Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/324732
Type: Artigo
Title: Sociedade Mundial De Risco: Teoria, Críticas E Desafios
Title Alternative: World Risk Society: Theory, Criticisms And Challenges
Author: Bosco
Estevão; Ferreira
Leila
Abstract: O artigo delineia contradições internas, insuficiências teóricas, inovações e desafios colocados para a sociologia pela teoria da sociedade mundial de risco, formulada por Ulrich Beck. Para tanto, orientamo-nos por uma breve reconstrução da história dessa teoria, situando algumas de suas principais inovações. Em seguida, voltamo-nos para duas críticas consolidadas, nomeadamente a crítica à sua fundação histórico-lógica no cosmopolitismo e a crítica epistêmica formulada por teóricos sociais pós-coloniais. Num terceiro momento, a estratégia metodológica da reconstrução nos permite identificar uma contradição interna entre a fundação da referida teoria no cosmopolitismo metodológico e o diagnóstico dos riscos globais, tendo em vista a tipologia à que este último dá forma. E finalmente, formulamos algumas observações críticas, apontamos alguns desafios colocados para a sociologia e sugerimos reorientações de suas perguntas-chave a partir das críticas mencionadas e da intuição teórico-empírica de uma hermenêutica do risco, da reflexividade e da cosmopolitização ainda por fazer.
Subject: Sociedade Mundial De Risco. Cosmopolitismo Metodológico. Beck
Ulrich (1944-2015).
World Risk Society. Methodological Cosmopolitanism. Beck
Ulrich (1944-2015).
Editor: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS
Rights: aberto
Address: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-45222016000200232&lng=pt&tlng=pt
Date Issue: 2016
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File SizeFormat 
S1517-45222016000200232.pdf585.06 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.