Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/324856
Type: Artigo
Title: Mas Afinal, O Que Sobrou Do Cinema? A Querela Dos Dispositivos E O Eterno Retorno Do Fim
Title Alternative: But After All, What's Left Of Cinema? The Film, The Exhibition And The Eternal Return Of The End
Author: Ramos
Fernão Pessoa
Abstract: O que o filme faz que outras imagens móveis não fazem, quando não são filmes, é fechar-se em copas sobre a duração. Oferece ao espectador um jogo jogado. O filme é uma espécie de tanquinho que bate a matéria do tempo para poder fruí-la torcida, com emoção. Pois um filme, como uma sinfonia, passa em direção a um final que já está dado a cada instante, a cada plano. Final que existe nele e não é só 'happy end'. É sua arte de ser pela duração - à diferença de uma pintura ou foto na parede. Por isso, o cinema pendurado, ou instalado, não é filme e deixa de ser cinema. É o filme que faz variar o dispositivo e não o inverso. A querela sobre o que 'restou' do cinema tem no âmago suas 'mortes' e esta espécie de grande Leviatã que é o 'cinema expandido'.
Subject: Filme
Morte Do Cinema
Cinema Expandido
Tecnologia Digital
Filme E Tempo
Filme Dispositivo
Film
Death Of Cinema
Expanded Cinema
Digital Technology
Film And Time
Dispositif
Editor: Programa de Estudos Pós-graduados em Comunicação e Semiótica - PUC-SP
Rights: aberto
Address: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-25532016000200038&lng=pt&tlng=pt
Date Issue: 2016
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File SizeFormat 
S1982-25532016000200038.pdf556.76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.