Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/324326
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Divulgação de matemática : as redes, os vazios e os possíveis
Title Alternative: Mathematics communication : networks, voids, possibilities
Author: Gama, Carol, 1984-
Advisor: Knobel, Marcelo, 1968-
Abstract: Resumo: Rede. Diálogo. Rede. Diálogo. Matemática. Rede. Divulgação. Diálogo. Matemáticas? O ponto de onde parte este trabalho trata da Divulgação de matemática. Em um cenário de rejeição, de discursos autoritários. A matemática é antevista e relegada à complexidade, ao difícil acesso, para poucos. Seriam necessárias estratégias que facilitariam um acesso a ela. A matemática partiria de quem sabe para quem precisa saber. A Divulgação estaria aí. Por que divulgar a matemática, como divulgar, para que, para quem divulgar. Antes, o que é Divulgação. Dubitações enredadas entre os fios e os nós da rede na qual se pretende pensar a matemática. Em junções e descolamentos teóricos de um Programa de Mestrado interdisciplinar, textos sobre Divulgação Científica, Estudos Sociais da Ciência, Popularização da Matemática e Etnomatemática foram o impulso entre as conexões ou, por vezes, as próprias conexões (e os nós). Aqui, a Divulgação é pensada pela linguagem, pela construção de discursos. Permeados pela linguagem, há a coexistência entre sujeito e sujeitado ao produzi-la e (re)produzi-la. Sozinho, o sujeito não produz. Ele produz, em diálogo, consigo, com um outrem, com os demais discursos que o circundam. Iniciativas internacionais e nacionais desde o século XVI são retratadas na condição conectiva e dialógica entre o pretérito, o presente e o futuro, em que não há sucessividade, mas coexistência. Mas há matemáticas diferentes para tempos diferentes. Há matemáticas para contextos diferentes. Há matemáticas diferentes para contextos. Há discursos diferentes. Há diálogo. E a Divulgação está aí. Nem sempre as primeiras palavras são as primeiras. Nem sempre as últimas são as últimas. Este trabalho fala de vazios, mas fala de possíveis

Abstract: Network. Dialogue. Network. Dialogue. Mathematics. Network. Communication. Dialogue. Mathematics? The starting point of this study concerns the Mathematics Communication. In a scenario of rejection, authoritarian discourses. Mathematics is relegated to complexity, to difficult access, as something that is not made for each and every person. It would take strategies to facilitate the access to it. It would be transmitted from those who know it to those who need to learn it. Science Communication would be here. Why, how, what for, to whom communicate it? First of all, what is Science Communication? Doubts entangled in between the wires and knots of the network in which Mathematics is intended to be conceived. In junctions and theoretical detachments of an interdisciplinary Master¿s program, texts about Public Communication of Science, Social Studies of Science, Popularization of Mathematics and Etnomathematics have been the impulse between the connections or, sometimes, the connections themselves (and the knots). Herein, the divulgation is conceived through language, by the construction of discourses. Permeated by language, there is the coexistence between the subject and the subjected counterpart when producing it and reproducing it. Alone, subjects produce nothing. They produce in dialogue, with himself, along with others, along with the other discourses surrounding him. Since the 16th century, international and national initiatives have been portrayed in the dialogical and connective condition between past, present and future, in which there is no successiveness, but rather coexistence. But there are different Mathematics for different times, Mathematics for different contexts. Different Mathematics for contexts. Different discourses. There is dialogue. And Communication is there. Not always the first words are the first. Not always the last words are the last. This study concerns voids, but also concerns possibilities
Subject: Divulgação científica
Matemática na comunicação de massa
Ciências sociais
Dialogismo
Comunicação de massa e linguagem
Análise do discurso
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_CarolaynneGamaDe_M.pdf23.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.