tribos, entre elas Heliantheae, à qual pertence o gênero Aldama (=Viguiera), e como todos os representantes da tribo, seus representantes são bem caracterizados por estruturas morfológicas reprodutivas. No entanto, as delimitações genéricas muitas vezes não estão bem esclarecidas e estudos baseados apenas em características morfológicas externas são insuficientes para a resolução desses problemas. No Brasil ocorrem 35 espécies do gênero Aldama e 27 são endêmicas e distribuídas predominantemente em regiões de Cerrado. É um gênero com classificação taxonômica complexa e problemas de delimitação, e que já foi revisto em diversos estudos, sendo que esses apontam que as espécies brasileiras do grupo formam um grupo coeso juntamente com outros representantes da América do Sul. As espécies desse estudo foram escolhidas devido à dificuldade de delimitação das mesmas, ao seu potencial resinífero e por serem espécies representativas de grupos morfológicos para a realização de futuras análises filogenéticas, e são elas: Aldama bakeriana, A. discolor, A. grandiflora e A. squalida. As quatro espécies são muito semelhantes morfologicamente, sendo diferenciadas apenas por características reprodutivas e estudos da morfologia interna poderão auxiliar na elucidação desses problemas de delimitação das mesmas. Além disso, estudos apontam que a composição química de óleos essenciais, além de auxiliar no levantamento de possíveis compostos bioativos, pode ser útil do ponto de vista taxonômico. Assim, a proposta desse estudo visou fornecer dados anatômicos e químicos que possam auxiliar na taxonomia e filogenia do grupo. Para isso, análises anatômicas usuais, bem como técnicas de fitoquímica e biologia molecular foram empregadas. As análises anatômicas comparativas entre as espécies permitiram a identificação de um conjunto de características para cada uma delas, que pode auxiliar na correta delimitação das mesmas. Alterações anatômicas em função de condições edafo-climáticas também foram avaliadas, e verificou-se que não houve variação significativa entre indivíduos de populações e localidades diferentes, em uma mesma espécie. Além de terem sido identificados os sítios de secreção dos compostos que possuem potencial atividade biológica e, ou farmacológica, os estudos sobre os óleos essenciais revelaram que esses compostos podem servir como marcadores químicos nessas espécies, complementando os dados anatômicos para a delimitação das mesmas. E ainda, uma das estruturas secretoras mais relatadas para o gênero e para a família Asteraceae como um todo, o tricoma capitado glandular, foi descrito detalhadamente quanto à sua ontogenia, perfil metabólico e expressão gênica em uma espécie utilizada como modelo para o gênero

Abstract: Asteracae family (Compositae) comprises 1620 genus and about 23600 species. It is well represented in Cerrado areas, with several endemic species. The family is divided into 21 tribes, including Heliantheae, to which belongs the Aldama (= Viguiera) genus. Its representatives, as all the other representatives of the tribe, are well characterized by their reproductive morphological features. However, generic delimitations are often not quite defined and studies based only on external morphological characteristics are ineffective for solving taxonomic problems. The Brazilian Aldama genus comprises 35 species, 17 of which are endemic and mainly distributed in Cerrado areas. It is a genus that has complex taxonomical classification and problems in establishing general and specific boundaries, and it was already reviewed in several studies, which indicated the Brazilian Aldama species form a cohesive group along with other South American representatives. The species of this study were chosen because they are difficult to identify taxonomically, they have resiniferous potential, and they are representative species from key morphological groups in the Aldama genus and could help in future taxonomical investigations, and they are: Aldama bakeriana, A. discolor, A. grandiflora and A. squalida. These four species are morphologically very similar, being differentiated based only on reproductive characteristics and anatomical studies could help in elucidating these delimitation problems. Furthermore, studies have been demonstrated that identifying the chemical composition of these oils can help in the search for possible bioactive compoundsand provide useful information for taxonomic studies into the genus. Usual histological techniques, as well as phytochemical and molecular biology techniques, were employed. The comparative analyses among the species allowed the identification of a set of anatomical features for each species, which can help solve the taxonomic problems raised by the four species analyzed herein. Anatomical changed due to the climate and soil conditions were also evaluated, and no significant variation was identified among the different populations and locations analyzed. In addition to the identification of the secretory sites of thecompounds having biological and, or pharmacological potential, the studies regarding the essential oils revealed that these compounds can serve as chemical markers in these species, complementing the anatomical data. Also, one of the secretory structures more reported to the genus and to the Asteraceae family as a whole, the capitate glandular trichome, was detailed described in one given species, regarding its ontogeny, metabolic profiles, and gene expression, as a model for the genus
Subject: Asteraceae
Estruturas secretoras
Óleo essencial
Taxonomia vegetal
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cardoso_AlineBertolosiBombo_ D.pdf9.72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.